“Vá para outra universidade”, diz vice-reitor da UFPI após alunos cobrarem retorno presencial

Alunos da Universidade Federal do Piauí (UFPI) realizaram na manhã desta quarta-feira (15), uma manifestação na frente da reitoria do campus, afim de pedir o retorno híbrido ou presencial das aulas, até então realizadas de maneira remota. 

O vice-reitor da universidade, Viriato Campelo, chegou a comparecer na movimentação e declarou aos estudantes que se não estiverem satisfeitos com a UFPI, devem procurar outra universidade para estudar.

Vice-reitor, Viriato Campelo, discute com aluna da UFPI em manifestação

De acordo com os centros acadêmicos, a movimentação foi realizada após um conselho de entidades de base. Na ação, foi entregue uma carta para a Administração Superior da Universidade, solicitando a participação dos estudantes e representação na comissão que debate o retorno presencial, transparência no calendário acadêmico e o posicionamento da Administração Superior sobre o retorno presencial/híbrido.

Em vídeo enviado ao Lupa1, os alunos pedem um esclarecimento concreto sobre as aulas na universidade e afirmam que não estão conseguindo aproveitar o período letivo remoto, realizado em apenas 75 dias. Viriato Campelo rebate e alega que é sim possível, logo em seguida os alunos vaiam e o vice-reitor diz para os alunos procurarem outra universidade.

Uma das estudantes, que estava no local, afirmou que o vice-reitor compareceu ao local para conceder entrevistas e esclarecimentos. Entretanto, ao chegar no local, não conversou com ninguém e chegou a perder o controle com uma das alunas.

“O Viriato Campelo chegou no espaço para dar uma entrevista e não conversou com ninguém. As TVs estavam lá nesse momento e ele começou a falar muitas coisas que não condiziam com a realidade, negando todo a falta de transparência da administração sobre o processo.

Ele perdeu o controle e foi para cima de uma estudante. Felizmente, não deixaram ele tocar nela, ele saiu e não falou mais com ninguém. Perdeu o controle totalmente. 

A organização da mobilização tá preparando uma nota para sair, com apoio de universidades nacionais. A gente vai pedir o afastamento imediato do vice-reitor”, afirmou ao Lupa1.

O Lupa1 entrou em contato com a assessoria da UFPI, porém ainda não obteve retorno. (Danielle Simeão/Lupa1)

Deixe uma resposta