Wellington Dias desconversa sobre ministério: “focado na vitória”

O ex-governador do Piauí e pré-candidato ao Senado Federal, Wellington Dias (PT-P), conversou com o GP1 na manhã desta quarta-feira (20), após a imprensa nacional voltar a dizer que ele é um dos nomes para o Ministério da Economia, caso Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja eleito presidente da República nestas eleições

Wellington Dias

Wellington preferiu não comentar a informação e reforçou que seu principal objetivo no momento é fortalecer o time liderado pelo Partido dos Trabalhadores, tanto a nível nacional com Lula quanto a local com a eleição do pré-candidato a governador do Piauí, Rafael Fonteles.

“Estou focado na construção da vitória do time nacional e estadual”, desconversou o ex-governador do Estado durante entrevista à nossa reportagem.

Político de articulação

Conforme abordado pelo Estadão na última segunda-feira (18), Lula tem declarado publicamente que pretende colocar um político de articulação à frente do Ministério da Economia, em 2023, caso seja eleito em outubro. Entre os nomes cotados, está o de Wellington Dias (PT).

Lula ainda estaria avaliando o cenário da disputa do Governo Paulista. Se Fernando Haddad (PT) não vencer a disputa em São Paulo, poderá assumir o comando da Economia. Sua formação não é especificamente na área, pois é advogado, mas possui mestrado em Economia.

A ideia de colocar um político, que não possui formação em Economia, repete uma ação já realizada por Lula, quando já foi presidente e colocou Antônio Palocci para ser ministro da Fazenda, em 2003.(Gp1)

Deixe uma resposta