W. Martins admite voltar aos braços de W. Dias:”Sempre aberto ao diálogo”

Wilson diz que é o momento é de somar esforços (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Com a saída do senador Ciro Nogueira (Progressistas) da base do governador Wellington Dias (PT), aumentam os rumores sobre a possibilidade de reaproximação do ex-governador Wilson Martins (PSB) com o governo estadual. A aliança com o PSB também seria do interesse do Palácio de Karnak para se fortalecer após o rompimento com Ciro.

Procurado pelo Política Dinâmica nesta sexta-feira (7), o ex-governador Wilson não descartou a possibilidade. Ele disse que o PSB é um partido independente, que nunca deixou de dialogar com ninguém, independentemente de disputas passadas. Deixando claro que pode se reaproximar de Wellington, Wilson disse que não se faz política olhando pelo retrovisor.

“O PSB é um partido independente, com trânsito junto à grande maioria das demais agremiações partidárias do Piauí. Na oposição em todos os níveis de governo, uma pressão aqui, outra acolá, vindas de todos os lados com consequente baixas quantitativas, tem resistido de cabeça erguida. Depuramos e estamos com bravura, trabalho e honra, construindo a travessia. Nunca deixamos de dialogar com ninguém, independentemente de ideologias e das disputas passadas. Não se faz política olhando pelo retrovisor”, falou.

De acordo com Wilson, no que for importante para o Piauí ele estará sempre disposto a conversar. O ex-governador afirmou que o Piauí e o Brasil passam por um período difícil e que é muito importante a soma de esforços nesse momento.

“O que for importante para o Estado e nossa gente, estaremos sempre abertos ao diálogo. O Brasil e o Piauí, em especial, atravessam momentos de muitas dificuldades. Muita coisa a fazer, importante a soma de esforços, sobretudo, dos detentores de mandatos em quem o povo confiou!”, apontou usando exclamação.

Sem citar nomes, mas claramente se referindo a Ciro e Wellington Dias, Wilson afirmou que os dois foram recém-eleitos com muitas promessas e compromissos, mas que, ao invés de se preocuparem em trabalhar, estão antecipando demasiadamente as eleições de 2022.

“Verdadeiramente, entendo que duas lideranças importantes, recém eleitas com muitas promessas e compromissos para bem cuidar do Estado, ao invés de se preocuparem em trabalhar, estão antecipando demasiadamente a discussão eleitoral, tratando das eleições que ocorrerão daqui a mais de dois anos, em 22. Uma pena, lamentavelmente, um grande equívoco!”, concluiu o ex-governador.(Gustavo Almeida)

EXCLUSIVO: W.Dias e Rafael Fonteles vão pagar 72,5 milhões para a FGV com a grana do Fundef

CONFUSÃO NO PRECATÓRIO – Enquanto o governador do Piauí, Wellington Dias, e o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles (cotado para ser candidato do PT em 2022), estão divulgando a antecipação do 13º salário dos servidores estaduais com a aplicação de R$ 200 milhões na economia, a Fundação Getúlio Vargas está com pressa para receber sua parte de R$ 72.501.908,33 como honorários pelos serviços na liberação do precatório do Fundef (4,75% de comissão).

Mas, Wellington Dias e Rafael Fonteles não falaram nada dessa surpresa.

O blog Código do Poder teve acesso com exclusividade a informações de que o diretor da Fundação Getúlio Vargas, José Eduardo de Vasconcelos Quintella, já está em contato com o secretário de Fazenda Rafael Fonteles, para saber quando deve preparar a Nota Fiscal de R$ 72,5 milhões ou se o governo do Piauí vai pagar a FGV de forma parcelada (imagem acima).

O receio da FGV é levar um calote milionário e o dinheiro que julga ter direito pelo “sucesso” do governo do Piauí no recebimento do precatório de R$ 1,6 bilhão do antigo Fundef.

WELLINGTON DIAS E RAFAEL FONTELES NÃO FALARAM DESSES R$ 72,5 MILHÕES – É bom lembrar que na divulgação sobre a liberação o precatório, nem Rafael Fonteles, nem o governador do Piauí citaram a FGV como responsável por esse repasse, mas ambos sabiam da existência desse contrário milionário (sem licitação) assinada com a entidade . “Uma grande vitoria do Estado do Piauí, do Governador Wellington Dias e da Procuradoria Geral do Estado”, afirma o secretário estadual da Fazenda, Rafael Fonteles no início de julho.

O precatório do Fundef é referente a distorção do cálculo por aluno entre os anos de 1994 a 2006.

HONORÁRIOS DA FGV – A Fundação Getúlio Vargas foi contratada para fazer o que a administração de Wellington Dias já é paga para fazer: tentar recuperar créditos e recursos a que o Piauí teria direito. Contratada em outubro de 2015, o contrato já foi renovado quatro vezes (março/2017, outubro/2017, outubro/2018 e outubro/2019).

A FGV alega foi graças ao seu trabalho de consultoria que o governo do Piauí conseguiu êxito na liberação do precatório e que o contrato prevê o pagamento de um percentual do valor recebido nos cofres estaduais.

“Tendo em vista o exposto ao longo do presente relatório, bem como se atesta pelos documentos
presentes ao longo do mesmo, nos anexos e no processo administrativo, a atuação da FGV foi
exitosa, nos moldes preceituados no objeto do Contrato de prestação de serviços e seus respectivos
Termos Aditivos”, diz um trecho do pedido da FGV.

Agora, é a hora do governo do Piauí explicar como vai pagar essa conta (se vai pagar mesmo, e como).

Esse caso do contrato da FGV é antigo e já foi questionado no Tribunal de Contas do Estado. Agora, como tratam-se possíveis pagamentos com recursos do Fundef, e com a revelação pelo blog Código do Poder, o TCU e o MPF também devem conferir de perto essas operações.(Código do Poder)

Wellington aposta em manter 4 deputados hoje ligados a Ciro

Na refrega aberta com o grupo do senador Ciro Nogueira (PP), o governador Wellington Dias (PT) partiu de uma vez por todas para estreitar os espaços do adversário. E a primeira preocupação é manter junto do Karnak alguns dos atuais integrantes do time de Ciro, em especial aqueles com mandato legislativo, que estarão diretamente empenhados nas campanhas de 2022. Pelos cálculos palacianos, Wellington pode manter consigo 4 deputados hoje filiados ao Progressistas: Margarete Coelho, Wilson Brandão, Hélio Isaias e Firmino Paulo.

Para fazer valer essa estratégia, está conversando com cada um – de preferência, pessoalmente, olho no olho. Já esteve com três deles: Hélio Isaias, Wilson Brandão e Firmino Paulo. Em breve terá o tête-à-tête com Margarete Coelho, ainda em fase de isolamento após contrair a Covid-19. Nenhum dos interlocutores fala de ruptura com Ciro. Mas os palacianos estão animados com a possibilidade de pescar apoios importantes nas hostes progressistas, particularmente nesses quatro deputados.

O governador sabe que essa tarefa é muito difícil (alguns diriam impossível) no caso de outros progressistas, como Júlio Arcoverde, Iracema Portella, Lucy Soares, Bessah Filho e Belê Medeiros. Estes deixarão o governo e perderão os cargos que ocupam na estrutura administrativa. Já no caso de Margarete, Wilson, Hélio e Firmino, o primeiro aceno é com a manutenção de todos os postos que têm na administração estadual. Por exemplo, Margarete mantém a irmã Sádia Castro na secretaria de Meio Ambiente.

Essa continuidade no governo está atrelada ao compromisso de seguirem juntos em 2022. (Por Fenelon Rocha)

Motociclista morre vítima de acidente na Avenida Dr. João Silva

Por volta das 10h:30min de ontem, sábado (08/08), um grave acidente foi registrado na Avenida Dr. João Silva Filho no Bairro Piauí, no conjunto Betânia em Parnaíba no litoral piauiense.

O jovem identificado apenas como João Batista seguia em uma motocicleta Honda/POP, momento em que tentou desviar de um veículo que fazia uma manobra na avenida e colidiu frontalmente com outra motocicleta que seguia sentido contrário.

João Batista sofreu vários ferimentos graves e foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito pouco depois de dar entrada no hospital. O outro motociclista, que não teve o nome revelado, sofreu escoriações e também foi atendido pelo SAMU.

O veículo que forçou a manobra do motociclista sequer parou para prestar socorro, e seguiu em sentido ignorado. O outro motoqueiro sofreu ferimentos leves.

Fonte: Opinião

Desabafo do internauta de Parnaíba

ESSE É O BRASIL DAS LEIS DA ESQUERDA: Hoje faz 30 dias que tive o meu estabelecimento comercial arrombado e furtado no Porto das Barcas. Identifiquei os meliantes e levei os nomes para a policia que disse saber quem são, inclusive, onde residem, mas que não podem prende-los por falta do flagrante. Até agora não foram detidos nem para um simples depoimento sobre o destino dos itens furtados… levaram absolutamente tudo que conseguiram… um prejuízo enorme. LAMENTÁVEL!

Por Joca Vidal

Facebook

Ilha Grande reabre para o turismo no próximo dia 14 de Agosto

Fechada desde 17 de março, a Ilha Grande reabre para os turistas na próxima sexta-feira (14/08). E vai reabrir de uma maneira diferente. Hotéis, pousadas e restaurantes podem ter até 50% da sua capacidade ocupada. A regra vale também para o município de Angra dos Reis. As informações da Agência Brasil.

Patrimônio Histórico e Natural da Humanidade, decretado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Ilha Grande vive basicamente do turismo.
“Fomos a primeira cidade do estado a fechar o turismo. O impacto foi muito grande, principalmente para a Ilha Grande”, lembrou o presidente da Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra), João Willy Seixas Peixoto.
Ele explica que a reabertura será gradual. Neste primeiro momento, o município receberá apenas turistas com reservas em hospedagens.
“Queremos proteger o morador, o colaborador e o turista”, explicou Peixoto.
e Santa Luzia (Angra) e da Vila do Abraão (Ilha Grande).
Também no primeiro momento, o turismo do tipo “day use” está proibido na região. Durante o período de isolamento social, a prefeitura restringiu o acesso ao município apenas aos moradores ou a pessoas que comprovassem ter algum motivo para entrar. Agora, haverá fiscalização na divisa do município com Angra dos Reis.
“Temos de trabalhar para preservar a Ilha Grande. Tem de ter este controle e cuidado”, disse o presidente da TurisAngra, em entrevista à Agência Brasil.
Ônibus e vans só vão entrar com 50% de ocupação e com a comprovação de que os ocupantes têm reserva de hospedagem. “Não vai poder entrar ônibus lotado”, afirmou Peixoto.
Selo
No período de isolamento social em virtude da pandemia de covid-19, o setor de turístico de Angra dos Reis gastou 50 dias para criar um protocolo para todas as empresas que trabalham diretamente na área. O resultado foi a criação de um selo “Novo turismo Angra & Ilha Grande: limpo, seguro e inesquecível”.
Para conseguir o selo, a empresa deve se inscrever em um site, assistir a uma vídeo-aula e se comprometer com o protocolo. Tudo com o aval da Vigilância Sanitária do município.
Praias
O município também decidirá, nos próximos dias, se todas as praias da Ilha Grande serão liberadas ao turismo.
“A ilha tem uma comunidade caiçara muito grande. Estamos discutindo a reabertura. Vai depender da comunidade”, avaliou Peixoto.
Fonte : 180graus

PHB 176 anos: Parnaíba, sua linda!Eu te amo!!!

Por:Bernardo Silva

Parnaíba é uma cidade que todos gostariam de chama-la MINHA.  Minha cidade,  que é uma misto de aconchego com carinho, com afeto… com  amor.

Parnaíba está sempre de braços abertos para receber a todos. E são muitos que de fora aqui aportaram e se apaixonaram por cada canto desta cidade muito amada, hoje fotografada nos seus mais diferentes locais, porque tudo se encaixa com a paisagem da natureza.

Parnaíba está bela. Bem cuidada, com praças floridas, com paisagens deslumbrantes…

Mas foi preciso amor de filho, para transformar a cidade do jeito que hoje ela está. Foi preciso um filho que ama Parnaíba MESMO, do fundo da alma, não só da boca pra fora. Ela foi transformada em cada canto, na extensão da casa de cada um. E todos querem fotografá-la, amá-la, propaga-la muito afora, porque sentem orgulho da cidade em que vivem…

Parnaíba não é só uma cidade histórica, do passado. Parnaíba dos dias atuais se moderniza, com respeito, é claro, ao seu passado de glórias e grandezas. E nestes últimos 3 anos e meio, tudo foi feito para que fluísse cada vez mais, em cada uma das pessoas que aqui residem e que por aqui passam, este sentimento de amor às raízes da cidade amada. E a autoestima das pessoas transborda, orgulhosas que estão, da valorização que foi dada a cada praça, a cada espaço público, a cada monumento histórico…

É esta a Parnaíba dos dias de hoje. Alegre, acolhedora, bonita, arborizada, com uma brisa marinha que desperta em que a visita aquele desejo de aqui ficar. E a nós Parnaibanos, causa orgulho.

Os tempos de espaços públicos abandonados, passaram. Foi um trabalho profícuo, responsável, que foi feito, para que cada ser humano, cada família que aqui reside, sentisse que é vista de forma igualitária. É que os gestores atuais têm a concepção de que governos existem para cuidar das pessoas, acolhê-las, valorizá-las, todas elas… E é  por isso que aqui se valoriza o trabalho.

Parnaíba, EU TE AMO!!!

Fiscalização em Parnaíba apura aumento no preço de tijolos e outros itens da construção civil na pandemia

Procon Municipal de Parnaíba fiscaliza possíveis preços abusivos de material de construção
A Equipe do Procon Municipal de Parnaíba percorreu durante toda semana lojas de revenda de materiais de construção em uma ação de fiscalização. O órgão investiga se houve aumento abusivo no preço de produtos como tijolo, cimento e outros.
Notificação
Foram notificados cerca de 06 (seis) estabelecimentos, entre eles lojas de materiais de construção, no município de Parnaíba.
As empresas deverão apresentar as notas fiscais de compra e venda dos produtos dos últimos 03 meses.
Os estabelecimentos têm prazo de 10 (dez) dias, a contar do recebimento da notificação, para apresentar os documentos solicitados. Com os dados fornecidos, o Procon vai investigar a composição dos preços e a origem do aumento.
   “Temos recebido várias denúncias de aumento injustificado de preço dos materiais de construção principalmente com relação aos tijolos e cimento. Por isso, estamos fortalecendo as ações de fiscalização nesse segmento para investigar se há prática abusiva e assegurar o respeito aos direitos dos consumidores”, explicou a Secretária Executiva do Procon, Rosângela Mourão.
Ainda de acordo com a Secretária, a atitude infringe o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que estabelece limitação para elevação de preço, e a Lei 12.529/2011, que tipifica a prática como conduta lesiva à ordem econômica.
Se confirmado o aumento abusivo, o empresário pode ser autuado e multado. 
Consumidor: Caso queira formalizar uma denúncia, seguem os canais de atendimento: Através do agendamento no próprio órgão situado à Rua Pires Ferreira, 515 – Centro
Telefone –  (86) 3321-1642; e-mail: [email protected]íba.pi.gov.br , com atendimento das 7:30h às 13:30h, todos estão disponíveis para as denúncias de qualquer prática danosa ao consumidor.

Ciro Nogueira: “O Nordeste não é de esquerda, não é petista”

Depois do anúncio do rompimento de sua parceria política com o governador Wellington Dias, Ciro Nogueira começa a entoar um forte discurso contrário ao Partido dos Trabalhadores (PT), não só no Piauí, mas em todo o nordeste.  

Líder nacional do grupo apelidado de “Centrão”, formado pelo PL, Republicanos, PSD, PTB, Progressistas e Solidariedade, o senador demonstra que pretende comandar uma frente de apoio a Jair Bolsonaro, sobretudo, na região antes predominada pelo PT. 

De olho em 2022, quando deve disputar o governo do Piauí, possivelmente contra um nome apoiado por Wellington Dias, Ciro aponta qual o caminho seguirá e revela que Bolsonaro, além de ser candidato à reeleição, está tendo um vertiginoso crescimento na região nordeste, tomando o lugar que já foi de Lula.

O nordeste não é de esquerda, não é petista. O nordeste foi lulista. Lula transmitiu na época ter uma preocupação de cuidar das pessoas. O presidente agora teve a mesma atitude, nesse momento de dificuldade, passou essa imagem lá e ocupou um espaço de um vazio enorme. Com a falta de perspectiva de futuro do PT, de ter um candidato competitivo, o partido se enfraqueceu muito. As pessoas não veem mais Lula com perspectiva de poder e nem ele com vontade disso mais”, disse ao Estadão.

Ciro confirmou que o Progressistas no Piauí está completamente fechado no apoio a Bolsonaro. (Feitosa Costa)

Procon de Parnaíba e Aserpa convocam a Equatorial para tratar de questões relacionadas às cobranças das faturas de energia

“Formas de Negociação de Débitos em Atraso para os Consumidores em Tempos de Pandemia e os Canais de Atendimentos para Tratar sobre Negociações dos Débitos”, foi o tema da reunião entre o Procon e representantes da Equatorial Energia, nesta quinta-feira, 06, na sede da Secretaria do órgão de proteção ao consumidor.

Os representantes da concessionária foram questionados quanto às formas de negociação e parcelamento de débitos dos consumidores em atraso em tempos de pandemia e quais as ações da empresa para ajudar os consumidores. 

“Como recebemos muitas denúncias, percebemos que tem que ser analisada, de fato, esta situação, visto que alguns consumidores questionam os valores cobrados nas faturas recebidas dos últimos 03(três) meses.”, ponderou a Secretária Executiva do Procon, Rosângela Mourão.

A Executiva de Relacionamento com o Cliente, Yara Lira, se comprometeu em enviar a este órgão de proteção ao consumidor um relatório discriminado com as determinações legais que a empresa está se baseando para realizar as negociações e os cortes em tempos de pandemia.

Diante de toda a complexidade dos atendimentos aos consumidores, mas buscando melhorias e solução para as demandas consumeristas, o PROCON Municipal e ASERPA sugeriram que a fornecedora EQUATORIAL desenvolvesse uma Campanha Educativa com ampla divulgação nas redes sociais, Rádio e TV locais, através de distribuição de panfletos, Palestras nas Instituições de ensino, dando conhecimento ao seu consumidor quais os direitos e deveres de ambas as partes acerca de: Aferição e troca de medidores; orientações dos hábitos de consumo, esclarecimentos sobre o aumento das tarifas, negociações e parcelamentos, assim como, de forma adequada e clara informar sobre a suspensão do fornecimento de energia no prazo mínimo de 15 dias e máximo de 90 dias (resolução nº 414/2010 ANEEL, art.173, I, (d), conforme dispõe o artigos 6º, III, 14, 20, §222, do Código de Defesa do Consumidor.

Consumidor:Em caso de denúncia:Telefone fixo 86 3321-1642, pelo e-mail [email protected] ou ir até a sede, na Rua Pires Ferreira, n° 515, Centro. O Procon integra a Secretaria de Trabalho e Defesa do Consumidor.

PM e PC apreendem 70 aves silvestres em Buriti dos Lopes

Policiais da Delegacia de Polícia Civil e do Grupamento Policial Militar (GPM) de Buriti dos Lopes apreenderam 70  aves silvestres, a grande maioria marrecos,  durante uma operação no  povoado Coroa de São Remígio, na zona rural do município de Buriti dos Lopes.

Os policiais civis e militares foram ao povoado Coroa de São Remígio para apurarem  denúncia de que moradores do povoado estariam mantendo as aves em gaiolas e cativeiros, após capturá-las com armadilhas.

Foram apreendidos patos-putrião, marrecas-viúva, xexéus, primaveras e outras espécies foram encontradas presas em gaiolas pelos policiais, além de espingardas e armadilhas.

As aves foram apreendidas e destinadas à Reserva Ambiental Paulo Gonzaga, onde passarão por exames.

Os responsáveis pela caça e cativeiro das árvores silvestres serão identificados  responderão por crime ambiental. (Efrem Ribeiro)

Piauí está entre piores estados em transparência com gastos com coronavírus

O Piauí está entre os quatro últimos estados do país com os piores índices de divulgação de informações sobre investimento de recursos durante a pandemia da Covid-19. Os dados são da ONG Transparência Internacional Brasil, que faz uma análise da disponibilização de informações sobre gastos nas páginas oficiais dos governos e as classifica em um ranking com uma pontuação que vai de 0 a 100.

O Piauí, ficou ranqueado em 24° apenas com 69,6 pontos, seguido da Paraíba e de Sergipe, ambos com 65,8 pontos e Roraima, que ficou na última colocação, alcançando somente 40,5 pontos.

No Piauí, mortes por covid diminuem, mas casos aumentam

O Piauí registrou 17 mortes e 1.181 novos casos de coronavírus, ontem, segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado. Os dados apontam uma queda no número de mortes causadas pela doença, por outro lado, as confirmações subiram.

O número total de óbitos chegou a 1.469, e os casos confirmados agora somam 59.571. A oscilação chama atenção de especialistas que alertam que o fim de semana pode registrar um novo aumento e até recorde casos confirmados.(Por:Silas Freire)

Opinião:”Como Lula e Dilma, Wellington cria ‘um PAC’ para fortalecer Rafael”

Por:Fenelon Rocha

Disposto a enfrentar a candidatura de Ciro Nogueira (PP) ao governo do Estado em 2022, o governador Wellington Dias (PT) já tem o seu escolhido: é o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles. E Wellington usa aqui uma estratégia bem conhecida dos brasileiros, quando Lula escolheu Dilma Rousseff como sua candidata ainda dois anos antes da disputa de 2010. Rafael é “a Dilma de Wellington”, com direito a um PAC particular, no caso o que foi chamado ontem de “Pro-Piauí 2” – um conjunto de obras a ser coordenado pelo próprio secretário de Fazenda pelos próximos dois anos.

A ruptura com Ciro Nogueira foi o cenário que Wellington utilizou para iniciar a “operação 2022”, com o carimbo de Rafael Fonteles à frente das ações. Assim como Lula colocou Dilma para tocar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), aqui será Rafael a assumir a função de tocador de obra, incomum para um secretário de Fazenda. Também caberá a Rafael – essa sim, uma tarefa mais afeita à pasta da Fazenda – o papel de interlocutor com o setor produtivo. A ideia é marcar nele o carimbo de realizador, assim como Lula fazia com Dilma: ela era a mãe das moradias, das estradas, das linhas de energia etc.

Aqui Rafael vai dividir com o próprio Wellington a paternidade de todas as ações que terão uma ideia comum: a revitalização econômica do Estado. Vai assumir até mesmo a “revolução na educação” prometida pelo governador a partir dos recursos do precatório do Fundef, uma bolada de R$ 1,65 bilhão. A escolha de Wellington mostra que o governador teve que fugir às suas características de deixar para depois, depois… até decidir na última hora quem são seus candidatos majoritários. Foi assim em 2010. Foi também assim em 2018.

Cargos do Progressistas serão redistribuídos para manter deputados na base

Segundo lideranças do PT, nas contas do governador Wellington Dias, pelo menos dois dos sete deputados do Progressistas têm chances reais de continuar na base aliada. 

O deputado Firmino Paulo é um dos cotados. Hoje comandando a pouco prestigiada Adapi, ele tem a promessa de conseguir cargos mais expressivos como a indicação da direção do Detran. 

Outro fator que pesaria é que Firmino não tem uma boa relação como o tio, o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB), grande aliado do progressistas. Com isso, o parlamentar não seria tão próximo ao senador Ciro Nogueira. 

Os aliados afirmam que o governador não medirá esforços  para provocar baixas do lado de Ciro Nogueira. Ele também já conversou com os deputados Wilson Brandão, secretário de mineração, e com Hélio Isaías, secretário de Transportes. As respostas devem ser dadas na próxima semana. (Lídia Brito)

Wilson Martins pronto para embarcar no governo Wellington Dias?

O título é uma pergunta que virou constante nos bastidores karnakianos.

Nada definido ainda, mas até assessores mais próximos do governador estão cientes da possibilidade, nem negam mais.

Alguns inclusive acreditam que seria providencial para Wilson, pois isso poderia ajudá-lo a disputar vaga para deputado federal em 2022.

Wilson Martins está arrumando as malas para voltar ao governo do índio?(Sam Post)

Ao “Estadão”, Ciro Nogueira afirma que vai defender apoio à reeleição de Bolsonaro

Em entrevista concedida ao Estadão, o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas, afirmou que no Piauí o partido está “completamente fechado” com o apoio a Jair Bolsonaro em 2022.

“Vou defender com meu partido esse apoio. Hoje acredito que 90% do partido apoiaria a recondução dele”, diz Ciro.

O congressista garantiu que o apoio ao presidente não está condicionado a cargos e que, no Congresso, o partido já vinha votando com o governo “há muito tempo”.

Avaliou que o governo precisa “caminhar nessa questão da estabilidade” e que Bolsonaro está em “seu melhor momento”.

“Ele precisa fortalecer equipe econômica, sua base no Congresso e precisa ter um comando melhor”, completou.

Neste sentido, defendeu que a liderança do governo no Legislativo “pode ser melhorada” a bem de um maior diálogo com os partidos e os presidentes da Câmara e do Senado.

“Não estou propondo a troca, mas é preciso um líder que dialogue e converse mais, com uma capacidade maior de articulação”, diz.

Quando questionado sobre o rompimento com o governo de Wellington Dias, do Partido dos Trabalhadores, Ciro fez relação com sua aproximação com Bolsonaro e a uma “perspectiva de futuro”.

“Essa mesma aproximação tive com o presidente Michel Temer, só que não tinha uma perspectiva eleitoral, não criou um problema com o PT. Bolsonaro, além de ser candidato à reeleição, está tendo um crescimento vertiginoso no Nordeste”, pontuou.(Apoliana Oliveira)

Leia a entrevista completa no site de O Estado de São Paulo 

Ministro do STF manda soltar secretário acusado de receber propinas

Secretário de Doria diz que prisão é exagerada e defesa pedirá revogaçãoAlexandre Bandy é investigado no âmbito da Operação Dardanários, da PF

Secretário de Transportes Metropolitanos do governo de João Doria, em São Paulo, Alexandre Baldy não chegou a esquentar o lugar na prisão, para onde foi levado sob suspeita de receber propina: o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu mandar soltá-lo nesta sexta-feira (7).

Preso na Operação Dardanários, fase da Lava Jato, Baldy está envolvido nas investigações de desvios na área da saúde envolvendo órgãos federais. Segundo a PF, hoiuve “conluio entre empresários e agentes públicos, que tinham por finalidade contratações dirigidas”.

Gilmar Mendes foi designado por sorteio como relator, por isso coube a ele decidir sobre o caso que tramita em segredo de Justiça.

Alexandre Baldy se licenciou do cargo por 30 dias, e Doria destacou mais uma vez que as irregularidades apontadas não dizem respeito ao seu período de secretário do governo paulista.

Governo não deixará mais sem respostas acusações e falácias sobre a Amazônia

A floresta permanece intacta em 94% do Estado do Amazonas e 84% de toda amazônia legal.Brasil deve abandonar a atitude passiva e reagir, no mesmo tom, aos ataques e ou ameaças de boicote

O governo deve abandonar a atitude passiva e reagir, no mesmo tom, aos ataques e ou ameaças de boicote produtos brasileiros sob argumentos distorcidos ou até falaciosos sobre a Amazônia. “Chegou no limite”, afirmou ontem a ministra Tereza Cristina (Agricultura) ao ser indagada sobre o fato de persistirem as acusações contra o Brasil. Para ela, “é hora de mostrar que pau que bate em Chico dá em Francisco”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A nova atitude já pôde ser percebida na voz do ministro Paulo Guedes (Economia), em videoconferência promovida por um instituto de Chicago.

Ao ser indagado sobre preservação da Amazônia, Guedes disse que compreendia a preocupação: “afinal, vocês destruíram suas florestas”.

Durante entrevista à Rádio Bandeirantes, nesta sexta (7), Tereza Cristina disse que o exterior ignora notícias sobre redução das queimadas.

Ela disse que por enquanto as ameaças e anúncios de boicote anda são irrelevantes, mas podem se agravar. Por isso o Brasil precisa reagir.