W. Dias antecipa crise interna do PT: Regina renuncia candidatura

Se Regina já teve vontade de ser candidata ao governo, isso é coisa que passou (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica)

Por:Marcos Melo

Declarações recentes da vice-governadora do Piauí, Regina Sousa (PT), reconhecendo não ser candidata a reeleição caso assuma o Governo do Estado em 2022 não foram despropositadas. Fizeram parte de um roteiro assinado pelo governador Wellington Dias (PT) para dar a ao secretário de Fazenda Rafael Fonteles a estabilidade partidária necessária para se manter em campanha até o ano que vem.

Rafael não é um “petista raiz”. A experiência de Wellington Dias o faz saber que a base militante do PT não aceitaria que um candidato “nutella” tirado do bolso tomasse o lugar de direito de Regina na sucessão se fosse vontade dela disputar. E antes que a elegibilidade do ex-presidente Lula (PT) acenda qualquer fagulha de vontade na vice-governadora, Wellington impôs que ela abra logo mão da disputa. A petista passou a admitir publicamente que não tem o perfil para a campanha.

Manda quem pode, obedece quem em juízo: Wellington fez Regina entender que o mandato tampão já está de bom tamanho (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica)Manda quem pode, obedece quem em juízo: Wellington fez Regina entender que o mandato tampão já está de bom tamanho (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica)

Essa postura antecipada de Regina é um desserviço para a história de mulheres que se doaram em lutas políticas para serem ouvidas e reconhecidas. Ela chegou ao Senado e ao Governo na sombra de Wellington, como suplente e vice. Seria a primeira vez de uma mulher disputando com chances reais o cargo de governadora, sendo votada nominalmente.

Por outro lado, a desistência precoce facilita a pré-campanha de Rafael, que tendo a chave do cofre e sendo o candidato escolhido, já despacha hoje como se fosse governador.

Olha aí o candidato de Wellington! O histórico de militância de Rafael no PT é ser filho do ex-deputado Nazareno Fonteles, bem diferente de Regina Sousa (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica)Olha aí o candidato de Wellington! O histórico de militância de Rafael no PT é ser filho do ex-deputado Nazareno Fonteles, bem diferente de Regina Sousa (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica)

Por mais irônico que possa ser, é isso: o candidato dos trabalhadores será um empresário que construiu sua vantagem política em cima da estrutura financeira do Governo do Estado.

Wellington e Regina vão pegar na mão de Rafael e dizer nos quatro cantos do estado que ele é a esperança da nova geração de quebradeiras de coco do Piauí.

Jovem de 19 anos é assassinado a tiros na cidade de Parnaíba

Na noite dessa sexta-feira (16), um jovem foi assassinado com pelo menos oito tiros na cidade de Parnaíba.

Jovem de 19 anos é assassinado a tiros

Jovem de 19 anos é assassinado a tiros

De acordo com a Polícia Militar, o jovem identificado como Luan de 19 anos, foi morto por engano, e que o acusado de cometer o crime queria matar a sua ex-companheira, que é irmã da vítima.

Segundo informações da polícia, o homem chegou na residência da vítima com a intenção de matar a sua ex-companheira, porém quem abriu o portão para ele foi o irmão dela. O acusado já chegou atirando sem ver quem era a pessoa.

A PM informou que após o crime, o suspeito fugiu do local e ainda não foi localizado pela polícia.

Pandemia definirá a sorte de Bolsonaro e não a CPI, garante cientista político

Bolsonaro abre crédito de R$ 5,3 bilhões para o Ministério da Saúde combater pandemia“Se demorar ou se fracassar, o Senado apertará o torniquete”, avalia Paulo Kramer

A reação ameaçadora do presidente Jair Bolsonaro à CPI da Pandemia revela sua preocupação de que as investigações resultem em pedidos de impeachment.

Mas ele deveria saber, até por experiência de quase trinta anos no parlamento, que não será a CPI e sim a pandemia que selará seu futuro.

“Se demorar ou se fracassar”, avalia o cientista político Paulo Kramer, “o Senado apertará o torniquete”.

A menos que conduza o País à sensação de que o pior já passou, com retomada da economia. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Apesar da “pancadaria”, Bolsonaro não corre o risco de impeachment enquanto for o único político aclamado quando sai às ruas.

Para se transformar em “CPI do fim do mundo”, a comissão do Senado terá combinar com as ruas. Sem povo na rua não haverá impeachment.

Analistas políticos indicam que à oposição interessa deixar o presidente “sangrando” para inviabilizar sua reeleição na campanha de 2022.

Cientista político Paulo Kramer

Na roubalheira do mensalão, a oposição tentou fazer o mesmo, em lugar de cassação, mas Lula não apenas parou de “sangrar” como foi reeleito.

Concursados da Saúde retornam à Prefeitura e novamente não são recebidos: “comissionados estão ocupando nossas vagas”

Representantes dos 56 aprovados em concurso público da Prefeitura de Parnaíba (secretaria de saúde) retornaram nesta sexta-feira à prefeitura desejosos de falarem com quem de direito a fim de terem um posicionamento quanto à convocação de todos. E mais uma vez tiveram a decepção de não serem recebidos pela secretária Gracinha, que seria a pessoa a informar a respeito do assunto.

“Dessa vez conversamos com a Gracinha por telefone. Tentamos marcar uma reunião com ela, pessoalmente, mas ela não se dispôs , no entanto, quando já estávamos de saída, ela apareceu na prefeitura e foi em direção a secretaria de fazenda. Então  fomos atrás dela, que mesmo nos vendo ali não quis nos atender”, informou um dos manifestantes.

Segundo ele, que pediu para mantermos seu nome em sigilo, “a nossa luta continua. Somos 56 pais de família aprovados em concurso público que, se continuarem nos tratando dessa forma, vamos ser a pedra no sapato da senhora Gracinha, com as suas pretensões políticas. E isso porque já ficou claro, por A mais B, que ela é a responsável direta por contratações de comissionados e pela nossa não convocação”- pontuou.

Um outro manifestante também se posicionou sobre o contato que mantiveram com a secretária Gracinha. “Infelizmente, estamos sendo injustiçados pela atual gestão. Sendo preteridos, por causa das diversas portarias que o Senhor Mão Santa vem distribuindo, colocando pessoas para assumirem as vagas que conquistamos com esforço. Hoje estivemos na prefeitura manifestando a nossa indignação. Momentos depois a secretária de infraestrutura, Gracinha Moraes, nos atendeu por telefone e tentamos marcar uma reunião com ela, pessoalmente, entretanto, ela não quis nos atender. E de uma certa forma nos evitou”, destacou.

Comércio no centro praticamente parado em Parnaíba

O governador Wellington Dias (PT) se reúne, neste sábado (17), com o COE (Comitê de Operações Especiais), e quando receber o relatório do comitê deverá manter as medidas restritivas como o toque de recolher das 21h às 5 e o lockdown no final de semana, a partir da segunda-feira (19), com pequenas mudanças, informou o coordenador de Comunicação Social do Governo do Estado, Alisson Bacelar.

Wellington Dias avalia flexibilizar o decreto estadual (Foto: CCOM)

Wellington Dias avalia flexibilizar o decreto estadual (Foto: CCOM)

O Governo do Estado estuda excluir a sexta-feira do lockdown do final de semana, quando só funcionam os serviços essenciais. O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa (MDB), tentou excluir sexta-feira (16) do lockdown, mas o Governo do Estado , através de uma ação e decisão da Justiça impediu a abertura do comércio.

EM PARNAÍBA, NO CENTRO DA CIDADE, O MOVIMENTO COMERCIAL PRATICAMENTE PAROU NESTA SEXTA-FEIRA(16)

No Calçadão da Rua Marechal Deodoro, a movimentação era quase nenhuma. Os quiosques começaram a ser fechados a partir das 14 horas.

Em outras áreas de comércio intenso, por volta de 16:00 horas o movimento era quase zero.

Na periferia ainda se verificou movimento maior, com lojas abrindo meia porta. Espera-se que tal procedimento possa redundar em redução no número de casos de Covid-19 em Parnaíba.

Piauí recebeu nesta sexta-feira(16), 87 mil doses de vacina Covid

A Secretaria de Estado da Saúde(Sesapi) recebeu hoje(16), ao meio-dia, mais 87 mil doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 34 mil doses da Coronavac e 53 mil Astrazeneca. As doses serão usadas para imunizar o público de 60 a 64 anos; de 65 a 69 anos; trabalhadores de saúde e Forças de Segurança.As 53 mil doses da Astrazeneca serão utilizadas para a primeira dose de 46% das pessoas de 65 a 69 anos; primeira dose de 0,5% dos idosos de 60 a 64 anos. Com as 34 mil doses da Coronavac, o Piauí vai aplicar a segunda dose em 2% dos trabalhadores da saúde; segunda dose de 23% do público de 65 a 69 anos; primeira dose de 3% dos trabalhadores da saúde; primeira dose de 6% dos trabalhadores das Forças Armadas e Segurança e primeira dose de 1,9% das pessoas de 60 a 64 anos. Segundo o Secretário de Saúde, Florentino Neto, a chegada desse novo lote de vacinas traz mais esperança pra população. “Mas não devemos relaxar nos cuidados porque seguir os protocolos salva vidas”, diz o gestor. O governador Wellington Dias chama a atenção das pessoas que estão na vez de serem imunizadas. “Tomem a vacina porque  é a nossa melhor chance de sair dessa pandemia”, afirma o governador.ASCOM/SESAPI

PRO Piauí Alfabetização é aprovado na Assembleia: auxílio de R$ 400 para jovens

A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou o PRO Piauí Alfabetização, um programa do nosso Governo do estado que concederá um auxílio de R$ 400 reais para incentivar a educação de 200 mil jovens e adultos.

“Aliado a isso, a rede estadual nos 224 municípios vai oferecer programas de profissionalização e qualificação para que estes estudantes tenham mais oportunidades”, comentou o governador Wellington Dias.

O edital de credenciamento do programa será divulgado em breve pela Secretaria de Educação do Piauí.

 

Sesapi intensifica ações do programa Busca Ativa em 50 municípios

Como forma de frear o avanço da pandemia da Covid-19 no Piauí, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), irá intensificar as ações do programa Busca Ativa em 50 municípios piauienses que apresentam uma maior taxa de transmissibilidade da doença. 
O mapeamento dessas cidades foi realizado através de um estudo da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em todos os territórios do Estado onde foi diagnosticado os índices de transmissibilidade. 
“Este estudo foi apresentado ao governador Wellington Dias durante a reunião do COE ampliado. Preocupado com essa alta taxa de contágio, o governador solicitou a intensificação do programa Busca Ativa nestas cidades”, lembra o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto. 
As ações, que serão tomadas após a apresentação do estudo,que traçou o perfil da pandemia no Piauí, foram discutidas durante reunião nesta quarta-feira (15), entre a Sesapi, UFPI e Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS). 
“Sabemos que de acordo com cada região há um perfil diferenciado da doença. Por isso, naquelas cidades onde há uma maior transmissão do vírus, o programa Busca Ativa vai trabalhar com mais intensidade, para que possamos ter ações mais direcionadas de forma diferenciada para cada setor. Esta é um trabalho importantíssimo para que possamos ter uma redução da transmissibilidade do vírus e um controle da pandemia”, destaca o superintendente de Organização do Sistema de Saúde, Jefferson Campelo. 
Um dos municípios onde o programa vai trabalhar com mais intensidade é a capital Teresina, a cidade com maior número de casos e óbitos pela Covid-19 no Estado. “Teresina é o Centro do nosso estado onde está a maior concentração da população e dos serviços de saúde, consequentemente, por isso vamos trabalhar de forma integrada com a FMS para que possamos contornar e desafogar a rede hospitalar o quanto antes, uma vez que, com o controle da doença a ocupação de leitos e a fila de espera tendenciam a cair”, ressalta o superintendente. 
As cidades que irão receber um trabalho mais intenso do programa Busca Ativa são: Território Chapada das Mangabeiras (Eliseu Martins); Território dos Cocais (Piripiri, Lagoa do São Francisco, Piracuruca, Esperantina, Pedro II e Domingos Mourão); Território Entre Rios (Altos, São Miguel da Baixa Grande, Boqueirão do Piauí, José de Freitas, São Pedro do Piauí, São Félix do Piauí, Teresina, Miguel Alves, Lagoinha do Piauí, Nossa Senhora de Nazaré, Santo Antônio dos Milagres, São Gonçalo do Piauí, Beneditinos, Aroazes, Monsenhor Gil, Lagoa do Piauí, Agricolândia e Demerval Lobão); Território Planície Litorânea (Ilha Grande, Luís Correia e Parnaíba); Território Serra da Capivara (Lagoa do Barro do Piauí e Jurema); Território Vale do Canindé (Conceição do Canindé, Simplício Mendes, Oeiras e Santo Inácio do Piauí); Território Vale do Rio Guaribas e Vale do Rio Itaim (Marcolândia, Vera Mendes, Alegrete do Piauí, Simões e Belém do Piauí); Território dos rios Piauí e Itaueiras e Tabuleiros do Alto Parnaíba (Landri Sales, Manoel Emídio, Bertolínia, Guadalupe, Pavussu, Uruçuí, Antônio Almeida, Rio Grande do Piauí e Canavieira).
As equipes do programa Busca Ativa vão atuar auxiliando os municípios com testagem, isolamento e orientação da população sobre a prevenção ao coronavírus.
“A nossa ação é promoção, prevenção e rastreamento de casos de forma rápida para podermos diagnosticar precocemente e que não haja necessidade das pessoas procurarem unidade de saúde com casos graves da doença”, afirma a coordenadora do programa Busca Ativa, Dília Falcão.
O programa Busca Ativa atua em 220 municípios do Piauí com um total de 230 equipes multiprofissionais. “Atuamos também distribuição de testes para o diagnóstico da doença, EPI’, junto com as Barreiras Sanitárias e paralelo a esses 50 municípios , continuaremos também com o trabalho nas demais cidades, onde já há atuação das equipes”, ressalta a coordenadora.

Temer já escala equipe para articular candidatura à presidência

O ex-presidente Michel Temer está disposto mesmo a entrar na disputa presidencial do ano que vem como opção de terceira via. 

Ex-presidente Michel Temer

Seu grupo político vislumbra um forte desgaste da polarização que marcou a escolha do eleitor nas últimas décadas, em especial entre PT e PSDB. 

Quem voltou ao front é o fiel escudeiro e ex-ministro palaciano Carlos Marun. Ele deixou o conselho da usina de Itaipu para articular a candidatura de Temer.

Marun vai coordenar o projeto “Governo de Centro” do ex-presidente. Temer não se mexe, não aparece, e aguarda o chamamento de partidos aliados. Do Centrão, inclusive.

Atualmente, com a imagem arranhada do presidente Jair Bolsonaro (ainda sem partido) de um lado, e do ex-presidente Lula da Silva ainda rejeitado, de outro, Temer quer aparecer como o candidato de centro e opção para quem não quer votar em nenhum dos dois caciques políticos. Ele foi absolvido em primeira instância em dois processos e tem caminho livre.

Ciro critica adesão de Wilson Martins e PSB à base governista

Ciro Nogueira e Wilson Martins 

Ciro Nogueira e Wilson Martins 

Por Sávia Barreto e Ari Carvalho

O senador Ciro Nogueira se manifestou nas redes sociais e criticou a adesão do ex-governador Wilson Martins e do PSB à base governista de Wellington Dias.

“Enquanto crescem os números de infectados e mortes pela Covid-19 e a vacinação não avança por inépcia do governo estadual, o governador, em vez de buscar soluções para isso, gasta seu tempo e energia atrás de espaços para acomodar políticos na estrutura do governo”, disse Ciro.

Ciro critica adesão de Wilson Martins e PSB à base governista Ciro critica adesão de Wilson Martins e PSB à base governista 

“Wellington Dias segue como alguém que pensa mais em eleição e menos, muito menos, na população. Agora mesmo, o governador usou seu tempo para reunir-se com políticos do PSB, com e sem mandato, para lotear ainda mais o governo. Vai fazer a entrega da Secretaria de Defesa Civil ao ex-governador Wilson Martins. Assim, Wellington Dias faz do governo moeda de troca política, quando deveria fazer uma ação pela vida e em favor da saúde dos piauienses”, pontuou Nogueira.

Vale lembrar que o PSB estava na oposição e chegou a ensaiar uma aproximação com o Progressistas de Ciro.(MN)

Homem invade UBS armado e obriga enfermeiras a aplicarem dose da vacina contra a Covid-19 no Piauí

Um caso curioso e inusitado foi registrado em uma das Unidades Básicas de Saúde (UBS) na zona rural da cidade de União. Um homem armado com uma chave de fenda invadiu a unidade e ameaçou enfermeiras para que elas aplicassem uma dose da vacina contra a Covid-19 nele. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde da cidade, informando ainda que o suspeito é de outro município.

Vacina Oxford/AstraZeneca Foto: Geraldo Bubniak/AE

“O homem invadiu a UBS armado com uma chave de fenda ameaçou e obrigou as enfermeiras a aplicarem a vacina. Graças a Deus ele não agrediu fisicamente as profissionais de saúde”, disse a secretária municipal de saúde, Elaine Melo.

Após ter recebido a dose do imunizante, o suspeito saiu da Unidade Básica de Saúde de forma tranquila e sem preocupação de ser capturado. Após o ocorrido as enfermeiras, com medo de represálias, não quiseram registrar a ocorrência na delegacia da cidade.

Depois do ocorrido a secretaria municipal de saúde disse já ter adotada as providências cabíveis. “Já tomamos as providências e estamos planejando um melhor monitoramento das vacinas”, relatou a secretária. (Ellyo Teixeira)

Homem surta, põe fogo na própria casa e ataca policial com foice no Piauí

Um homem ateou fogo na própria casa, na tarde de quinta-feira (15/04), localizada no bairro São João, na cidade de Piripiri. Durante a ação, o suspeito feriu um policial com uma foice, o militar tentou acamá-lo e acabou sendo ferido. O homem foi identificado como Manoel. As informações são do Piripiri Repórter. 

O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o incêndio, durante a ação, a equipe foi ameaçada pelo homem. Policiais Militares tiveram que ser acionados para intervir, só então os bombeiros conseguiram conter as chamas. Um soldado foi ferido na mão. Manuel estava com uma foice e uma faca.

Após algumas ações da Força Tática, o homem foi rendido e imobilizado, ele foi levado ao Pronto-Socorro Regional Chagas Rodrigues, por conta de algumas lesões

Lobby contra a expansão da energia solar sofre derrota no TCU

Aneel homologa parcialmente resultado do leilão A-6Ministro Aroldo Cedraz suspende efeitos de decisão anterior do TCU e Aneel fica impedida de anular estímulos à geração solar

O ministro Aroldo Cedraz suspendeu os efeitos da decisão do próprio Tribunal de Contas da União (TCU), que atingia o sistema de geração distribuída e inviabilizava as micro e minigeradoras de energia solar em residências e empresas, que hoje garante economia de até 90% na conta mensal de energia. Assim, a Aneel fica impedida de anular políticas de estímulo à geração de energia solar renovável, asseguradas desde 2014. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Seria um retrocesso ao desenvolvimento do País e de suas políticas públicas ceder à pressão das distribuidoras em prejuízo da sociedade.

As poderosas distribuidoras pressionam para cobrança abusiva até pelos postes e fios, daqueles que, de boa fé, investiram em energia solar.

O recurso foi apresentado ao TCU pela Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD) e duas ONGs ligadas ao setor.

Piauí com 34 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas: Parnaíba 6 óbitos

Foram registrados, no Piauí, 1.539 casos confirmados e 34 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta quinta-feira (15).
Dos 1.539 casos confirmados da doença, 864 são mulheres e 675 são homens, com idades que variam de um a 90 anos.
Dezessete mulheres e dezessete homens não resistiram às complicações da Covid-19. Eles eram de Amarante (71 anos), Batalha (77 anos), Campo Maior (63 anos), Cocal (70 anos), Colônia do Gurguéia (64 anos), Curimatá (64 anos), Lagoa do Barro do Piauí (86 anos), Luís Correia (80 anos), Parnaíba (26, 76 e 86 anos), Pio IX (73 anos), Piripiri (49 e 94 anos) e Teresina (30, 49 e 78 anos). 
As do sexo feminino eram das cidades de Altos (66 anos), Canto do Buriti (80 anos), Demerval Lobão (82 anos), Luís Correia (78 anos), Marcolândia (51 anos), Parnaíba (59, 71 e 77 anos), Passagem Franca do Piauí (58 anos), Piracuruca (54 anos), Teresina (duas de 70 anos, 72, 79, 85 e 92 anos) e Várzea Branca (25 anos). Quatorze vítimas não possuíam comorbidades. 
Os casos confirmados no estado somam 224.790 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 4.693 e foram registrados em 219 municípios.
Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  1.327 ocupados, sendo 860 leitos clínicos, 424 UTIs e 43 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 13.321 até o dia 15 de abril de 2021.
A Sesapi estima que 218.770 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.
Campanha de vacinação 
Até o momento, o vacinômetro, ferramenta para acompanhar a evolução da campanha de vacinação contra a Covid-19 no Piauí, aponta que 343.784 pessoas já receberam a primeira dose de vacina no estado e 92.155 a segunda dose.
Os dados são atualizados a cada 15 minutos a partir da inserção de registros no sistema de informação da campanha pelos estabelecimentos de saúde.  O Painel de Monitoramento da Vacinação contra a Covid-19 pode ser acessado através do site www.saude.pi.gov.br.

Vereadores aprovam e Prefeitura de Parnaíba vai adquirir imóvel para abrigar secretarias municipais

Embora totalmente desnecessário no momento atual de pandemia e de necessidades outras mais prementes, a Prefeitura de Parnaíba vai, de fato, gastar cerca de R$ 700 mil reais para adquirir, na Praça Santo Antônio,  o imóvel que foi residência  do falecido empresário Vicente Correia. De acordo com o projeto, o valor é reajustável.

O prédio a ser adquirido pela prefeitura de Parnaíba

A Câmara Municipal de Parnaíba aprovou, em sessão na noite desta quarta-feira(14), o projeto de lei do Poder Executivo, autorizando a compra, inclusive dando condições à prefeitura para contrair uma linha de crédito específica para a aquisição do imóvel, ou seja, “a prefeitura não tem dinheiro e ainda vai se endividar, num momento como este”, observa a vereadora Fátima Carmino, da oposição, que votou contra, juntamente com os vereadores Zé Filho Caxingó e o enfermeiro Taylon Andrade. Os outros dois vereadores de oposição são Ronaldo Prado, que votou a favor, e Ricardo Véras, que faltou à sessão.

Vereador Ronaldo Prado, da oposição, votou a favor  do projeto do prefeito

Salientando que o projeto apresenta várias falhas, a vereadora Fátima Carmino enfatizou, em vídeo divulgado em suas redes sociais, que “a aquisição desse imóvel é totalmente desnecessária. Não é momento pra isso, quando falta remédio nos postos de saúde, não tem vigia nos postos, há problemas da falta de vacinas na cidade, muita coisa pra ser investida na saúde da cidade e a gente aqui aprovando um projeto de 700 mil…pode ser aprovado, mas não com meu voto”, pontuou a vereadora.

Vereadora Fátima Carmino divulgou vídeo justificando voto contra

IMÓVEIS DA PREFEITURA

Na gestão do ex-prefeito Paulo Eudes a prefeitura de Parnaíba fez a aquisição de vários prédios antigos no centro histórico do município, com o objetivo instalar órgãos da administração municipal. Após a saída do ex-prefeito, os outros que o sucederam não cuidaram do patrimônio municipal e hoje os velhos prédios, em desuso, estão em situação deplorável, alguns servindo de abrigo local de prostituição e consumo de drogas. 

 Prédio onde funcionou a fábrica “Moraes S/A” – no bairro do Carmo

Prédios históricos como este, que pertencem à prefeitura, estão se acabando, deteriorados pela ação do tempo, por falta de reforma e manutenção. Falta de compromisso com o dinheiro público, gasto na aquisição dos referidos imóveis. Em resumo: se a prefeitura dispõe de imóveis para colocar órgãos municipais, por que o gasto com a aquisição de outro prédio antigo, num momento difícil como o atual???

Estagiários de Medicina em Parnaíba denunciam não terem sido vacinados contra Covid-19

Estudantes do curso de Medicina que cumprem internato em instituições de saúde em Parnaíba, denunciaram ao OitoMeia nesta quinta-feira (15/04), que ainda não foram vacinados contra Covid-19. Em Teresina, internos relatam viver a mesma realidade e reclamam sequer receber das autoridades previsão para início da imunização.

Em outros estados, a vacina para estudantes de Medicina e Enfermagem já vem sendo aplicada (Foto: Reprodução)

Em entrevista à reportagem, um estudante que reside em Parnaíba, informou que estagiários de outras áreas da saúde também não foram imunizados. Segundo a fonte, os alunos têm contato direto com pacientes, médicos e enfermeiros e atuam, inclusive, no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), referência em atendimento a pessoas infectadas pela Covid-19 no litoral.

“Todos os estagiários da área da saúde que estão passando por estágio obrigatório em instituições de saúde da cidade e que estão em contato direto com pacientes todos os dias não receberam a vacina, sequer a primeira dose, e não temos previsão. Desde começo do ano estamos cobrando todos os órgão da esfera municipal e estadual”, disse. 

A causa passou a ganhar grande repercussão após a morte do a morte do estudante Márcio Pereira de Sousa, devido complicações causadas pela Covid-19. Ele fazia graduação na Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e cumpria internato em hospital de Teresina.

VACINAS NÃO CHEGARAM, DIZEM AUTORIDADES

A categoria já está inclusa no Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde. Em março, a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), aprovou projeto de lei de autoria do deputado Marden Menezes (PSDB), que dá prioridade na vacinação aos estudantes da área de saúde em regime de internato. O PL aguarda sanção do governador Wellington Dias (PT).

As duas cidades que abrigam polos com grandes universidades, também, ainda não deram atenção a demanda da categoria. Procuradas pela categoria a resposta é sempre a mesma: as vacinas para os estagiários ainda não chegaram.

“Eles dizem que não chegou vacina para nosso grupo, mesmo estando em instituições de saúde não somos considerados como prioridade. Desde começo do ano estamos no PNI como categoria de trabalhadores da saúde. Então, automaticamente, somos prioridade na vacinação, mas não sei qual o entendimento de nossos governantes”, reclamou. 

Vacinas devem chegar na madrugada desta sexta-feira (Foto: Reprodução)

POSICIONAMENTOS

CRM-PI

Em nota, Conselho Regional de Medicina (CRM-PI), afirmou que solicitou a urgente compreensão dos gestores de saúde no sentido de disponibilizar a vacinação aos alunos internos, os quais atuam no apoio aos médicos que estão no combate à pandemia. “A vacinação dos internos é medida extremamente necessária ante o grau de exposição a que estão submetidos”, escreveu.

SESAPI

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi), afirmou que só é responsável pela distribuição da vacinas, e que o cronograma de vacinação, bem como a vacinação da população é um encargo das prefeituras de cada cidade.

PREFEITURA DE PARNAÍBA

A prefeitura de Parnaíba foi procurada OitoMeia e informou que ainda irá se pronunciar pelo caso. ( Paula Sampaio/ OitoMeia)

Assembleia analisa indicativo Projeto de Lei de Dr. Hélio criando pensão a órfãos da Covid no Piauí

Na quinta-feira (15), o deputado estadual Dr. Hélio (PL) apresentou indicativo de Projeto de Lei, na Assembleia Legislativa, que propõe a concessão de pensão por morte à criança ou ao adolescente cujo genitor, desde que não filiado a regime de Previdência Social, falecer em decorrência do coronavírus (Covid-19).

Segundo o texto da matéria defendida pelo parlamentar, a pensão será custeada pelo Governo do Estado, no valor de um salário mínimo vigente, não sendo devida a pensão se o genitor falecido for filiado à previdência social, em regime geral ou próprio, pois sua situação garante benefício semelhante aos dependentes.

Dr Hélio propõe pensão a crianças e adolescentes que perderam os pais para a Covid-19 (Foto: Alepi)

Dr Hélio propõe pensão a crianças e adolescentes que perderam os pais para a Covid-19 (Foto: Alepi)

“O objetivo do projeto é proporcionar amparo financeiro à criança ou ao adolescente órfão em virtude da pandemia do coronavírus. Muitos vêm perdendo os pais ou familiares responsáveis, ficando sem renda e totalmente vulneráveis às dificuldades da vida”, frisou Dr. Hélio.

A pensão a ser concedida é devida até a criança ou o adolescente completar dezoito anos de idade. O indicativo de projeto de lei segue para apreciação dos parlamentares e das respectivas comissões técnicas da Assembleia Legislativa antes de ser encaminhado ao governador do Estado. (Por:Francy Teixeira)

Plamta e Iaspi negam falta de atendimento na rede privada para Covid

Uma funcionária pública, que não quis se identificar, disse que tentou fazer um exame para detectar a Covid-19, pelo plano de assistência a saúde dos funcionários estaduais do Piauí (Iaspi Saúde) mas não foi aceito pelo laboratório. Ela reclamou também que os hospitais particulares não estariam aceitando o Plamta para casos de internação. O órgão nega a falta de atendimento. 

“Eu falei com o hospital e eles alegam atraso no repasse em três meses, mesmo dos leitos contratados pelo governo. E todo mês é descontado do nosso contracheque Plamta e Iaspi, isso não justifica. Estamos sendo obrigados a frequentar as repartições públicas, mesmo sendo percentual de 30% e em escala de revezamento, mas estamos sujeitos a sermos contaminados e temos direito de fazer o exame pelo plano? Isso é um absurdo!”, reclamou a funcionária ao Cidadeverde.com. 

No entanto, o Iaspi nega as informações. Segundo a assessoria do plano de saúde, três laboratórios estão fazendo os tetes para covid pelo Iaspi: Bioanálise, Shecap e Clinimagem. 

Em nota, informou ainda que não é preciso ir até a sede do planto para sua autorização. “O exame deve ser solicitado pelo médico assistente no sistema do IASPI, e sua validação ocorre pela auditoria de forma eletrônica”, reforça. 

Sobre as internações pelo Plamta, a informação é que no hospital Prontomed Adulto, que está exclusivo para atendimento da doença, tem dez novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) contratados pelo governo e mais dez apartamentos, ampliando o atendimento pelo plano. (Caroline Oliveira)

Wellington, Robert e Wilson formalizam aliança PSB e PT no Piauí

Por Sávia Barreto

Reuniram-se agora pela manhã o ex-governador Wilson Martins, o vice-prefeito Robert Rios, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara e o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. Foi formalizada no encontro a aliança do PSB com o governo do PT no Piauí, trazendo oficialmente Wilson Martina da posição para a base governista. Wilson vai indicar o ex-presidente da Agespisa, Augusto Nunes, para a Defesa Civil.

Wilson Martins, Wellington Dias e Robert Rios - Foto: Ascom

Wilson Martins, Wellington Dias e Robert Rios – Foto: Ascom

O contexto de 2022 não pode ser ignorado, já que a articulação nacional pela frente ampla começou pelo Piauí. A reaproximação entre PT e PSB foi arregimentada no estado, o que é mais um passo para que os dois partidos estejam juntos na chapa majoritária de 2022 na disputa pelo Palácio do Planalto.

“O objetivo é andar integrado. Unir forças e experiências para o desenvolvimento do nosso estado. O PSB tem líderes destacados e ficamos muito felizes com essa retomada da aliança”, afirmou Wellington Dias.

Wilson lembra que já teve “uma bonita caminhada com Wellington”. “Construímos muitas coisas pro estado. Estamos com toda a disposição pra ajudar na gestão com nossa experiência. Vamos ajudar a construir um Piauí melhor. Não tenho dificuldade em reconstruir esse caminho porque Wellington sempre foi pacato e respeitador”, frisou. 

Já o vice-prefeito Robert Rios recorda que já foi secretário do Wellington duas vezes: “Tenho certeza que nossa contribuição será muito forte”.

Paulo Câmara destacou que é uma “alegria presenciar essa reaproximação do PSB no Piauí com o governador Wellington, que é um grande líder regional e nacional e tem feito um trabalho muito importante a frente da luta pela vacina no país”.

Carlos Siqueira, presidente PSB, enfatiza que esse é um momento importante nacionalmente. “Já tivemos juntos em várias ocasiões e esse retorno nos deixa muito felizes. É uma aliança em benefício dos nossos estados e nosso país”.(MN)

Concessionária da PPP do Terminal de Barra Grande aposta na força de trabalho local

Estão em andamento as entrevistas virtuais com os candidatos que enviaram currículo. O objetivo da ação é valorizar o trabalhador da própria região e fortalecer a economia local.

Buscando integrar a população na prestação dos serviços, a concessionária responsável pelo Complexo Turístico de Barra Grande está realizando a contratação de moradores da região para trabalhar em diversas áreas de operação do terminal. A seleção foi amplamente divulgada para a comunidade por meio de redes sociais em grupos locais, e também da rede hoteleira e de restaurantes de Barra Grande, Cajueiro da Praia e proximidades.

Os interessados puderam enviar currículo e dados pessoais por e-mail até o dia 19 de março, e no momento o setor de Recursos Humanos está conduzindo entrevistas com os candidatos via plataforma virtual para seleção. As vagas ofertadas foram para as funções de administrador, auxiliar administrativo, agente de portaria, segurança, serviços gerais e vigilante. Foram divulgados os requisitos e designações de cada cargo por meio de informativo.

Além de integrar a população local no mercado de trabalho, oferecer essas vagas também é importante para o permissionário, que se fortalece bastante ganhando a confiança de quem está ao seu redor, seja como vizinho, seja como consumidor. “Um bom relacionamento com a população é um ponto intrínseco na boa prestação de serviços, especialmente em cidades menores. Um dos pilares do Programa de Parcerias Público Privadas (PPP) é o fortalecimento social e econômico das áreas onde as concessionárias atuam”, ressalta a superintendente de Parcerias e Concessões do Piauí, Viviane Moura.

Quanto mais a população ganha poder aquisitivo, mais ela faz a economia local girar, contribuindo inclusive para a arrecadação do município em impostos. “Isso se traduz em algo positivo para a própria população, que vê esses valores sendo aplicados em melhorias de infraestrutura, segurança e condições de vida. E especialmente no setor turístico, onde uma cidade mais bonita e com boa infraestrutura tende a receber mais visitantes, que consomem serviços e produtos locais”, comenta Viviane Moura.

O Complexo Turístico de Barra Grande foi planejado a partir de uma demanda da comunidade, para melhorar a chegada e partida de passageiros com destino a Barra Grande e diminuir o fluxo de veículos de grande porte no centro da cidade. A estrutura conta com um terminal para estacionamento, manobra e transbordo de passageiros, que servirá de ponto de destino e guarda, com maior segurança, para os veículos dos turistas.