Crise no recém casamento: clima não é dos melhores entre Costa Neto e Bolsonaro

DCM – Valdemar Costa Neto está muito irritado com o comportamento de Bolsonaro. Isto porque o presidente da República não quer ter um vice do Centrão. O pedido do governante é que esteja com ele um militar. Seu nome predileto é o ministro Braga Netto.

Conforme apurou o DCM, o presidente do PL tem tentado convencer Bolsonaro a aceitar um nome ligado aos partidos do Centrão. Fábio Faria e Tereza Cristina são apenas algumas sugestões colocadas na mesa do chefe do executivo federal. Só que ele segue resistente por medo de sofrer impeachment.

Valdemar explicou que, se o presidente seguir todo o combinado, isso não vai ocorrer. Bolsonaro não confia. Quer ter, ao menos, essa “liberdade”. E por isso tem insistido tanto para que Braga aceite ser seu parceiro de chapa. Além disso, isso permitirá que as Forças Armadas estejam ao seu lado.

Se Netto não aceitar, ele buscará outro nome militar ou evangélico que não esteja no meio político. É bom destacar que Silas Malafaia não entra nos cogitados. O governante entende que o pastor já é uma figura política, apesar de não ter nenhum cargo eletivo.

O presidente do PL relembrou Bolsonaro que foi feito um combinado com o PP e Republicanos. O chefe do executivo federal se filiaria ao Partido Liberal. O PP indicaria o nome do vice. E o Republicanos ficaria com a presidência do Congresso Nacional.

Com a conversa do Republicanos com Sergio Moro, o pacto foi modificado. Agora o PP quer ficar com a presidência da Câmara e o Senado pode ficar com o Republicanos. Porém, a sigla de Arthur Lira quer a vice-presidência.

Valdemar destacou que, se o vice não for do Centrão, Bolsonaro ficará sem a legenda. Ou seja, terá que procurar um novo caminho até março do ano que vem. O governante não demonstrou qualquer preocupação e afirmou que resolverá o assunto apenas em 2022.

O que se sabe é que o clima não é dos melhores entre Costa Neto e o presidente da República.pensarpiaui)

Deixe uma resposta