Vereador Daniel Jackson de fora: José Amauri é confirmado na segunda suplência de W. Dias

Constando da lista do Solidariedade e embora tenha sido anunciado como provável 2º suplente de senador na chapa de W. Dias o vereador parnaibano Daniel JAckson ficou de fora.

A chapa governista para o Senado está fechada. A última definição que falta, o nome para a segunda suplência, foi anunciada nesta sexta-feira (22/07) pelo ex-governador Wellington Dias, que encabeça a chapa majoritária. Trata-se de José Amauri, que é uma indicação do Solidariedade.

Wellington Dias comentou que a decisão foi fruto de conversas com os demais partidos que formar a base governista. Ele enalteceu José Amauri ao apontar sua liderança como empresário e militante político.

“Agradeço a confiança da direção do Solidariedade por este entendimento que colocou o nome deste grande líder que já tem uma experiência extraordinária com o Piauí. Ele já conhece a realidade do nosso estado e já contribui com seu desenvolvimento, tanto na condição de empreendedor, como também na vivência política. Amauri já tem um bom diálogo com esse time de muitos anos, além da experiência anterior como senador e suplente de senador”, disse Wellington Dias.

Foto: Divulgação

“Depois de muita conversa da direção do nosso partido, juntamente com os pré-candidatos, chegamos ao entendimento que o melhor nome para representar, nesse momento, a construção da chapa do nosso pré-candidato a senador Wellington Dias, é o nosso amigo já suplente de senador, Amauri”, comemorou o deputado Evaldo Gomes, presidente do Solidariedade no Piauí.

A chapa para o senado é formada por Wellington Dias (PT), que tem Jussara Lima (PSD) na primeira suplência e José Amauri na segunda suplência. A convenção que homologará a chapa acontece neste sábado (23/07) em Teresina. (Otávio Neto/O Dia)

Deixe uma resposta