CASO PROAJA: Wellington Dias classifica como “denúncia fake” feita por deputado de oposição

O ex-governador do Piauí, Wellington Dias (PT), concedeu entrevista ao site O ANTAGONISTA, no início desta noite de quarta-feira (20) quando classificou como “denúncia fake” a informação divulgada com base em levantamento do Tribunal de Contas do Estado do Piauí segundo a qual 1.052 alunos matriculados no Programa Alfabetização de Jovens e Adultos constavam como falecidos nos sistemas da Receita Federal.

Dias atribuiu a denúncia a um relatório não concluso do TCE. Em manifestação oficial, a Corte de Contas informou que os dados divulgados eram preliminares e ainda precisariam passar por nova triagem. 

EX-GOVERNADOR DIZ QUE DEPUTADO QUEBROU TODAS AS REGRAS DE ÉTICA. 

“O deputado estadual Gustavo Neiva, usando prerrogativa de advogado, requereu relatórios não revisados e não liberados e quebrou todas as regras da ética para fazer uma ‘denúncia fake’”, disse o ex-governador por meio de nota oficial. 

“É simplesmente vergonhoso o que aconteceu e pedi para que o caso fosse examinado pelo Conselho de Ética da OAB e da Assembleia Legislativa”, disse Dias ao site o ANTAGONISTA. 

A PALAVRA DO TCE-PI

“A divulgação do relatório efetivada antes das imprescindíveis análises do contraditório, do Ministério Público de Contas, do Relator do processo e da decisão do Plenário, prejudica a apuração adequada dos fatos, antecipando informações que nem sempre são confirmadas no andamento regular do processo”, complementou o TCE – PI em nota. (Lupa1)

 

Deixe uma resposta