História: Ex-vereador derrubou valor elevado das diárias vereadores de Parnaíba

POR:BERNARDO SILVA

O ex-vereador Fernando Gomes, eleito pelo PT em 2008 e que exerceu o mandato de 2009 a 2012, foi um dos exemplos de parlamentar que não se contentava apenas em elaborar requerimentos para justificar seu mandato. Vários e importantes projetos de lei foram por ele apresentados e aprovados, porém jamais executados, à época,  quando o prefeito era José Hamilton Furtado Castelo Branco.

Ex-vereador Fernando Gomes

Mas vamos nos ater apenas a uma das primeiras vitórias do vereador, logo ao assumir o mandato. Ele descobriu que, àquela época, a diária de um vereador para fora do Estado era de R$ 1.000 (hum mil) e dentro do Piauí era de R$ 500 (quinhentos reais). Um exagero para o tempo em que a diária de um secretário de Estado, para fora do Piauí, era de R$ 230 reais. Era uma época em que vereador vivia “viajando”. A coisa era tão boa que vereador pedia uma diária, para “viajar”, esquecia que estava “viajando pra fora”  e no mesmo período comparecia às sessões, assinava o ponto e tudo. Não acontecia nada, porque o coorporativismo sempre funciona nesses casos.Era caso de cassação.

Congeladas desde 2004 somente em 2012 o governo do Estado reajustou valores das diárias dos secretários estaduais

Com relação aos valores das diárias para servidores do Estado, somente em 2012 o então governador Wilson Martins determinou o aumento de valores que estavam congelados desde 2004. Com o reajuste dado por Wilson Martins, as diárias para secretários de Estado ficaram assim: secretários de Estado, diretores-presidentes, superintendentes e coordenadores com status de secretário, os reajustes de diária serão de R$ 115,00 para R$ 172,50 em viagens dentro do Piauí e de R$ 230,00 para R$ 345,00 fora do Estado. E em Parnaíba um veredor recebia 1.000 e 500 reais de diárias!!!

O projeto de lei do vereador Fernando Gomes fez os valores baixarem quase pela metade, embora ainda permanecessem altos, considerando que até mesmo quando o vereador viaja, sob a justificativa de que vai “fazer” um curso,  há comprovações de que nem sempre isso é verdade. Às vezes não há viagem alguma e, quando existe um curso, geralmente é meio enrolado e, na volta, o vereador, conforme exige a lei, não explica como foi o tal curso. Atualmente os valores das diárias são os seguinte:

Deixe uma resposta