Sem a ação da Prefeitura comerciantes de Mercados se sentem abandonados: muitos estão no meio das ruas

Comerciantes que, supostamente, deveriam estar no Mercado da Quarenta ocupam as calçadas de algumas ruas no centro de Parnaíba dificultando a passagem de pessoas e causando outros transtornos. O exemplo é o início da Rua Pedro II, bastante estreita, por sinal, considerando o grande fluxo de veículos na área. Os pedestres sentem-se prejudicados com os riscos que correm no vai e vem diário.

Outra Rua onde também as calçadas estão ocupadas com o comércio de frutas e verduras é a Rua Luís Correia, próxima ao Mercado de Frutas da Quarenta, onde várias são as bancas desocupadas. As informações é de que a maioria dos que estão nas ruas é de comerciantes que possuem bancas no mercado mas que preferem deixá-las fechadas porque entendem que as vendas nas pontas das calçadas fluem melhor.

No Mercado da Quarenta muitos boxes permanecem vazios porque, ao que se supõe, eles preferem trabalham nas ruas, sob a omissão da prefeitura de Parnaíba que não toma nenhuma providência. “O prefeito acha que se for mexer com esse povo dos mercados perde votos”, disse um comerciante que se sente prejudicado com a concorrência desleal por permanecer na sua banca enquanto outros fecham as suas e vão para o meio da rua.

No Mercado da Quarenta,  a exemplo do Mercado do Bairro de Fátima, várias lojas estão fechadas. “A prefeitura tem que tomar alguma providência para revitalizar os mercados, porque do jeito que está as vendas são muito poucas”, reclamam.

Deixe uma resposta