Colégio Síntese realizará Aulão do Enem no Multicine Parnaíba Shopping

A maior prova para o acesso no ensino superior do Brasil está chegando e os estudantes de Parnaíba seguem na preparação. O Parnaíba Shopping irá receber o Aulão do Enem, realizado pelo Colégio Síntese Educacional, neste domingo (26/09). O evento será das 9h às 12h, no Multicine Cinemas, contará com vagas limitadas e os ingressos estão à venda na própria escola, no valor de R$ 25,00.

As aulas serão ministradas pelos professores do Colégio Síntese Educacional, Luiz Ricardo (Linguagens) e Mateus Meneses (Humanas), e os professores do Sistema CEV de Ensino, Neto Ceará (Matemática) e Pedro Netto (Natureza).

“Nosso objetivo é levar informação aos alunos que farão o exame neste ano, de forma descontraída. Afinal, muitos costumam ficar ansiosos nesse período. Lembramos que todas as medidas preventivas contra a COVID-19 serão adotadas e seguidas”, conclui a diretora do Colégio Sintese, Yone Demosthenes.

Morre Dona Adelaide Pessoa

Faleceu nesta quinta-feira(23), Maria Adelaide Cornélio Pessoa, esposa do radialista e ex-vereador de Parnaíba, José Augusto Fontenele Pessoa.

Ela estava internada na UTI do Hospital Marques Bastos, por ocasião de complicações cardiorrespiratórias. Dona Adelaide foi chefe do IAPEP em Parnaíba. Ela  tinha 80 anos e deixa esposo, 7 filhos, 13 netos,  1 bisneto, noras e genros.

O velório está sendo realizado no salão da PAX UNIAO e o sepultamento está marcado para  as 16 h, no Cemitério da Igualdade, no Centro da cidade. Nossas condolências a todos os familiares e amigos.

E por que a educação do Município de Parnaíba não é destaque no Estado?

Um amigo me envia o gráfico acima para mostrar que o município de Parnaíba tem investimentos razoáveis no setor educação. Acima do que é previsto em lei. De imediato me vem o questionamento: E por que a educação no município não é destaque no Estado? O Município de Teresina foi destaque nacional. O pequenino município de Cocal de Telha (ou é Cocal dos Alves?) é referência nacional também em educaçã. E Parnaíba???

O IDEB DE PARNAÍBA

O IDEB – Indice de Desenvolvimento da Educação básica é apenas sofrível nas escolas municipais. Segundo o prefeito Mão Santa comentou certa vez, na minha presença, o município cearense de Sobral, que tem gastos bem inferiores em merenda escolar, segundo ele,  o IDEB está a à frente de Parnaíba anos luz.

BONS SALÁRIOS

Foi na gestão do ex-prefeito Zé Hamilton, se não me falha a memória, que foi aprovado um plano de cargos, carreira e salários para o magistério, que deixou os vencimentos dos professores em destaque. Se o professor do município hoje ganha muito bem, é por conta dos avanço contidos no plano de cargos e salários. Hoje um professor do município chega a se aposentar até com 13 mil reais. E o que está faltando para a educação municipal ser destaque???

POLITICAGEM

Parnaíba hoje é um pólo de educação. Temos bons professores, mestres em educação, professores doutores, e por que não fazer uma revolução na educação básica? O que está havendo? Por que muitos  bons professores da Secretaria Municipal de Educação não querem ser titulares da pasta? Resposta: É porque agora, mais do que  nunca, impera a politicagem. A fofoca. Nenhum bom profissional quer se submeter a ser mandado por qualquer pé rapado, como acontece agora. Até semi-analfabetos querem ser autoridades hoje dentro da Prefeitura, dando “pitaco” também na educação. Por isso é o que está havendo agora: este samba do criolo doido com relação ao retorno das aulas presenciais. Além do ano estar perdido, a SEDUC não fez o dever de casa com relação às normas de segurança da Covid-19. E é esta a cidade melhor administrada do Brasil, como alardeia o prefeito Mão Santa???

 

Convite: Seminário de Alinhamento entre Parceiros – Piauí Mais Simples

Vem aí o nosso Seminário de Alinhamento entre Parceiros – Piauí Mais Simples, dia 30/09 a partir das 08h00 em Parnaíba.

O Evento tem por objetivos alinhar as estratégias para implantação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – REDESIMPLES – no Piauí, debater assuntos relacionados à desburocratização, além de destacar as medidas para a melhoria do ambiente de negócios através da Lei da Liberdade Econômica, caminho mais rápido para a desburocratização e simplificação do processo mercantil para as Micro e Pequenas Empresas.

A programação terá a participação de representantes dos diversos órgãos envolvidos na formalização e licenciamento de empresas, assim como a realização de oficinas temáticas para gestores públicos, administradores da REDESIMPLES, fiscais e coordenadores da Vigilância Sanitária, agentes de desenvolvimento e demais funcionários dos órgãos públicos envolvidos com o desenvolvimento do ambiente empresarial.

Contamos com sua participação. Preencha o link abaixo e garanta sua inscrição, o processo é gratuito e as vagas são limitadas:

Link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScy0JDI17pon7vHOfRP7LsKo9Wwp3PygR_xgqFpTgxX73220Q/viewform

Por telefone Wellington Dias e Mão Santa discutem enfretamento às facções criminosas em Parnaíba

O governador Wellington Dias (PT) e o prefeito de Parnaíba, Mão Santa (DEM) mantiveram na tarde de terça-feira (21) conversa por telefone com tratativas para viabilizarem parceria de enfretamento às facções criminosas em Parnaíba.

Na segunda-feira (20) ocorreu uma reunião com a presença das forças de segurança para criação de uma força-tarefa com a presença das Policias Militar, Civil, Rodoviária Federal, Polícia Federal e Ministério Público Estadual. Depois da reunião foi anunciado um gabinete de gestão para criar uma “frente contra as facções”, que tem aterrorizado a população da região litorânea.

O secretário estadual de Segurança, Rubens Pereira, explicou que oito viaturas da Polícia Militar de Teresina serão deslocadas para Parnaíba até a próxima sexta-feira (24). Em seguida, um contingente da Polícia Civil também seguirá para o município. Eles vão trabalhar em conjunto com a PRF-PI, PF-PI e Inteligência da Secretaria de Segurança (SSP-PI).

Segundo o secretário, os agentes vão agir em dois eixos: ostensivo e investigativo e serão coordenados por um gabinete gerenciado pelo comandante do 2º Batalhão da PM de Parnaíba, Antônio Pacífico, e pelo delegado Eduardo Ferreira. 

“Já vencemos em outros pontos do Estado e vamos trabalhar em operação permanente e de forma integrada, todo o sistema de segurança estadual e federal, judiciario é Min Público, Estado e municípios, e prioridade para o que precisar para vencer o crime em Parnaiba, Luiz Correia, Ilha Grande e Cajueiro da Praia, Buriti dos Lopes… onde precisar”, disse o governador Wellington Dias, através de sua assessoria de comunicação que confirmou as tratativas.

Governo do Piauí instala gabinete de gestão integrada em Parnaíba

O gabinete de gestão integrada estará sob a coordenação do tenente-coronel Pacífico e do delegado regional Eduardo Ferreira.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública, irá instalar um gabinete de gestão integrada pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Penal, Polícia Civil, Guarda Municipal e Serviço de Inteligência da Secretaria para reforçar a segurança no litoral do Piauí. A Polícia Militar do Piauí (PM-PI) já organiza uma operação na próxima sexta-feira (24), no litoral piauiense, com o envio de viaturas e policiais militares.

Delegado Eduardo Ferreira

Visando combater a atuação de organizações criminosas na região, será ampliado o contato com órgãos de segurança pública de outros estados, como Ceará e Maranhão. O gabinete de gestão integrada estará sob a coordenação do tenente-coronel Pacífico e do delegado regional Eduardo Ferreira.

De acordo com o secretário da Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, medidas urgentes foram definidas. “Entres as medidas, estão a instalação do gabinete de gestão integrada; a realização de operações ostensivas com reforço de equipes especializadas de Teresina, a partir da próxima sexta-feira, até final do ano; e a instalação de uma força-tarefa de investigação integrada com a Polícia Civil e Polícia Federal de enfrentamento às organizações criminosas”, declarou o secretário.

A PM-PI já vem realizando operações integradas, com a finalidade de combater o crime organizado, homicídios, tráfico de entorpecentes e outras modalidades criminosas em todo o Estado. (Autor: Marília Andrade)

Justiça nega habeas corpus a acusado de matar empresário Janes Castro

Empresário Janes Castro

A 2ª Câmara Especializada Criminal, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), negou o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Mário Roberto Bezerra Correia, que está foragido e é acusado de ser um dos mandantes do assassinato contra o empresário Janes Cavalcante Castro, proprietário da imobiliária J. Castro, ocorrido em setembro de 2020 na cidade de Parnaíba. O relator da decisão foi o desembargador Joaquim Dias de Santana Filho. A decisão foi dada no último dia 6 de setembro.

O advogado Gianvitto Pereira de Souza impetrou o habeas corpus alegando que o acusado sofreu constrangimento ilegal por entender que a decisão de prisão preventiva padece de várias ilegalidades, dentre elas, a ausência de fundamentação concreta e válida.

Ainda segundo o pedido de habeas corpus, Mário Roberto teve a menor participação delitiva, “pois, segundo a denúncia teria sido suposto intermediador entre o mandante e os executores do crime, e que aquele somente veio tomar ciência sobre a acusação, quando ocorreu o cumprimento de mandados de busca e apreensão em sua residência”.

Em seu voto, o relator, desembargador Joaquim Dias de Santana Filho, destacou que a decisão em busca da prisão de Mário, encontra-se fundamentada e seguindo o requisito básico de garantia à ordem pública, o que justifica a necessidade da custódia cautelar.

“Não há que se falar em ausência de fundamentação no decisum acima, isto porque, ainda que concisa e sucinta, o MM Juiz a quo fundamenta o preenchimento do requisito de garantia da ordem pública no modus operandi delitivo, este com características de “pistolagem”, aliado a gravidade concreta do mesmo, (homicídio qualificado), características que revelam a possibilidade concreta, de caso solto, continuar delinquindo e consequentemente perturbando a ordem pública, justificando assim a necessidade da custódia cautelar”, pontuou na decisão.

Com isso, o relator do habeas corpus desconsiderou as alegações feitas pela defesa e votou em negar o pedido ao suspeito.

Um mandante preso

Além de Mário, a Polícia Civil conseguiu realizar a prisão do outro suspeito apontado como mandante do assassinato. Ele foi capturado no dia 5 de setembro, na cidade de Alagoinha, em Pernambuco. O delegado da Polícia Civil do Piauí, Maikon Kaestner, solicitou à juíza da 1ª Vara Criminal de Parnaíba, Maria do Perpétuo Socorro Ivani de Vasconcelos, o recambiamento do preso.(Davi Fernandes/Gp1)

Esposa de Mão Santa é alvo do Ministério Público do Piauí

Mão Santa e Adalgisa

A esposa do prefeito Mão SantaAdalgisa Carvalho de Moraes Sousa, que ocupa o cargo de secretária municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, é alvo de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), em trâmite no Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Parnaíba, acusada de ter realizado durante a pandemia atividades grupais de aglomeração com pessoas de todas as idades, além de atividades de interação social sem respeitar as medidas de segurança, crimes tipificados nos artigos 132 (perigo para a vida ou saúde de outrem) e 268 (infração de medida sanitária preventiva) do Código Penal.

O Termo Circunstanciado foi lavrado a pedido do Ministério Público do Estado do Piauí, a partir de denúncia registrada na ouvidoria.

Ouvida na Central de Termos Circunstanciados, a secretária negou que estivesse aglomerando pessoas e afirmou que as atividades de assistência social desenvolvida pelo município não pararam em nenhum momento durante a pandemia, haja vista ser uma atividade de cunho essencial, que acolhe pessoas que carecem de muitas necessidades, como alimentação, por exemplo, além de outros fatores.

Adalgisa Moraes Souza destacou que não há meio da atividade social se efetivar de forma remota, tendo que funcionar de maneira presencial. Afirmou que sempre foram observadas todas as medidas sanitárias adotadas pela vigilância sanitária no combate a propagação da covid-19, como uso de máscaras e álcool em gel, além da presença de funcionários responsáveis pelo controle de pessoas e distanciamento entre elas.

O termo circunstanciado foi enviado à Justiça pelo delegado de Policia Civil João Rodrigo de Luna Silva em 06 de setembro deste ano.

Em virtude da limitação da designação dos atos processuais, os autos do TCO foram enviados ontem (20) pela Secretaria do Juizado Especial ao Ministério Público para que seja verificada possibilidade de ser proposto o benefício da transação penal por escrito a Adalgisa Moraes Souza.

Os Juizados Criminais são órgãos da Justiça que julgam infrações penais de menor potencial ofensivo, cuja pena máxima prevista não ultrapasse a 2 (dois) anos.

Outro lado

Ao GP1, a Adalgisa Carvalho de Moraes Sousa, defendeu que não realizou aglomerações e que somente forneceu assistência social para pessoas afetadas financeiramente pela pandemia da covid-19.

“Não teve aglomeração e pelo decreto do presidente da República, a assistência social é um serviço prioritário, então tinha um trabalho normal de atendimento a aqueles que estavam passando fome, os que fecharam o comércio e perderam o emprego, então a situação era de calamidade e o serviço social foi o socorro”, declarou a primeira dama.(Fonte:Gp1)

Comandante-geral da PMPI participa de reunião para combater a criminalidade em PHB

O Comandante-geral da PMPI, Coronel Lindomar Castilho, participou de reunião, nesta segunda-feira (20/09), em Parnaíba, para tratar sobre ações de integração na área de segurança pública.

Na ocasião, o Secretário de Segurança Publica, Coronel Rubens, ressaltou a importância da criação de um Gabinete de Gestão para que as forças de segurança atuem de forma integrada, já o Comandante-geral garantiu reforço policial para as cidades de Parnaíba e Luís Correia, com o empenho de guarnições do Comando de Policiamento Especializado a partir da próxima sexta-feira (24/09).

O Delegado-geral da Polícia Civil, Lucy Keiko, falou da importância do reforço de policiais civis na área de investigação do tráfico de drogas e crime organizado.

Também participaram do encontro o Superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Paulo Fernando Moreno, e o Delegado da Polícia Federal, Carlos Alberto, que reforçaram a importância de uma Força Tarefa contra o crime organizado e a disponibilização de efetivos e serviços de inteligência para atuar de forma integrada com as outras forças.

O Comandante do 2º BPM, Tenente-coronel Pacífico, esteve presente apresentando a estatística dos índices de criminalidades da cidade de Parnaíba, fazendo um comparativo entre os anos de 2020 e 2021 e a atuação da Polícia Militar. Também reforçou que o 2° BPM continuará realizando o policiamento ostensivo e que, com a integração de outras forças, aumentará a presença policial nos locais considerados críticos.

Em Parnaíba briga de bar termina com homem em estado grave após ser agredido com enxada

Um homem identificado como Mardônio Oliveira da Cruz, foi golpeado com golpes de enxada na segunda-feira (20/09), após uma bebedeira na Avenida Armando Cajubá no bairro Ceará em Parnaíba. As informações são do Plantão Parnaíba 24 horas.

O homem foi golpeado na região da cabeça, um homem natural de Balsas-MA, foi preso pela Polícia Militar por tentativa de homicídio.

Mardônio, foi socorrido e encaminhado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em estado grave para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). 

Após ser golpeado, o homem ainda chegou a correr até a rua Melvin Jones caindo logo em seguida. Na delegacia, o autor alegou legítima defesa, devido a vítima ter lhe apontando um facão para lhe dar um valor em dinheiro.

Por falta de merenda e transporte escolar Escola Roland Jacob volta a suspender aulas presenciais

Não há mais como esconder a desorganização na Secretaria Municipal de educação, que firma acordo com diretoras das Escolas da rede municipal de ensino, para o retorno das aulas presenciais, mas não cumpre com a parte que lhe cabe. Para alguns observadores, tudo é fruto da politicagem que existe dentro da administração municipal, onde pessoas alheias à educação, alguns até analfabetos funcionais, vivem se intrometendo em decisões administrativas.

A Escola Municipal Roland Jacob, que ontem “ensaiou” um retorno com as aulas presenciais, mesmo sem que a secretaria de educação desse as condições devidas, hoje voltou atras, conforme correspência abaixo, assinada pela diretoria da Escola:

(*)BERNARDO SILVA

Primeiro dia de aulas presenciais no Município é marcado por baixa frequência

Diferente do que afirmou a secretária municipal de educação Fátima Silveira, em entrevista à Rádio Liderança na sexta-feira (17), nem todas as escolas municipais tiveram aulas presenciais nesta segunda-feira (20).

Na escola Roland Jacob estão matriculados pouco mais de 400 alunos do ensino fundamental no turno manhã, a tarde pouco mais de 300 alunos do programa de escola para jovens e adultos (EJA), mas a adesão no primeiro dia anunciado pela SEDUC foi menor que o esperado, cerca de 20% dos alunos compareceram.

“Nós ainda estamos em reunião com os pais e com os responsáveis pelos alunos, para mostrar como iremos trabalhar, e assim ter a autorização deles. A partir de amanhã a expectativa é que tenhamos mais alunos em sala de aula” explicou Jaira Farias diretora da escola.

Os alunos que retornaram para a escola neste primeiro dia de aula presencial, notaram a diferença imposta pelos protocolos de saúde, desde a entrada com a aferição de temperatura até o distanciamento entre as cadeiras. “Precisamos recuperar o tempo que foi perdido” disse o estudante Clailton do 8º ano.

Nossa reportagem percorreu algumas escolas da rede municipal de ensino para acompanhar como cada uma estava funcionando. No Roland Jacob o professor Gregório Monteiro dava aula para duas alunas.

“Eu já cheguei a dar aula para uma sala com vinte e oito alunos antes da pandemia, mas se temos só dois daremos também” disse Monteiro.

Mas nem todos os professores da rede municipal de ensino concordam com a retomada das aulas presenciais. Os que divergem denunciam a falta de EPI´s (Equipamento de Proteção Individual) para os professores e alunos, além da falta de estrutura de algumas escolas que precisam de intervenção urgente.

Na sexta-feira durante uma manifestação de professores do município, um mãe de dois alunos denunciou a falta de estrutura na escola municipal Antônio Seligman e disse que não mandaria seus filhos para a escola até que a situação se resolva.

Além de problemas estruturais, Andrea Olival questionou o destino da merenda escolar que deveria ter sido distribuída para os alunos através de kits “Ninguém sabe me responder para onde foram os mais de hum milhão de reais destinados para a merenda aqui em Parnaíba” desabafou a mãe.

A secretária Fátima Silveira já havia dito que as famílias com alunos matriculados nas escolas do município recebem regularmente os kits.

Na escola municipal Antônio Seligman nossa equipe foi impedida de registrar como estão as dependências da unidade, a diretora também se negou a prestar esclarecimentos já que as aulas por lá não aconteceram como havia prometido a secretaria de educação. “A secretaria me orientou a não dar nenhuma informação” disse.

Um grupo formado por mães de alunos que estudam na mesma escola, e que não conseguem respostas da direção e da secretaria foi até a sede do Ministério Público, hoje pela manhã, formalizar uma denúncia. Elas querem transparência nas informações. (Por Tiago Mendes/opiauies)

Profissionais de Parnaíba voltam a se manifestar para que Seduc dê as condições necessárias para o retorno às aulas

Os profissionais da educação da rede municipal de ensino voltaram a se manifestar na manhã desta segunda-feira, dia 20 de setembro. O ato que contou com o apoio do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais – Sindserm e Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Piauí – Sinte e aconteceu na Praça da Graça, em frente à sede do legislativo municipal, no Centro da cidade.

Os manifestantes alegam que parte dos trabalhadores ainda não recebeu a 2ª dose da vacina contra a Covid-19 e também, as unidades de ensino não dispõem da estrutura necessária e também, parte dos trabalhadores ainda não recebeu a 2ª dose da vacina contra a Covid-19. Vale ressaltar que, o Município não dispõe de um Protocolo para retorno às aulas. 

A primeira manifestação aconteceu na última sexta-feira (17) e culminou em frente ao prédio da Secretaria Municipal de Educação. 

O Sinte, regional Parnaíba, solicitou ao Ministério Público do Estado do Piauí, providências para a suspensão do retorno das aulas presenciais das escolas do município. No pedido, o sindicato apresenta informações de visitas realizadas nas escolas. Como resposta, o representante da 1ª Promotoria de Justiça de Parnaíba-PI, o promotor de Justiça, Antenor Filgueiras Lôbo Neto, convidou a presidente do sindicato, Nadja Araújo para participar de reunião extrajudicial a ser realizada na data de 23 de setembro, às 10h, por videoconferência, via sistema TEAMS, pertinente ao retorno às aulas presenciais da rede municipal de educação de Parnaíba.

Por Tacyane Machado – Blog Extra Parnaíba

 

Comerciantes clamam por segurança na praia da Pedra do Sal

Sede do antigo PPO

Comerciantes e empresários da região da Pedra do Sal estão tentando sensibilizar e pedindo providências às autoridades do setor de segurança pública do Estado, inclusive o deputado federal Fábio Abreu, que já foi secretário da pasta, para o crescimento do vandalismo e da violência naquela área da cidade. Eles reivindicam a reativação do Posto de Policiamento Ostensivo (PPO) que já existiu naquela área e que hoje está totalmente abandonado.

“Todos têm acompanhado a violência crescente na Ilha Grande, onde quase todos os dias uma pessoa é assassinada ali. Agora mesmo jogaram uma corrente de bicicleta na rede elétrica e a região ficou 48 horas sem energia, causando prejuízos. Quem tem comércio ali, pousadas, restaurantes, vive sem segurança. Que seja dada uma atenção maior àquela região de Parnaíba, destacando uma viatura permanente da Polícia, para tentar inibir a ação dos marginais”, destaca um dos denunciantes.

Os que se sentem prejudicados entendem ser urgente alguma providência neste sentido, em respeito àqueles que querem trabalhar e levar algum tipo de desenvolvimento para a única praia que Parnaíba possui.

 

 

Falta de transparência: Diretora de escola municipal se nega a dar explicações

Em sua página no facebook o repórter Tiago Mendes denuncia hoje a falta de transparência com que trabalha a diretora da Escola Municipal Antônio Seligmann, segundo ela, “orientada pela Secretaria de Educação do Município. Veja o que disse o repórter:
“A direção da escola Antônio Seligman gosta de criar problema. Na semana passada ouvi uma mãe que fez denúncias sobre a estrutura da escola e que por isso não concordava em mandar seus filhos pra sala de aula.
Fomos até a escola acompanhar de perto a situação e dar a oportunidade da diretora falar sobre o assunto.
Mas a exemplo de todas as vezes que fomos até lá, transparência é uma língua que a direção da escola não fala. Além de dizer que não poderíamos filmar a ESCOLA PÚBLICA a diretora disse que não daria nenhum esclarecimento sobre a escola, e que ela foi orientada a assim proceder pela própria secretaria de educação”.
A denúncia de Tiago Mendes suscitou vários comentários. Veja alguns:
Fabricio Brunno Leal de Souza

Infelizmente a Educação municipal sofre com politicagem dentro da SEDUC , isso é triste !
  • Raiuga Aguiar

    Esperar o que do prefeito Mão Santa um dos políticos mais corruptos da história do Brasil e todo político corrupto é autoritário e odeia transparência.
    Ele mesmo não respeita os professores pois chamou foi as professoras de galinhas carcarejadoras.
    Joana D’Arc Galvão Mourão

    Só pode ser brincadeira isso. Uma gestora se negar a esclarecer problemas com a instituição. Será que é medo de sofrer punição pelas autoridades…você é efetivada querida, portanto, “corra atras do que é melhor para sua instituição.” Aff!
    Vanessa Bandeira

    Típico!!!! Não me admiro de tal atitude! Nada mais me assusta vindo desta gestão!!! E pelo que vemos, a preocupação não está na segurança das crianças e sim em receber seus salários em dias!
    Janaina Barros

    Eu não concordo seria bem melhor pra nossas crianças e pra todos nós..só voltar às aulas só no próximo ano..