Rosa Weber prorroga pela 2ª vez investigações contra Ciro Nogueira

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou as investigações contra o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), no âmbito do inquérito que apura suposto pagamento de propina pelo grupo J&F ao Partido Progressista (PP). As informações são do Metrópoles.

O documento foi assinado na última quinta-feira (09/12) e divulgado nesta sexta-feira(10/12), com a prorrogação por mais 30 dias.

“Ante o exposto, com fundamento no artigo 230-C, § 1º, do RISTF, concedo o prazo de 30 dias para a realização da diligência indicada – além de outras que a autoridade policial entenda pertinentes ao esclarecimento dos fatos sob investigação – e a apresentação do relatório final”, escreveu Weber.

Em setembro, a magistrada já havia prorrogado as investigações, mas a Polícia Federal (PF) solicitou um novo prazo pois achou necessário ouvir, mais uma vez, o ministro-chefe da Casa Civil, que também é presidente do PP.

Segundo a PF, a oitiva de Ciro Nogueira estava marcada para acontecer no último dia 29. A corporação disse se tratar de uma “última diligência a ser empreendida antes da apresentação do relatório final das investigações”. (Tânia Eugênio)

Deixe uma resposta