Prefeito e empresário discutem construção hotel 5 estrelas em Parnaíba

        O prefeito de Parnaíba, José Hamilton e o vice –prefeito Florentino Neto, juntamente com o empresário Ugo Covin e a arquiteta Laise Rodrigues,  reuniram-se no final da manhã desta sexta feira para discutirem as diretrizes de uma reunião que acontecerá segunda feira (7) na Secretaria Estadual de Turismo, com a participação da superintendente do  IPHAN, doutora  Claudiana  e do secretário Silvio Leite, do Turismo.
         Na pauta do encontro, as discussões com o IPHAN das linhas arquitetônicas do projeto de construção do Hotel 5 estrelas que o grupo do empresário Ugo Covin (Resort Camocim) pretende construir na antiga sede social do Banco do Nordeste(BNB Club), “uma área tombada pelo patrimônio historio a cujas limitações sugeridas pelo Iphan devemos respeitar”, observa o prefeito José Hamilton.
        De acordo com o empresário Ugo Covin, a idéia é ter todo o projeto aprovado em 6 meses, e a primeira parte executada em 12 meses.A  execução total do projeto está prevista para 36 meses, “mas é preciso uma autorização do Iphan”, razão pela qual as partes interessadas estão buscando um entendimento para a apreciação da superintendência do Iphan, na reunião que acontece segunda feira próxima.
Especificações do Projeto
       O prédio terá 8 andares, numa área de 22 mil metros quadrados, onde serão construídos 120 apartamentos hoteleiros, 120 apartamentos residenciais, além de 12 lojas comerciais e um bistrô, dentre outras coisas. “Vai ser um complexo de serviços onde a parte comercial e o bistrô estarão abertos ao público” explica a arquiteta Laise Rodrigues, que está colaborando nas adequações do projeto.
        De acordo com o prefeito José Hamilton, contatos vêm sendo mantidos há 4 anos com este grupo empresarial, que está com investimentos há 12 anos na região, no sentido de apostar também nas potencialidades do município. “Eles entenderam que o momento adequado é este, porque a cidade tomou outro rumo, com melhorias no saneamento e em várias outras áreas fundamentais para investimentos deste porte”-diz o prefeito.

Fecharam o Ponto de Cultura em Parnaíba

         A Fundação Cultural do Piauí (FUNDAC) está com nova presidente. No lugar de Sônia Terra entra Bid Lima, ambas saídas das entranhas do Partido dos Trabalhadores.Mas, e daÍ? Que temos com isso?
       Temos muito, considerando que a Fundação deveria atuar em todo o Estado, mas os projetos que vêm sendo desenvolvidos focam apenas Teresina. Sônia Terra, a ex-presidente, foi achada num movimento de periferia da capital denominada “coisa de nêgo”, onde surgiu também a ex-deputada Francisca Trindade. Nada contra o movimento, mas tudo contra Sônia Terra que pautou ou melhor, centralizou as ações da FUNDAC nesta tal “coisa de nêgo” e deixou a classe artística piauiense no geral a ver navios.
         Só em 2010, no ano passado, portanto, o Ministério da Cultura (Minc) enviou à FUNDAC algo em torno de 85 milhões de reais. Em que foram empregados os recursos? As  poucas vezes que vi Sônia Terra dando entrevistas foi falando de viagens à África, à Cuba,  e outros “points” que são o sonho de consumo, ainda, de todo petista que se preza. Que tem uma coisa a ver com a outra? Talvez nada, mas o comentário serve para ilustrar.
Pontos de Cultura
       Em todo o Piauí, fruto de um programa do Minc, foram criados, no governo Wellington Dias, pra mais de 170 Pontos de Cultura, dotados de kits multimídia, prontos para oferecerem cursos de arte e informática a jovens de baixa renda. Parnaíba ganhou um desses pontos, inaugurado pelo então governador WDias. Eu estava lá. A sede ficava no Complexo Porto das Barcas, num daqueles prédios velhos.
        Depois, Sônia Terra inventou de botar lá a sede da FUNDAC e o Ponto de Cultura foi parar na sede da SASC, antigo Sopa na Mão, frente à Escola Normal. Por  que a Fundação Cultural do Piauí teria que ter sede em Parnaíba se não desenvolvia ação nenhuma?
        Em toda a história do Ponto de Cultura todo o recurso que entrou foram 5 mil reais, depositados na conta da Instituto histórico Geográfico e Genealógico de Parnaíba (IHGGP), porque o PC não tinha, como não tem C.N.P.J. Esse dinheiro sumiu da conta, faz tempo, e nunca mais foi encontrado. Alguns cursos ainda foram ministrados pelo PC. Como foram pagos, não sei.O responsável pelo Ponto, José Humberto Alencar, disse que chegou a gastar do bolso, para que alguma coisa acontecesse. Agora, equipamentos de ponta , que vivem em desuso, correm o risco de ficarem imprestáveis, porque no Governo do PT, foi assim: muita conversa e pouca ação. Disse-me o Humberto que vai entregar a responsabilidade a quem de direito.
Parnaíba é Piauí?!
      Será que nos projetos dessa  Bid Lima constam uma visita a Parnaíba para saber que projetos da Fundac a cidade pode receber? Qual o contato mantido com a Secretaria da Cultura? Nossos artistas têm interesse em uma audiência com a nova presidente da Fundação?
    Quero lamentar profundamente que Parnaíba tendo um ponto de Cultura há alguns anos, não desenvolva nenhuma ação,  porque o governo apenas o implantou, fez mídia e virou as costas para este investimento tão importante numa cidade carente como a nossa. Por isso é que eu digo: Ô terra de muro baixo!!!

Acabou o bloco Macacal?!

    Campeão dos últimos carnavais, ao que tudo indica este ano o bloco Macacal não vai desfilar na avenida Chagas Rodrigues.Motivo? Desavenças entre os integrantes, que já não estão unidos de outros carnavais, tanto assim que já existe uma filial da turma do bloco, que foi, inclusive, o vice-campeão do ano passado(O bloco da Estação).
     A novidade este ano deverá ser o “Pulga na Balança”, tendo à frente o carnavalesco “Filipinga”, que levou consigo outros integrantes do Macacal, que agora, esvaziado, poderá não desfilar.
      São 12 mil e 500 reais que os blocos de rua vão disputar, sendo 6 mil para o primeiro colocado; 4 mil para o segundo e 2.500 reais para o terceiro.
      Quem promete também arrasar este ano na avenida é o poeta Vicente Potência com o seu “Bloco da Ema”. Este ano irá enfocar como tema os 300 anos de Parnaíba.
Reuniões 

                                       Carnavalescos e a sec. da Cultura Fátima Carmino.(Foto: César Vieira)
  Ontem, os carnavalescos das Escolas Império do Cais, Unidos da Ponte e Nova Parnaíba no Samba estiveram reunidos na Secretaria da Cultura para discutir alguns pontos do carnaval 2011 com a secretária Fátima Carmino.Outra reunião está marcada para sexta feira próxima, às 4 e meia da tarde, na Secretaria da Cultura, na Praça Mandu Ladino, quando será discutido também o local para a realização da eleição de rei Momo e Rainha do Carnaval. No SESC não pode ser por estar em reforma.
Mudanças no Júri
        Um dos pontos a serem discutidos ainda é modificações na composição do corpo de jurados. Os carnavalescos querem pessoas mais comprometidas com a festa. Que não faltem aos dia de julgamento, por atraso das escolas; que não fique bebendo e conversando, desatentos aos desfiles, enfim, eles, carnavalescos,  entendem que é hora de mudar as caras.
    

Prefeitura de Parnaíba recepciona hoje os novos funcionários municipais da primeira lista de convocados

      A Prefeitura de Parnaíba recepcionará neste dia dois de fevereiro os novos funcionários públicos municipais aprovados em concurso público e nomeados pelo prefeito José Hamilton, constantes da primeira lista de convocados para assumirem seus cargos. As secretarias municipais que serão beneficiadas por esta primeira convocação, são as de Administração, Saúde e Desenvolvimento Social. As pessoas convocadas devem comparecer à Secretaria Municipal de Administração, localizada na sede da Prefeitura, à Rua Itaúna, 1434, Bairro Pindorama, por todo este dia dois de fevereiro, nos horários das 8h às 13h e das 15h às 18h.
            Ainda este mês, as secretarias de Governo e de Administração farão novas convocações de aprovados em concurso para assumirem os cargos para os quais foram nomeados.      

O que se espera de uma TV pública

O governo que é constituído para garantir a todos os seus cidadão os meios para que estes obtenham a felicidade, que é um direito travestido em cidade limpa, acesso a educação, saúde, trabalho, justiça entre outros.
Uma TV Pública é de extrema relevância para os gestores que têm essa preocupação. Ela útil para a população porque deve estar desatrelada de interesses menores, privados. O que a rege não é o mercado, mas o sentido da sociedade e suas demandas. Assim, é útil porque deve midiatizar a realidade a partir dos interesses públicos. A TV é de extrema relevância para a sociedade piauiense que ainda engatinha no seu processo de cidadania e precisa mais do que nunca ter acesso à informação de forma pluralista e não comercial.
Urge uma TV pública que deve ter controle público, ser pluralista, aberta à diversidade e com programação generalista, não segmentada. Com isso, digo que esta emissora não deve trazer unicamente produtos culturais eruditos ou da alta cultura, mas traduzir as identidades, as manifestações, os posicionamentos e as reivindicações do conjunto social.
È preocupante a queda de braço sobre as indicações para o próximo diretor da TV Antares. Corremos o risco de termos uma TV governamental, que trate de questões menores, de divulgação do governo, ou seja, não trabalhando com esta perspectiva plural, de abrir-se a todas as correntes do pensamento.
Para isso, precisa de gestão com independência e um controle social através de conselhos representativos.
Assim, não podemos confundir TV pública com TV governamental ou institucional em geral. Estas últimas divulgam atos do Governo ou de um Poder instituído, enquanto a TV público comunica de maneira ampla. Ela útil para a população porque deve estar desatrelada de interesses menores, privados. O que a rege não é o mercado, mas o sentido da sociedade e suas demandas. Assim, é útil porque deve midiatizar a realidade a partir dos interesses públicos.(Jaqueline Dourado, prof. de jornalismo da UFPI)
Ps: E a novela continua: nem bem assume Luciano Paes Landim a direção da Fundação Antares,vai ter que sair. Ele foi indicado pelo deputado Paulo Martins, eleito prerfeito de Campo Maior. O deputado que assume no lugar de Martins será Cícero Magalhães. Mas parece que Landim não votou em Ciço, portanto, pode não ficar.

A tarefa de Wellington Dias

                                               
Sem ministério, sem liderança e fora da Mesa do Senado Federal, Wellington Dias foi convidado pelo líder do seu partido, Humberto Costa (PT-PE), a assumir uma tarefa importante na legislatura que inicia. Não se sabe ainda qual, mas tudo indica que será destacado para a presidência de uma comissão. O senador piauiense aguarda as ordens. (foto: Mauro Sampaio/Acessepiaui).

MA: interdição de pista do aeroporto de Barreirinhas prejudica o turismo

                                                 

Foto

                                                                  PISTA DO AEROPORTO DE BARREIRINHAS
Barreirinhas, principal cidade de acesso ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, está com sua estrutura turística comprometida devido interdição, há quase um ano, de uma de suas pistas de pouso, e abandono  da  outra, considerada uma das melhores do Brasil, pronta para operar há mais de 4 anos, e desde então não habilitada por conta de mirabolante e desnecessário projeto de construção de hiper dimensionado terminal de passageiros. Barreirinhas está desde abril de 2010 proibida pela ANAC de receber turistas via aérea. O prejuízo para o turismo, não só do Maranhão, como também do  Piauí e Ceará, é enorme, atingindo diretamente  a  economia da região (Claudio Humberto)

Faltam professores para inicio do ano letivo na UESPI

ATRASO
          A cada ano a Uespi atrasa o início do período letivo. Em 2011, as aulas começarão apenas na segunda quinzena de março.
          O motivo, segundo a professora Graça Ciríaco, presidente da associação dos docentes, é a falta de professores.
          Para cumprir o calendário, as aulas acontecem também aos sábados, prejudicando alunos e professores. Os primeiros, ficam com menos tempo para estudar em casa; os professores, com menos tempo para prepararem as aulas.
RECEIO
          A associação dos docentes da Uespi também vê com reservas o papel a ser desempenhado pela secretário de Educação, Átila Lira, no futuro da instituição.
          Para Graça Ciríaco, o secretário está como a raposa cuidando do galinheiro pois ele é um dos principais empresários do ensino superior do estado.
          No seu entendimento, dificilmente o secretário vai se interessar pela melhoria da universidade, pois seus problemas beneficiam diretamente… as universidades privadas.

Por que em Parnaíba as sessões Legislativas serão retomadas em março?!

   Os Poderes Legislativos do país, em sua quase totalidade, estão retomando hoje às suas atividades. Em Parnaíba, pra variar, isso não acontece. Nossos bravos, espertos e varonis vereadores permanecem de férias até março, quando serão retomadas as sessões ordinárias da Câmara.
   Antes, em fevereiro, eles recebem, provavelmente dia 15, no Plenário daquele Poder, o prefeito José Hamilton ou um representante seu, para fazer a leitura da mensagem anual do executivo, abrindo oficialmente, o ano Legislativo.Depois, voltam ao recesso até março, dando seqüência às férias iniciadas em dezembro.
  Nem as férias escolares são mais tão longas.Mas, fazer o quê? À falta de fiscalização do próprio eleitor, os vereadores locais podem quase tudo.
   Há uns 5 anos atrás, quando presidiu a câmara o ex- vereador Batista Véras, essa brincadeira havia acabado, por força de lei aprovada por eles mesmos. As férias de julho foram extintas e no final do ano folga somente no mês de janeiro. Também eles aprovaram lei acabando com o pagamento de sessões extras,o equivalente a quase um salário mínimo por cada sessão, expediente por demais utilizado quando o prefeito era Paulo Eudes.
    Depois eles rasgaram a lei aprovada por eles mesmos e voltou tudo à estaca zero. Isso é atraso, retrocesso, sinal de que não querem consertar o que está errado e está sendo jogado na lata do lixo de outros Legislativos.Mas em Parnaíba, tudo continha como dantes, no quartel de Abrantes.

Conta da reabertura do Congresso vai a R$ 1 milhão

A posse dos cerca de 260 “novos” deputados e senadores eleitos em 2010 vai custar à Viúva algo como R$ 500 mil.
Incluindo-se na conta os congressistas reeleitos, o espeto se agiganta. Vai às cercanias de R$ 1 milhão.
Estão incluídas na conta passagens e diárias para os parlamentares e seus acompanhantes.
Dá-se à cerimônia o apelido de “festa”. Festeja-se decerto o exercício do mais festivo dos privilégios: o direito de gastar o dinheiro alheio como se fosse grátis.
Escrito por Josias de Souza (Blog do Josias)

Lula e Marisa Leticia desfilando em escola de samba

Do jornal Agora:
A escola de samba Tom Maior confirmou ontem que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai desfilar no dia 4 de março pela escola da zona oeste da capital. O samba-enredo da agremiação vai contar a história de São Bernardo do Campo (ABC) no Carnaval deste ano.
“Ele e a dona Marisa Letícia [ex-primeira-dama] estão confirmados. Mas, se aparecer alguma emergência ou algo muito importante, ele vai atender a agenda”, afirma Marko Antonio da Silva, presidente da escola. A assessoria do PT não confirma a participação.
ComentoÉ uma escola de samba de São Paulo. Seria o lugar certo para Lula. Só acho que o enredo deveria ser outro, uma coisa assim, mais samba-do-petista-doido: “O Babalorixá de Banânia se encontra com o Napoleão de Hospício e diz que nunca antes na história da humanidade se viu tamanho esplendor, olerê, olará, baticumbum, prugurundum”.
O samba-enredo poderia ficar por conta do colecionar de jabutis alheios.

Por Reinaldo Azevedo

E o dinheiro dos empréstimos?

                           

                                          
                                                            
                                                       Gov.Wilson Martins         
                         O governador Wilson Martins está dizendo que precisa de R$ 150 milhões para concluir as                  obras de algumas estradas deixadas inconclusas pelo Governo Wellington Dias. Pergunta que não quer calar: afinal, o que foi feito mesmo com aquela dinheirama de R$ 1 bilhão e 350 milhões, aprovado de mão beijada pela Assembleia Legislativa para que o sr. Wellington Dias, no apagar das luzes de seu governo, contraísse financiamento onde bem quisesse também para concluir estradas?
O Ministério Público precisa, e com urgência, apurar o que realmente foi feito com esse volumoso empréstimo, numa decisão estranha da Assembléia, pois, afinal, para que tanto dinheiro se o governador estava de malas prontas para deixar o poder?
R$ 1 bilhão e 350 milhões é dinheiro suficiente para executar dezenas de obras importantes. Se não, vejamos: a) Porto de Luís Correia ficaria pronto com 50 ou 60 milhões de reais; b) a implantação da ZPE de Parnaíba será feita por menos de 20 milhões; c) a barragem de Castelo levaria no máximo 45 milhões; d) a Transcerrado seria construída com 250 milhões; e) aeroportos de Parnaíba e São Raimundo não levariam mais do que 10 milhões e seria muito dinheiro; juntando zoobotânico, Potycabana, Verdão, Teatro 4 de Setembro, Centro de Convenções, projeto da Orla Marítima, obras do governo em Picos, todas arrasadas pelo furacão Wellington Dias, mais a ferrovia ligando Teresina a Luís Correia, que está orçada em 30 milhões, se concluiria tudo isso e ainda sobrariam milhões que dariam para arregalar os olhos do Assis Carvalho. Afinal, o que foi feito mesmo com tanto dinheiro irresponsavelmente aprovado pela AL, num final de governo? 
São fatos inusitados como esses que chamam atenção da opinião pública para o necessário esclarecimento. São tantas obras que deixaram de ser concluídas por falta de recursos, entretanto, o volume extraordinário de 1 bilhão e 350 milhões de reais, ao apagar das luzes do governo do sr. Wellington Dias, daria para todas essas obras e ainda sobrariam quase meio bilhão de reais. 
Onde enfiaram tanto dinheiro? (Colaborou Tomaz Teixeira)

Coluna Zozimo Tavares

Se tirar Wellington Dias e o ex-presidente Lula o PT não presta pra nada, dispara Robert Rios

                                      
                                  
Robert Rios(Imagem:Reprodução)
                                                                          O deputado estadual Robert Rios esteve na cidade de Campo maior (PI) na noite de ontem (27), para participar do ultimo comício da candidata Liége Cavalcante (PSB) que concorre à prefeitura municipal, com o petista Paulo Martins. Robert disse que seu partido, o PC do B, está com Liége.

Robert disse que tirando o ex-governador Wellington Dias e o ex-presidente Lula, o PT não serve pra nada. “Me digam qual é o município administrado pelo PT que presta? Todos são um desastre”, disse o deputado, citando Esperantina, União e Uruçuí. “Em Esperantina acontece o maior roubo que vocês possam imaginar; em União o povo sofre arrependido e em Uruçuí precisou a Policia Federal e lá prender o prefeito”, disse Robert.

Sobre a situação política de Campo Maior, Robert disse que tem uma quadrilha formada pronta para arrasar Campo Maior. “Vejam que são os aliados do candidato do PT! Carbureto, Cezar Melo… Pessoas que arrasaram Campo Maior no passado. E este candidato que está aí teve 8 anos do lado do governo e não conseguiu fazer nada por Campo Maior”, disparou 

Prefeitura de Parnaíba lança inscrições para Carnaval 2011

                                                      
                          Rainha e Rei Momo do Carnaval 2010(foto:Wanderley Portela)
A Prefeitura de Parnaíba, através da Secretaria de Cultura do Município, lançou o edital público de convocação às agremiações carnavalescas e interessados em participarem do concurso de escolas de samba, blocos carnavalescos, rei momo e rainha do carnaval, fantasia masculina e feminina e miss gay. Este ano os desfiles oficiais e outros eventos que compõem a programação acontecerão no período de 18 de fevereiro a 08 de março.
As inscrições são gratuitas e estarão abertas de 07 a 17 de fevereiro na sede da Secretaria da Cultura, situada na Praça de Eventos Mandu Ladino no horário de 08h às 13h. O regulamento para todos os concursos será entregue ao candidato no ato de sua inscrição.
Este ano o total da premiação é de R$ 150 mil e contempla todas as categorias inscritas. Os valores para cada categoria são os seguintes:
ESCOLAS DE SAMBA:
1º lugar – R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais)
2º lugar – R$ 40.000,00 (quarenta mil reais)
3º lugar – R$ 38.000,00 (trinta e oito mil reais)
BLOCOS CARNAVALESCOS:
1º lugar – R$ 6.000,00 (seis mil reais)
2º lugar – R$ 4.000,00 (quatro mil reais)
3º lugar – R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais)
REI MOMO E RAINHA DO CARNAVAL:
Vencedor do concurso Rei Momo – R$ 2.5000,00 (dois mil e quinhentos reais)
Vencedora do concurso Rainha do Carnaval – R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais)
FANTASIA MASCULINO E FEMININO:
Vencedor do concurso fantasia masculino – R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais)
Vencedor do concurso fantasia feminino – R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais)
MISS GAY:
Vencedor do concurso Miss Gay – R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais)
TOTAL DA PREMIAÇÃO: R$ 150.000,00 (cento e cinqüenta mil reais).
Fonte: Secom/PMP

Termina dia 31 o prazo de advertências quanto à nova sinalização do centro comercial de Parnaíba

            A Superintendência Municipal de Trânsito prossegue até o dia 31 deste mês com as ações educativas e de advertência relacionadas às novas placas de sinalização do centro comercial de Parnaiba. O titular da pasta, Tenente Antônio Gilson, explicou que a partir do dia primeiro de fevereiro será iniciada a fiscalização no local com caráter punitivo, com expedição de autos de infração aos que estacionarem em áreas impróprias. “O nosso objetivo não é o de punir, mas o de assegurar o cumprimento da legislação e a segurança das pessoas”, disse Antônio Gilson.
            Com a nova sinalização vertical implantada pela Prefeitura de Parnaíba no centro comercial, a Superintendência de Trânsito vem registrando melhoras na organização das áreas de estacionamento. “Percebemos que a maioria dos motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres estão sensíveis e colaborando com a nova sinalização”, reconheceu o superintendente de trânsito. Segundo ele, a Guarda Civil já vem orientando a população nestes últimos dias, através do diálogo e da colagem de adesivos de advertência.
            As placas instaladas no centro comercial definem locais para motos, carros, carga e descarga de caminhões, além de terem sido reformadas as placas dos pontos de táxi e mototaxi. A sinalização horizontal feita pela Prefeitura no ano passado, já define vagas de estacionamento de veículos que conduzem portadores de necessidades especiais, faixas de pedestres, entre outras funcionalidades.
Texto: F.Carvalho

Governo já deu pensão a sete trinetos de Tiradentes

      A pretexto de render homenagens à memória de Tiradentes, o governo brasileiro levou à forca o pescoço da Viúva.
A ditadura militar criou, em 1969 a ‘Bolsa Tiradentes’. Destinava-se a brindar com aposentadorias vitalícias os “últimos três trinetos” do mártir da Independência.
Responsável pela restituição da memória da prebenda, o repórter Bernardo Mello Franco conta, naFolha:
Súbito, outros beneficiários foram brotando do nada.
Nas pegadas dos “últimos três” surgiram mais quatro descendentes de Tiradentes.
Comprovaram o parentesco e tornaram-se beneficiários da pensão –dois sob Sarney; uma sob FHC.
Decorridos 42 anos desde a instituição do mimo, uma ancestral do alferes continua apalpando a aposentadoria até hoje: a tetraneta Lúcia de Oliveira Menezes.
A despeito do baixo valor –dois salários mínimos—, o benefício desperta cobiça inaudita. Lúcia tem duas irmãs. Ambas cogitam requerer a pensão.
Não são as únicas. Descobriu-se que a árvore genealógica de Tiradentes é inacreditavelmente frondosa.
Lúcia avisa que tem algo como 200 parentes da mesma geração.”Tenho primo para tudo quanto é canto”, diz ela. “Eu acho que eles têm direito também”.
Lucia receia que, além da parentela genuína, aproveitadores tentem tirar proveito da valiosa memória do mártir:
“Tem gente que gosta de se aproveitar, né? Mas eu acho difícil. A Justiça é lenta, mas não é injusta”.
Vem de longe, como se vê, a cultura do privilégio que converteu o Brasil em empreendimento unifamiliar. Os ex-governadores “vitalícios” apenas aperfeiçoaram a técnica.
Quanto ao barulhinho que você ouve ao fundo, não se preocupe. É apenas o ruído dos pedaços de Tiradentes revirando na cova.
Escrito por Josias de Souza (blog do Josias)

Aposentadorias dos vereadores de Parnaíba:Boa briga para a OAB

       A Ordem dos Advogados do Brasil está entrando hoje com uma ação para suspender o pagamento de pensões vitalícias a ex-governadores em alguns Estados. É a velha e histórica OAB mais uma vez prestando inestimável serviço em favor da moralidade,  tentando por um freio nos desmandos de uma classe que, na maioria das  vezes, só busca sugar o pouco que deveria ser da população.
       Aproveitando o ensejo, vimos sugerir à OAB de Parnaíba, na pessoa do seu presidente, Diógenes Melo, que aproveite o mote e tente acabar com as tais aposentadorias dos vereadores de Parnaíba. Dizem os entendidos que o benefício, além de inconstitucional é imoral, ilegal e engorda o bolso de uns poucos que um dia botaram paletó e por um tempo viraram representantes do povo. Eles não pagaram nenhum tipo de previdência para tal aposentadoria, e só realizam no máximo 10 reuniões por mês, gastando, para tal, quase sempre algo em torno de uma hora e quarenta e cinco minutos.
        Os demais trabalhadores, que dão duro  oito horas por dia, precisam de 35 anos para se aposentar, pagando previdência, do contrário não conseguem. Vereadores aqui “trabalham” 16 anos e vestem o pijama.
A história
       Quando foi vereador de Parnaíba, o agropecuarista Herbert Silva negou-se a pagar essas aposentadorias e entrou com uma ação na Justiça neste sentido. O advogado e empresário, Valdeci Cavalcante, mandou parar a ação, que prejudicava o pai dele, ex- vereador Gerardo Cavalcante (in memorian), que recebia uma dessas aposentadorias, que equivale a meio salário de um vereador da ativa, hoje em torno de 3 mil reais, comentam.
       Têm direito à aposentadorias os vereadores que exercem 4  mandatos consecutivos. A lei seria concebida desta forma, entretanto, o vereador Ronaldo Prado apresentou uma emenda, naquela ocasião,  concedendo o benefício, também, a vereador que acumulasse 3 mandatos consecutivos e um de prefeito. A intenção era beneficiar o tio, Elias Ximenes do Prado, hoje também aposentado do legislativo municipal.
As brechas da lei
       Com o falecimento do ex- vereador Gerardo Cavalcante, estão hoje aposentados os  ex- parlamentares Elias Farias, José de Lima e Silva, Elias Ximenses,  Vereador Neto( optou agora pelo salário de vereador da ativa), Yure Gomes. Estão na lista para requererem  a “baba” daqui a dois anos: Reinaldo Filho, Ronaldo Prado, Gerivaldo Benício, Beto Teles  e Geraldinho Alencar (desculpem se faltarem outros).
         Há ainda uma pensão paga para a viúva do ex-vereador Arimatéia Carvalho, falecido brutal e prematuramente quando ele exercia o mandato de vereador. Mas esse é um caso especial, de tal sorte que quem paga a pensão é a prefeitura, não a Câmara.
        Mas assim como nas pensões de ex-governadores tem gente requerendo aposentadorias por haverem passado 10 a 15 dias no governo, em Parnaíba tem ex- vereador aposentado sem haver desempenhado os 4 mandatos. É o caso do radialista Yure Gomes. Ele teve 3 mandatos consecutivos, e cobriu uma licença de alguns meses, de então vereador Cândido Linhares, daí já pode se aposentar. O também ex- vereador  Higino Aguiar está na mesma situação, mas ainda luta para conseguir seu benefício. O vereador Candinho até que poderia ter a aposentadoria, por haver conseguido 4 mandatos. Só que apenas 3 foram consecutivos: houve o hiato de um mandato, em que o eleito foi Genário Albuquerque, irmão dele, e não deu. Foi exatamente durante o 4º mandato, na legislatura seguinte,  que ele se licenciou 90 dias e deu vaga para Yure assumir e se aposentar.
       Os vereadores podem até pensar que estou contra eles. Não, muito pelo contrário.Estamos a favor da moralidade da coisa pública. Sentimento coletivo parece não existir dentre os nossos edis, cujos gestos e ações nos levam a crer que cada um defende a causa pessoal. Quero estar enganado, meu Deus!!!     
Nomeações Técnicas
       Recebo um e-mail de um leitor e futuro eleitor dando conta de que começaram em Parnaíba as nomeações técnicas do governo Wilson Martins. As indicações foram do vice-governador Moraes Sousa Filho, a quem cabia indicar o titular da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico. Ele chegou a oferecer o cargo de secretário ao presidente da Associação Comercial de Parnaíba, Luis Pessoa, que não aceitou. Terminou a secretaria ficando com o deputado Warton Santos, do PMDB.Os nomeados de Parnaíba, segundo o e-mail, seriam:
Marcos de Moraes Sousa Oliveria – nomeado para o exercício do cargo em comissão, de diretor da Unidade Comércio e Serviços, símbolo DAS-4, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, , com efeitos a partir de 1/01/2011;
Raimundo Fonseca Rodrigues – nomeado para exercer o cargo em Comissão, de coordenador de Logística Abastecimento e Serviços, Símbolo  DAS-2, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico,  com efeitos a partir de 1/01/2011;
Maria Ivani Lages Gonçalves – nomeada para exercer o cargo em comissão, de diretor da Unidade da Indústria, símbolo DAS-4, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, com efeitos a partir do dia 1/01/2011.
       

Átila pede exoneração da Seduc

Desde ontem, o Piauí tem um novo secretário de Educação. Trata-se de Raimundo Neto de Carvalho, atual superintendente de Gestão da Secretaria Estadual de Educação (Seduc). Ele assumiu o posto após o deputado federal reeleito Átila Lira (PSB) pedir exoneração do cargo ao governador Wilson Martins, conforme publicação no Diário Oficial do Estado. O político assumiu o cargo há menos de um mês. 

A publicação da exoneração, datada de 26 de janeiro de 2010, e disponibilizada na internet somente nesta quinta-feira, aponta que o atual secretário de Educação Átila Lira deixou o cargo de conformidade com o disposto no artigo 34, da Lei Complementar número 13, de três de janeiro de  1994. Porém, não especifica o motivo. Acredita-se que tenha deixado o cargo em comissão para renovar seu mandato na Câmara dos Deputados, no próximo dia 1º de fevereiro. 

Já o novo secretário, conforme, também, a publicação no Diário Oficial, fica a frente da pasta até o dia três de fevereiro, o que reforça a teoria que o secretário Átila Lira tenha pedido exoneração para renovar seu mandato em Brasília. O deputado não foi encontrado para falar sobre o pedido de exoneração. No seu lugar na Câmara, quando retornar a Seduc, assume o petista Nazareno Fonteles que ficou na 1ª suplência. 

O decreto de nomeação de Raimundo Neto Carvalho para assumir pelos próximos nove dias a Seduc é o de número 14.390, de 25 de janeiro de 2011, publicado na página três do Diário Oficial do Estado, edição18, de 26 de janeiro de 2011. A publicação também encontra-se disponibilizada na internet, no endereço http://www.diariooficial.pi.gov.br/diario.php
Publicado no Portalaz