O aniversário de Rubem da Páscoa Freitas: 90 anos

O jornalista Rubem Freitas já não está entre nós para “bebemorarmos” (veja a latinha ao lado da foto) hoje a data do seu aniversário natalício. Ele faria 90 anos. Mas faleceu dia 14 de novembro de 2013. E lá em cima não se conta o tempo, embora seja possível a sintonia, através de orações, entre os que se foram e os que ficaram. E daqui nós, os amigos e familiares, te enviamos nosso abraço fraterno, cheio de carinho, a quem só buscava fazer amizades e acolher pessoas enquanto aqui viveu e conviveu conosco. Parabéns, amigo/irmão.

Na foto Rubem Freitas homenageia outro grande amigo: o poeta e juiz aposentado Elmar Carvalho. Nós acompanhamos ao lado

Conheci o TIBÚ na redação do jornal Folha do Litoral, quando iniciei minha vida profissional como revisor daquele informativo. Nos anos 70, ainda. No final da tarde, ele chegou, vindo da repartição onde trabalhava (INSS), com sua famosa pasta 007, para escrever sua coluna “Carnet Social”. A partir de então se iniciou uma amizade que só terminou quando Deus o levou. Recebi de sua generosidade muitas homenagens, na sua Festa dos Melhores, como o jornalista Destaque, o Melhor do Ano, enfim, coisas que a bondade do amigo sempre externava. E me marcou bastante, ele já debilitado, com dificuldade de locomoção, veio me visitar em casa, porque eu não podia sair por haver tido um acidente de moto e também não podia me locomover direito. Coisas de amigo.

Rubem Freitas sempre lutou para unir a classe que trabalha com a Comunicação através da Semana da Imprensa. Na foto em um almoço no Sesc Praia

A Casa de Rubem Freitas era um ponto de encontro para os amigos mais próximos, onde elaborávamos a programação da Semana da Imprensa. Da turma acima, já não temos mais o radialista Cícero Evandro, Rubem e Dr. Renato Bacellar. Resta Bernardo Silva e José Luís de Carvalho.

Essas lembranças nos enchem de saudades, porque vivemos juntos bons momentos. Sorrimos, bebemos, comemos, contamos piadas uns dos outros…tempos bons que nos deixaram mais ricos em experiências e sentimentos. Se Deus hoje nos levasse iríamos felizes, porque iríamos ao encontro de amigos e deixaríamos amigos. PARABÉNS, RUBEM FREITAS!!!

 

Deixe uma resposta