Presidente do TJ-PI apresenta campanha contra violência doméstica em Parnaíba

Cumprindo agenda institucional no município de Parnaíba, o presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador José Ribamar Oliveira, participou, na manhã dessa quarta-feira (03), da apresentação da campanha “Sinal Vermelho” contra a violência doméstica, no Fórum do município
Presidente do TJ-PI apresenta campanha contra violência doméstica em Parnaíba.
Fotos: Divulgação/TJ-PI.
Em 2022, o Tribunal de Justiça do Piauí criou a macrocampanha “Sinal Vermelho” contra a violência doméstica, que tem como produtos projetos de ordem judiciária e social.
Na oportunidade, o chefe do Judiciário piauiense destacou que o TJ-PI tem um compromisso com a sociedade e que os projetos e ações desenvolvidos pelas equipes do Tribunal têm impacto direto na prestação jurisdicional.
“Os magistrados, magistradas, servidores e servidoras do TJ-PI são os grandes responsáveis por ações como essa que auxiliam várias mulheres a enfrentar a violência que sofrem”, frisou o desembargador José Ribamar Oliveira.
Presente na solenidade, a coordenadora estadual da mulher em situação de violência doméstica e familiar do Poder Judiciário, juíza Keylla Ranyere, destacou que a conscientização da sociedade como um todo e daqueles (as) que fazem o Judiciário é um passo muito grande no combate à violência contra mulheres.
“O diálogo com todas as entidades é primordial para o fortalecimento da rede de enfrentamento à violência doméstica. Juntos, podemos fazer muito mais”, disse a magistrada.
O diretor do fórum da comarca de Parnaíba, juiz José Ayrton Medeiros, destacou a alegria em receber o chefe do Judiciário piauiense e parabenizou as equipes do município que já têm participado ativamente dos projetos lançados pelo Tribunal.
Ao apresentar os projetos da campanha, a secretária de Gestão Estratégica do TJ-PI, Lanny Cléo, mostrou os painéis disponíveis no site do Tribunal, assim como dados estatísticos sobre processos relacionados a violência contra a mulher, no âmbito do Judiciário piauiense.
Para encerrar a manhã de atividades em Parnaíba, o juiz auxiliar da presidência, Rodrigo Tolentino, proferiu palestra sobre assédio moral e sexual e discriminação no ambiente de trabalho.
Ainda nessa quarta-feira, servidores (as) e magistrados (as) do Tribunal de Justiça do Piauí apresentaram o projeto Flores Incultas na Unidade Escolar Dr. João Silva Filho, com a realização de roda de conversa sobre violência doméstica e familiar com os alunos da unidade de ensino em Parnaíba.(Por Eduardo Machado, infocopiaui.com)

Deixe uma resposta