Atendimentos no Hospital Dirceu(Heda) melhoram com presença de acadêmicos da área de saúde

Impossível não reconhecer que, mesmo antes de ser Secretário de Estado da Saúde, o pré-candidato a deputado federal, Florentino Neto, quando prefeito de Parnaíba, já abraçava causas da saúde dos piauienses, fato que hoje o coloca como um dos políticos de Parnaíba que mais se envolveu na luta para trazer para o município o tratamento do câncer, antes feito somente em Teresina. Afora isso, a história há de reconhecer também haver sido ele um dos facilitadores da implantação do primeiro curso de medicina na cidade, além de um grande entusiasta da implantação de outros cursos na área.

Hospital Estadual Dirceu Arcoverde- HEDA

E o resultado desse empenho vem repercutindo no dia a dia das pessoas que buscam em Parnaíba o atendimento em saúde. De acordo com o diretor do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), Daniel Miranda, “temos hoje aqui um hospital escola,  que tem pactuação com os cursos de medicina e demais cursos da área de saúde, das diversas faculdades da planície litorânea. E essa condição acadêmica proporciona uma melhoria sensível no atendimento das pessoas, vez que aqui nós temos, inclusive, residências medicas, o que tem  melhorado nossos serviços. E a nossa intenção  é que, em sendo hospital escola, a gente tenha condições de dar uma assistência melhor  para o  paciente”, pontua Daniel.

Daniel Miranda – Diretor do HEDA

Segundo ele, a  presença do acadêmicos, dos residentes  no hospital,  tem ajudado, sobremaneira na qualidade  da assistência do serviço prestado. “Por isso o esforço da secretaria de estado da saúde para estar ampliando as residências médicas, os convênios com as universidades,  porque o hospital tem a ganhar muito com a questão  do meio acadêmico dentro do hospital, uma vez que isso estimula a pesquisa,  a questão de novas possibilidades de diagnósticos, o que tem nos ajudado muito nos últimos anos”- avalia.

 

 

Deixe uma resposta