Sesapi reforça rede de saúde no litoral durante o período de final de ano

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, já preparou um plano especial de atendimento à população no período de final de ano no litoral, garantindo um serviço de assistência à saúde da população com maior qualidade. As medidas buscam garantir que os turistas tenham assistência médica garantida, em caso de necessidade, além de ajudar a organizar melhor o próprio funcionamento da rede nesse momento, evitando problemas de atendimento tanto para a população como para os colaboradores das unidades de saúde.
“Todos os anos o Governo do Estado, através da Sesapi, reforça as equipes de saúde de atendimento no litoral piauiense, buscando garantir para todos que estejam usufruindo daqueles locais, caso ocorra algum problema, tenha um suporte de qualidade. Os municípios de Luís Correia e Cajueiro da Praia são exemplos de onde esse reforço será feito”, explica Joselma Oliveira, diretora da Unidade de Descentralização e Organização Hospitalar da Sesapi. 
A atenção básica também recebeu reforço com o fornecimento de testes rápidos contra a Covid-19 e a montagem de barreiras sanitárias a fim de intensificar ações que a Sesapi realiza desde o início da pandemia. O superintendente de Atenção à Saúde, Herlon Guimarães, destaca que essas ações de reforço foram planejadas para garantir tranquilidade à população. 
“Além da Covid-19 também estamos vigilantes em relação aos casos de influenza, dando orientações e traçando estratégias para um melhor atendimento da população, dando todo o suporte para as atividades da atenção básica no nosso litoral”, aponta o superintendente.
Além das ações de fortalecimento da rede de saúde no litoral piauiense para o final do ano, as autoridades em saúde também destacam que é imprescindível que a população continue fazendo sua parte e adotando medidas higiênico-sanitárias que ajudem na prevenção tanto da Covid-19 como de outras doenças.
O secretário de Saúde, Florentino Neto destaca, que, mesmo num cenário mais otimista devido à vacinação e aos resultados do estado no enfrentamento à pandemia, é preciso manter a vigilância. Além das variantes Delta e Ômicron, a nova mutação do vírus da gripe (H3N2), que também está circulando representa mais um ponto para reforçar os cuidados da população.
Nesse sentido, a orientação da Sesapi é optar por eventos com pessoas mais íntimas em vez de festas maiores. De acordo com Florentino Neto, a recomendação é que os anfitriões deem preferência a ambientes abertos na hora de realizar seus encontros. “Além disso, é fundamental que todos os participantes estejam imunizados com as duas doses da vacina, mantenham distanciamento seguro e façam uso de máscara e álcool em gel”, destaca o gestor.
Os convidados que apresentarem sintomas gripais próximo às datas dos eventos precisam ficar alertas e realizar um teste PCR.  Se o resultado não sair a tempo, o mais indicado é ficar em casa como forma de precaução.  “São cuidados importantes para que possamos chegar em 2022 em uma situação mais confortável”, diz Florentino.

Deixe uma resposta