Aliança com Alckmin não afeta desempenho de Lula nas pesquisas

Pesquisas mais recentes têm efeito de balde de água fria no otimismo parcial do PT com a presença do ex-tucano Geraldo Alckmin como vice, na chapa liderada por Lula. Noves fora, nada: a pesquisa do Poderdata, realizada dois dias depois do factoide da reconfirmação de Alckmin como vice, acabou por registrar a menor diferença entre o ex-presidente a o atual: apenas 5 pontos percentuais. Nunca estiveram tão próximos.

Factoide falhou

Pouco adiantou a generosa transmissão dos discursos de Lula e Alckmin em redes de rádio e TV, no factoide da semana passada.

Anão político?

A eleição definirá o “tamanho” real de Alckmin, que nas presidenciais de 2018 teve só 4% e em 2010 foi menos votado no 2º turno do que no 1º.

Aproximação

De acordo com o Poderdata, que entrevistou 3 mil eleitores, em pesquisa registrada no TSE sob nº 0368/22, Lula tem 40% e Bolsonaro 35%.

Eleitor feito de bobo

Alckmin não consegue explicar ao eleitor por que agora se juntou àquele a quem se referia como um ladrão pretendendo voltar “à cena do crime”.(Cláudio Humberto)

Deixe uma resposta