Eleições 2022: mulheres são a maioria do eleitoral piauiense

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta sexta-feira (15) o perfil do eleitorado apto a votar no pleito deste ano. Segundo os dados divulgados, as mulheres são maioria no eleitorado piauiense, representando 52% do total de eleitores aptos. Ao todo, 1.330.040 eleitoras estão cadastradas e podem comparecer às urnas para votar no dia 2 de outubro.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em 2022, 2.573.810 eleitores piauienses poderão escolher presidente e vice-presidente da República, governadores e vice-governadores, além de senadores, deputados federais, estaduais e distritais. O número representa um aumento de 8,5% do total de eleitores em relação às últimas eleições presidenciais, quando 2.370.894 piauienses participaram do pleito.

Em relação à faixa etária, nestas eleições, pouco mais de 2% do eleitorado irá votar pela primeira vez. São 59.532 jovens com idades entre 16 e 17 anos, um aumento de pouco mais de 7 mil adolescentes em relação a 2018, quando 52.271 pessoas na mesma faixa etária puderam votar. As estatísticas revelam ainda que a maioria do eleitoral possui idade entre 25 e 44 anos (41,48%).

Já os eleitores que possuem ensino fundamental incompleto continuam sendo maioria no eleitorado do estado. Ao todo, são mais de 601 mil pessoas com esse grau de instrução, número equivalente a 23,36% dos eleitores. Em segunda lugar estão os eleitores que declararam ter ensino médio completo, um total de 530.223 cadastros ou 20,6% do total. Segundo o TSE, o número de analfabetos supera o de eleitores que possuem ensino superior completo no Piauí, com 214.552 e 191.493 eleitores, respectivamente.

Os dados apontam ainda que 12.976 eleitores estão cadastrados como pessoas com deficiências e 409 eleitoras e eleitores com nome social estão aptos a votar. Já em relação ao estado civil, 65% do eleitorado se declarou solteiro e 30% disse estar casado.(Nathalia Amaral)

Deixe uma resposta