Palestra cancelada de Fux no Rio Grande do Sul é um duro recado

Presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux. Foto: Fellipe Sampaio/ STF

Presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux. Foto: Fellipe Sampaio/ STF

Os brasileiros de Bento Gonçalves (RS) emitiram um sinal, nesta terça-feira (24), que deveria ser levado a sério pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Mais que isso, deveria levar suas excelências a refletir sobre as consequências de suas decisões, muitas vezes interpretadas como produto do ativismo judicial. Nesta terça, o protesto dos associados levou uma entidade empresarial a retirar convite ao presidente do STF, ministro Luiz Fux, e cancelar sua “palestra-jantar”.

STF go home

O Centro da Indústria, Comércio e Serviços tem convidado celebridades a Bento Gonçalves, mas ficou claro que ministros do STF não são bem-vindos.

Ativismo

O motivo do cancelamento não foi explicitado, mas o empresariado local e outras lideranças são críticos do que chamam de “ativismo do STF”.

Melhor assim

O cancelamento do evento certamente constrange o STF, mas pode ter poupado o ministro Luiz Fux da veemência de um protesto presencial.

Em BG se trabalha

Capital do vinho, Bento Gonçalves é reconhecida pela capacidade de trabalho da sua gente e pela força da economia, indústria e do turismo.(Tiago Vasconcelos)

Deixe uma resposta