Roger Jacob será agraciado com o Título de Cidadania Parnaibana

O diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Piauí (Senai – PI), Roger Jacob, será agraciado na Câmara Municipal de Parnaíba com o Título de Cidadania Parnaibana por seus relevantes serviços prestados ao município. A propositura que concederá honraria é de autoria do vereador David Soares (Progressistas), por intermédio do Projeto de Lei Nº 18/2022, aprovado em definitivo na sessão ordinária desta quarta-feira (30).

Neto do lendário empresário e comerciante francês Roland Gabriel Jacob (que chegou a Parnaíba em 1921 e deu nome a Escola Municipal Roland Jacob), Roger de Carvalho Correia Jacob desde pequeno passou a manifestar interesse pelos projetos educativos, sociais e humanitários desenvolvidos pela família Jacob. Para entender um pouco da história, primeiramente é preciso voltar no tempo, mais precisamente no ano de 1938, quando o até então Lactário, transformou-se no Posto de Puericultura Suzanne Jacob (PPSJ), sob a direção do pioneiro Roland Jacob. O objetivo era distribuir leite de vaca para crianças carentes de Parnaíba, especificamente dos bairros Nossa Senhora do Carmo, São José e Ilha Grande de Santa Isabel. 

Após o falecimento do avô e apaixonado pelas causas sociais nas quais desde criança ele via os avôs e os pais envolvidos, Roger Jacob, juntamente com a esposa Luana Pires Rebelo Araújo, deram continuidade às atividades do PPSJ. Roger conta que até o ano de 1998 as ações da entidade estavam voltadas basicamente para a nutrição de crianças, além de apoio às famílias. No entanto, com o passar do tempo, eles perceberam que era preciso ser feito algo além das doações a fim de romper o ciclo da pobreza e levar as crianças assistidas a se qualificarem e conquistarem autonomia. Foi então que a instituição que antigamente se dedicava apenas a caridade, se especializou, evoluiu e atualmente eles praticam a proteção básica sem esquecer que a caridade é fundamental neste processo. O PPSJ cresceu tanto que por vários anos teve parceria com o projeto Criança Esperança, e também com outras instituições de renome como Fundação Kellogg e Fundação Bernard van Leer. Essas e tantas outras iniciativas sempre foram possíveis mediante persistente esforço de Roger e sua família a fim de proporcionar melhores condições de vida para as crianças da cidade. Vale destacar que o PPSJ não recebe nenhum recurso do governo.

Deixe uma resposta