Secretaria de Cultura incentiva novos artesãos

A ação tem como objetivo fortalecer as ações de artesanato para geração de novos negócios no Piauí.

A Secretaria de Estado de Cultura do Piauí (Secult), por intermédio da Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense (SUDARPI), promove o Projeto “Saber Fazer”, que  tem como objetivo fortalecer as ações de artesanato para geração de novos negócios no Estado.

No Piauí, o artesanato é reconhecido pela sua diversidade de materiais e de peças fabricadas, além da matéria prima utilizada que ganha vida nas mãos dos artistas da terra.

De acordo com o Superintendente de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense, Jordão Costa, o projeto veio na hora certa. “Nunca tivemos uma capacitação dessa proporção no Piauí. Através deste projeto podemos formar novos artesãos e capacitar aqueles que já exercem a profissão não só na capital, mas também no interior, contribuindo para que eles possam melhorar suas condições de vida e mostrar sua arte”, pontua .

O Projeto beneficiará aproximadamente 800 pessoas de 27 cidades do Piauí. Em cada município será ministrado o curso de gestão, seguido por uma oficina com diferentes técnicas de Fibra Natural, Tecelagem, Crochê e Cerâmica. Na oportunidade, uma equipe da Sudarpi vai realizar o cadastro das pessoas que tenham interesse em se formalizar como artesão.

Ao final do projeto está previsto a organização de uma Feira que terá como objetivo proporcionar aos artesãos a oportunidade de negócios, o intercâmbio de experiências para que eles coloquem em prática tudo que aprenderam nas capacitações e oficinas oferecidas no projeto.(Tereza Val)

Deixe uma resposta