Peixe-boi que encalhou no litoral se recupera em Pernambuco e voltará ao Piauí

Foi uma operação de guerra o resgate de Whind, nome dado a uma fêmea, filhote de peixe-boi, encalhada na praia de Macapá, no litoral piauiense.

“Agradecemos muito o empenho do governo que viabilizou o transporte aéreo para que pudéssemos fazer o resgate, além de integrantes da ONG Ilha Ativa,”, diz Fábio Luna, coordenadora do Centro Nacional de Mamíferos Aquáticos, “Whind já está se alimentando e, aos poucos estará totalmente recuperada”, conta a bióloga

Localizado na Ilha de Itamaracá, o Centro é uma espécie de “hospital” para onde são levados os mamíferos resgatados no litoral brasileiro, mas também é uma unidade de pesquisa e conservação de mamíferos aquáticos. Além de peixe-boi, baleias também são encaminhadas para a Unidade.

Peixe-boi que encalhou no litoral se recupera em Pernambuco e voltará ao Piauí

Segundo Fábia, a agilidade para o deslocamento de Whind, que recebeu o nome em homenagem ao humorista piauiense Whindersson Nunes, foi fundamental para que ela pudesse sobreviver. “Uma vez, tivemos um encalhe em outro estado e passou-se mais de um mês para conseguirmos transportar o animal, que não resistiu”, conta. A hipótese mais provável é que o filhote tenha se perdido da mãe e acabou sendo levada pela correnteza. O animal foi encontrado por pescadores que, rapidamente, acionaram a ONG. Quando já estiver recuperada, Whind será trazida de volta ao seu habitat natural, no litoral piauiense.

O peixe-boi está ameaçado de extinção e os motivos são a pesca predatória e a contaminação dos oceanos.

Deixe uma resposta