ZÉ FILHO DIZ QUE NO BARCO DE WELLINGTON NÃO CABE TODO MUNDO

EX-GOVERNADOR AFIRMA QUE VAI HAVER RACHA NA BASE DO PETISTA E QUE ALIADOS VÃO SAIR DO GOVERNO NA HORA CERTA PARA AS ELEIÇÕES DE 2018

Zé Filho abraça Wellington Dias na Fiepi, mas diz que aliados pularão do barco do petista visando eleições de 2018 

Pouco depois de abraçar o governador Wellington Dias (PT) na noite da segunda-feira (13) em evento na Federação das Indústrias do Piauí, o ex-governador Zé Filho (Sem partido) falou ao Política Dinâmica. Ele garante que estará na cena política em 2018 e disse que é preciso apenas esperar as lideranças que vão pular do barco do governador para a oposição.
“Em 2018 nós vamos seguir. Estamos aguardando o que vai acontecer esse ano e esperando ver quem vai pular desse barco do governo, porque nele não cabe todo mundo. Com certeza vai haver desistências lá e teremos oposição forte em 2018”, disse.
Ainda sem partido, Zé Filho ressaltou ainda que tem tempo para escolher uma nova sigla. O ex-governador lembrou que nos últimos anos tem sido comum quase todos os políticos piauienses irem para o conforto do governo. Apesar disso, ele assegura que vai ter grupo de oposição contra Wellington Dias no próximo ano. 
Ex-governador acredita em oposição forte (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)Ex-governador acredita em oposição forte (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)
“Vai haver racha. O barco não é tão grande assim para caber todos os políticos do estado. Hoje praticamente está sem oposição ao governo, mas isso já está assim há algum tempo na política do Piauí. Mas em 2018, tenho certeza, vai se formar essa oposição”, falou.
O ex-governador acredita que o PMDB não vai se entender com o PT e citou a disputa que já se forma entre os dois partidos pelos poderes da Fundação Hospitalar criada pelo governo para acomodar os peemedebistas. Zé Filho também acha que o senador Ciro Nogueira (PP) será outro que fará o pulo do barco de Wellington na hora oportuna.(Política Dinâmica)

Deixe uma resposta