“Partidos que não têm voto no Congresso são aliados do Supremo”, diz Átila Lira

O deputado federal Átila Lira (Progressistas) avalia que o Supremo Tribunal Federal (STF) comete abusos e usurpa o espaço dos outros poderes. Em entrevista nesta segunda-feira (27) ao programa Tribuna Piauí, da TV Band Piauí, Átila afirmou que o STF toma posições políticas e se alia a partidos pequenos que não têm voto no Congresso Nacional.

Deputado federal Átila Lira (Foto: Reprodução/TV Band Piauí)

“Usurpa mesmo. O Supremo toma posição política. Hoje os partidos que não têm voto no Congresso são aliados do Supremo. Os pequenos partidos. Você vê todo tipo de coisa. Dá 48 horas para o presidente cumprir a questão da vacinação. Essa é uma matéria que poderia ser discutida com o ministro da Saúde, mas aí vai para o Supremo. O Supremo que tem questões muito mais relevantes, não cuida disso e fica nessa polêmica”, falou.

Na avaliação do deputado, o STF se desgastou bastante nos últimos anos. Átila menciona que o aumento dos espaços de manifestação da sociedade através das redes sociais fez com que o Supremo e os outros poderes se desgastassem perante a opinião pública. O deputado citou números de pesquisa recente publicada pelo Datafolha que mostram o baixo índice de aprovação da Suprema Corte brasileira.

“Hoje o Supremo só tem aprovação de 23% da população e a tendência é diminuir. Justamente por causa dessa liberdade de crítica e das atitudes do Supremo em relação ao abuso de poder. O Supremo, não é o caso só dele, se desgastou muito por conta dessa ampla liberdade que nós temos na sociedade hoje. Não só o Supremo. Todos os poderes estão extremamente desgastados perante à opinião pública. O que for poder as redes sociais são contra”, avalia Átila, que está no oitavo mandato no Congresso.(Gustavo Almeida/Lupa1)

Deixe uma resposta