Senado engaveta 62 pedidos de impeachment de ministros do STF

Fachada do Supremo Tribunal Federal. Foto: Dorivan Marinho/SCO/STF

Somente desde o ano de 2019, o Senado acumula em suas gavetas bolorentas 62 pedidos de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). São pouco mais de três anos. O líder absoluto nesse ranking não é uma surpresa: ministro Alexandre de Moraes. Ele é alvo de 29 pedidos de impeachment, impetrados por vários brasileiros, que vão de cidadãos comuns e senadores até o presidente da República.

Barroso é vice

Alexandre Moraes tem quase o triplo dos 13 pedidos de impeachment de Luís Roberto Barroso, que está na vice-liderança desse triste ranking.

Curiosidade

Rodrigo Pacheco já mantém 28 pedidos de impeachment “sob análise”, à exceção do pedido feito por Bolsonaro contra Moraes, arquivado na hora.

Logo atrás

Dias Toffoli, é o terceiro ministro com mais pedidos de impeachment, onze no total. Quase todos durante seu período na presidência do STF.

O engavetador

Foram arquivados 35 pedidos de impeachment contra ministros do STF , sendo 34 na gestão de Davi Alcolumbre na presidência do Senado.(láudio Humberto)

Deixe uma resposta