Professores da UFPI aprovam indicativo de greve para o dia 23 de março

A Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí (ADUFPI) informou neste sábado (19) que a categoria aprovou para a próxima segunda-feira (23)  um indicativo de greve em busca de reajuste salarial, que não é concedido desde 2017.

Uma assembleia geral foi realizada na sexta-feira (18), onde a categoria discutiu o assunto e a maioria decidiu por um indicativo de greve, já que as negociações, que acontecem desde janeiro com o governo federal, não estão dando o resultado.

A Adufpi informou que desde 2017 não é realizado um reajuste e que as perdas salariais seriam de mais de 10% somente em 2021. Segundo a categoria, os servidores públicos federais estariam com uma defasagem de 49,28% nos seus vencimentos.

O acordo que a categoria quer do governo federal é uma recomposição salarial de 19,99%, e afirmou que o valor é possível já que outras categorias foram beneficiadas.

“Apesar de alegar falta de recursos e contexto pandêmico, ainda em 2021 o governo reservou R$ 1,7 bilhões para reajuste salarial de policiais federais, policiais rodoviários federais e agentes penitenciários. Os fins eleitoreiros da medida, fortalecendo sua base, são evidentes”, criticou a Adufpi em nota.

No próximo dia 21 de março uma reunião com setores do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior será realizada, onde a possibilidade de deflagração da greve deve ser discutida.(Bárbara Rodrigues)

Deixe uma resposta