MP abre inquérito para apurar se Gracinha Mão Santa fez campanha eleitoral antecipada

MP investiga foto de Gracinha Mão Santa ao lado de placa

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) abriu um inquérito para investigar se Gracinha Moraes Souza (PP), filha do prefeito de Parnaíba, Mão Santa (União Brasil), e pré-candidata a deputada estadual, fez campanha antecipada em uso de imagem de uma placa do local onde deverá ser construída uma ponte sobre o Rio Igaraçu, em Parnaíba.

A ação também investiga se há uso da máquina pública da prefeitura de Parnaíba para beneficiar a pré-candidata, já que é filha do prefeito da cidade, e que inclusive foi titular de três pastas na administração do pai.

CANDIDATURA AO LADO DE ELMANO FERRER

Gracinha lançou sua pré-candidatura no final do mês passado, em Parnaíba, onde anunciou que fará dobradinha com o senador Elmano Ferrer, também do PP, que pretende disputar uma cadeira para deputado federal.(piauihoje)

Deixe uma resposta