Comandar a saúde no Piauí foi a missão da sua vida – diz Florentino Neto

Em entrevista à Rádio TV Jornal Meio Norte, nesta quarta-feira, o ex-secretário de saúde do Piauí, Florentino Alves Neto, disse que  comandar o exército da saúde foi a maior missão de sua vida. “Agradeço a todos que se empenharam no atendimento e combate a pandemia, técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, assistentes sociais, fisioterapeutas, profissionais de laboratórios, da limpeza e toda equipe multidisciplinar”, disse.

Ex-secretário vai defender projeto para juventude (Raissa Morais)

Ex-secretário vai defender projeto para juventude (Raissa Morais)

Na entrevista, o ex-secretário destaca o desempenho do Piauí como campeão de vacina. “O Piauí foi hábil na distribuição de vacinas, quando elas chegavam aqui, em até 12 horas, as doses de imunizantes eram distribuídas e já estavam em seus destinos finais”, disse.

Mesmo com a pandemia, os investimentos em saúde continuaram, com a ampliação de leitos de UTIs, modernização de hospitais, implantação e descentralização de neurocirurgia em Floriano, Picos e Parnaíba. “São avanços incontestáveis e só não ver quem não quer e tem a intenção única de criticar”, diz.

Florentino Neto em entrevista ao Programa Banca de Sapateiro (Raissa Morais)

Florentino Neto em entrevista ao Programa Banca de Sapateiro (Raissa Morais)

Para Florentino, claro que a saúde precisa melhorar. “Temos compreensão de que precisamos melhorar e vamos trabalhar para continuar evoluindo e melhorando na saúde”, disse.

Candidato a deputado federal nas próximas eleições, Florentino Neto avalia  a pré-campanha de forma positiva e diz que tem sido bem acolhido nos municípios e diz que faz parte de uma chapa competitiva e acredita que a federação formada pelo PT, PC do B e PV fará cinco deputados federais.

Segundo Florentino, caso seja eleito para Câmara Federal, vai trabalhar pela criação de uma lei que garante ao jovem a primeira oportunidade de trabalho. “Quando vejo as muitas pessoas desempregadas ou em subempregos, percebo que faltou uma primeira oportunidade”, disse Florentino. Ele citou que enquanto prefeito de Parnaíba, criou o programa Pró-Estágio, que consistia no treinamento de jovens acima de 15 anos e inseria no mercado de trabalho, com pagamento de bolsa paga pela prefeitura e pela empresa. 

Deixe uma resposta