Parnaíba tem candidatos pra todos os gostos: eleitor, vai preferir os “de fora?!”

W. Dias e Dr. Hélio

Dr. Hélio: deputado do governo, mora em Parnaíba e se mais não faz não é por culpa dele. Cumpre seu papel de reivindicar, propor, cobrar…mas são tantas as demandas que é impossível atendê-las todas. Mas tem cumprido seu papel.

ATENTAI BEM!

Há anos que se reclama que Parnaíba não elege um candidato – a deputado estadual e/ou federal, com domicílio aqui e que conheça os problemas da cidade. Muitas vezes se esquecem do deputado Dr. Hélio, que tem investimentos, na cidade, gera empregos, aqui é domiciliado, mas, por ser seguidor do governo W. Dias (PT), jogam os cachorros nele, tratando-o até de “forasteiro”, uma denominação ridícula e fora do tom, usada para quem não é parnaibano raiz, da gema. Como se no município só residissem pessoas nascidas na cidade.

OS MESMOS E A NOVIDADE

  Marcos Samaronne, Dr. Hélio e Tererê para o parnaibano escolher

Monção também é candidato a deputado estadual

Hilder Monção, assim como Gracinha, trabalha sua primeira candidatura, mas pela visibilidade que tem como jornalista, está em outra patamar em relação à filha do prefeito MS

Este ano, no páreo com Dr. Hélio pela disputa de uma cadeira na Assembleia Legislativa, estão algumas figuras já conhecidas, como Deusimnar Tererê e Marcos Samaronne e a novidade: Gracinha Moraes Sousa. Pode ser que desses alguém venha ter menos votos do que “candidatos de fora” como Rubens Vieira, de Cocal, Flávio Nogueira Jr., e ouros menos conhecidos mas que já fechou negócio com vereadores locais. 

Dos que estão postos, falta ainda o Romualdo Seno se manifestar. Ele tem sempre se candidatado nas últimas eleições, embora sem lograr êxito.

A NOVIDADE

A novidade: Gracinha M. Sousa – A PODEROSA!!!

Exercendo um direito legítimo, Gracinha Moraes Sousa, entrou na dança na busca de um mandato. Reticente, não sabia inicialmente se estadual ou federal e por qual partido – DEM o PP. Ela é a super poderosa secretária de infraestrutura de Parnaíba, para cujas secretarias sempre foram drenados os recursos das outras secretarias principais (saúde e educação, por exemplo), para que ela pudesse fazer um trabalho, questionável, em alguns casos, considerando a má qualidade de muitas obras realizadas.

A propaganda extemporânea da Gracinha que fazer crer o eleitor que ela será a solução para a Parnaíba, que não tem vez nem voz na Assembleia, como se não existisse o deputado Dr. Hélio. É preciso ter grandeza para se reconhecer o trabalho do outro.

Mas Gracinha está na rua, com uma pré-campanha midiática que a estampa como uma super mulher, que ao chegar na Assembleia Legislativa vai trazer para Parnaíba todas as obras e os recursos do Estado que a cidade precisa. Não sabe ela que, deputado estadual é pouco mais que um  vereador: um carimbo de APROVO, das matérias do executivo e que nada fará, se não se movimentar, pedir, usar a Tribuna para denunciar, questionar, enfim, fazer o papel que Dr. Hélio está fazendo. O Zé Hamilton, por exemplo, foi deputado do governo e fez o quê???

Florentino Neto: de Parnaíba foi o primeiro a manifestar desejo de se candidatar a deputado federal

E para deputado federal, vai dar para eleger um desta vez? Tem Neta Castelo Branco, Joãozinho Unimagem e Florentino Neto, de Parnaíba, afora os “forasteiros”. Mas este é assunto para outra postagem.

Vereadora entrou, de última hora, na disputa por uma vaga para deputada Federal

Por: BERNARDO SILVA

Deixe uma resposta