Petistas denunciam “fake news” contra Regina Sousa e desafiam Ciro Nogueira

Uma publicação do ministro da Casa CivilCiro Nogueira (Progressistas), tem repercutido no meio político. Isso porque o piauiense divulgou a informação que a governadora Regina Sousa teria assinado um decreto que anularia a redução do ICMS, fato posteriormente desmentido pela Secretaria de Fazenda e pelo próprio Sindipostos, que admitiu o erro.

Nisso, o líder do Governo na Assembleia LegislativaFrancisco Costa (PT), reagiu classificando a atitude como ‘uma postura típica de um bolsonarista’, indicando que agora não ‘podem colocar a culpa’ pelo alto preços dos combustíveis nos governos estaduais.

É uma postura típica do bolsonarismo espalhar fake news. Agora que não podem mais colocar nos ombros dos governos estaduais a culpa pelo alto custo dos combustíveis, tentam criar uma falsa razão para não baixar os preços para o consumidor e ainda encobrir o real motivo do valor abusivo da gasolina, que é a política de preços dolarizada da Petrobrás, comandada pelo governo Bolsonaro”, disse.

O parlamentar pontuou que ‘tantas fake news só atrasaram o país‘, destacando que é preciso estar alerta para não ‘cair em cilada’. 

Publicação de Ciro Nogueira gera discórdia (Foto: Reprodução)

Publicação de Ciro Nogueira gera discórdia (Foto: Reprodução)

Funciona assim: soltam uma mentira e a compartilham na esperança de que uma mentira repetida mil vezes se torne verdade. É preciso mesmo estar alerta para não cair em cilada porque a temporada de fake news tende a se intensificar com o período eleitoral”, sinalizou.

Costa indicou que as notícias falsas não pagam as contas, não baixam o combustível e nem ajudam o Piauí. “Os piauienses sabem que fake news não paga nossas contas, não baixa preço de combustível, nem ajuda o desenvolver o Piauí! A verdade vai vencer a mentira“, frisou. (Francy Teixeira)

Deixe uma resposta