Polícia investiga atuação de falsos advogados prometendo aposentadorias

Um homem e uma mulher, que não tiveram as identidades reveladas, estão sendo investigados pela Polícia Civil por atuarem como falsos advogados em Cocal e outras cidades da região Norte do Piauí. Até agora já foram abertos três inquéritos, mas ainda há outras duas denúncias sendo apuradas pelas autoridades.

Ao Cidadeverde.com, Rômulo Santos, presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Parnaíba, informou que foi até Cocal, acompanhado de outros representantes da entidade de classe, após ser comunicado sobre os casos pela delegacia local. O advogado afirmou que segue acompanhando as investigações. 

“A informação é que tinha um suposto advogado se passando por advogado em Cocal, Buriti dos Lopes, Cocal dos Alves, prometendo aposentar a população, inclusive cobrando já honorários. As pessoas estavam pagando de forma adiantada. Também há uma mulher, mas que tudo indica, eles atuam de forma independente”, disse Santos. 

As vítimas eram principalmente pessoas humildes, de comunidades da zona Rural. Por conta disso, o presidente da OAB em Parnaíba reforçou a importância da população redobrar os cuidados quando desconfiar de determinadas situações. Além disso, garantiu que a entidade fará ações de conscientização sobre como evitar golpes deste tipo.

“A orientação é que quando estiver em dúvida, pode procurar informações no site da OAB ou indo até a sede se informar sobre o profissional. Vamos tentar fortalecer essa conscientização, fazendo algumas campanhas para alertar a população”, pontuou o advogado.

A reportagem também tentou contato com o delegado titular do caso, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. 

Breno Moreno

Deixe uma resposta