Landim abre seminário da Justiça Eleitoral em Parnaíba

Por Arimatéa Carvalho

O presidente do TRE-PI, desembargador Francisco Antônio Paes Landim Filho, abriu na noite de quarta-feira em Parnaíba a 6° edição do Seminário Itinerante da Justiça Eleitoral. O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, participou da abertura ao lado do presidente.

O seminário, que prossegue até sexta-feira (14), está sendo sediado no Centro Judicial de Solução de Conflitos, localizado na Av. Getúlio Vargas, 735, Centro, antigo Fórum Cível. A iniciativa é um dos 15 pontos do Plano Emergencial de Reestruturação dos Cartórios Eleitorais.

Participam da edição do Seminário Itinerante o diretor-geral do TRE-PI, Geraldo Mota; o juiz auxiliar da Presidência e Corregedoria do TRE, Ítalo Márcio Gurgel de Castro, além de secretários e coordenadores de diversos setores do TRE-PI e servidores e técnicos das Zonas Eleitorais de Parnaíba e das cidades de Cocal, Esperantina, Buriti dos Lopes e outras.

O Seminário vem sendo realizado desde o mês de outubro de 2019 e tem por objetivo resolver problemas da realidade diária dos Cartórios Eleitorais do Estado. Esta será a última edição do evento, que já passou por diversas outras cidades.

MEC reúne em Brasília gestores Nota 10 em educação: Teresina presente

O Ministério da Educação selecionou seis municípios, em todo o Brasil, para o encontro denominado “Boas práticas municipais em educação”. O evento foi realizado ontem, em Brasília, com o objetivo de compartilhar as recentes experiências bem-sucedidas em gestão e práticas de sala de aula.

Ou seja, os seis municípios brasileiros Nota 10 em educação estão subsidiando as ações do MEC e de outros municípios.

Teresina lá

Teresina é uma das seis cidades convidadas pelo MEC.  Isso porque é, hoje, a capital com o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) no país.

Além de ser referência em aspectos como alfabetização das crianças e avaliação e formação de professores, Teresina também se destaca pela política de gestão da educação.

Custos

Um dado a mais é que a cidade conseguiu alcançar resultados de excelência no ensino público gastando menos que as demais capitais. O MEC quer, assim, que a lição de Teresina se espalhe por todo o país. (Zózimo Tavares)

Promoções: Deputado Marden diz que governo “nunca pagou um real” a policiais civis

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) chamou atenção do governo do Estado, na sessão desta terça-feira (11/02), para a situação de policiais civis que aguardam, desde julho do ano passado, incremento salarial previsto em promoção publicada no Diário Oficial.

Para Marden, a demora do governo se dá por “falta de boa vontade” do governo.

— O governo simplesmente publicou a promoção dos policiais, mas nunca pagou um real aos servidores —  reclamou.

No pronunciamento, disse ainda que o Estado usa “argumentos distorcidos”, amparado na Lei de Responsabilidade Fiscal. Ele explica que o entendimento do Tribunal de Contas do Estado é de que, em se tratando de serviços essenciais, neste caso, na área de segurança, o reajuste concedido por Lei deve ser feito de forma imediata.

Hoje, o deputado chegou a tratar da questão com o secretário de Governo, Osmar Júnior, que esteve na Assembleia Legislativa. 

— A resposta foi que que ontem o Palácio de Karnak se reuniu e estão avaliando os valores devidos, e há expectativa de que até abril esses pagamentos possam ser feitos. Contudo, nós deixamos claro, que o argumento do governo é inconsistente —  completou.(Apoliana Oliveira)

Primeiro dia de greve da educação começa forte

O primeiro dia de greve dos Trabalhadores em educação no Piaui começou forte em todo o estado aqui em Teresina. A concentração aconteceu no Palácio de karnak, onde vieram os representantes de vários núcleos regionais para protestar contra o não cumprimento do acordo de reajuste por parte do Governo do Estado de 4,17% referente a 2019 e 12,84% de 2020.

Os professores e funcionários de escolas, ativos e aposentados, permaneceram em greve por tempi indeterminado desde ontem (10/02).

Agenda de atividades:

  • Dia: 12/02/2020 (quarta-feira) – 8h30, Manifestação no pátio da Seduc.
  • Dia 17/02 – 8h30, manifestação no palácio de karnak.

Secretário de Educação Rafael Alves explica mudanças no Setor de Lotação da Seduc

Desde o encerramento do ano letivo de 2019, a direção da Secretaria Municipal de Educação de Parnaíba (Seduc), concentra esforços para reorganizar o Setor de Lotação. O processo anteriormente era executado pelo próprio diretor escolar, que já enviava a relação pronta para a Seduc. Agora os diretores enviam as turmas com seus respectivos números de alunos, e, diante destes dados, a Seduc faz uma análise sobre quais classes continuarão funcionando, sendo que as que apresentam poucos estudantes, serão agregadas a outras. O levantamento também faz um aparato geral do número de professores efetivos ativos, inativos e substitutos. Diante do grande número de professores efetivos que estão retornando para a sala de aula, os celetistas naturalmente estão tendo os contratos rescindidos, uma vez que o acordo dos profissionais chegou ao fim.  
Conforme explica o secretário da Seduc, Rafael Alves, as mudanças visam melhorias, como alocar o aluno em uma unidade mais próximo da casa dele, otimização do serviço público, austeridade na aplicação dos recursos e organização do quadro de servidores.
“Estamos seguindo na legalidade, colocando os professores em sala de aula para que possamos começar o ano letivo de forma tranquila no próximo dia 17. Estamos trabalhando para que ao aluno retornar de férias, possa encontrar o professor na sala de aula. Conversamos esta semana com a direção do Sinte que entendeu a necessidade das mudanças. Logo, nada está sendo feito de forma arbitrária, pois a locação é benéfica para o próprio professor, pois o profissional se sentirá valorizado por estar na sala de aula com sua carga horária completa e recebendo em dias”, assegura o secretário. Na semana passada, inclusive, Alves convidou a presidência do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Parnaíba (Sinte), quando explicou para a classe as alterações que estão sendo feitas. O Sindicato por sua vez entendeu a necessidade da locação tanto dos professores, quanto das turmas em sala de aula.

Atualmente a rede de ensino municipal de Parnaíba possui 89 escolas funcionando, somando aproximadamente 20 mil alunos com as matrículas já efetuadas. No entanto, os alunos que porventura perderam o prazo, ainda podem ser matriculados.

Prefeitura de Luís Correia encerra nesta segunda-feira as inscrições para seletivo

Por meio de Processo Seletivo, a Prefeitura de Luís Correia/PI divulgou uma vaga para o cargo de Orientador Social. As inscrições serão encerradas nesta segunda-feira (10/02). É necessário que os candidatos tenham Ensino Médio completo.

Após contratação, o profissional irá atuar junto ao Serviço de Conveniência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV da Secretaria de Desenvolvimento Social.

O salário base ofertado equivale a R$ 1.039,00 e a carga horária a ser cumprida é de 40 horas semanais.

As inscrições serão recebidas das 8h às 13h30, presencialmente, na sala do Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Luís Correia, situado na Avenida Prefeito Antônio de Pádua da Costa Lima, nº 261, Centro.

Este Processo Seletivo contará com duas etapas: Análise Curricular/ Títulos; e Entrevista, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

O prazo de validade da contratação será de 12 meses, contados da assinatura do contrato, sem possibilidade de prorrogação.

ACESSE AQUI O EDITAL

Canais esportivos estão assolados por uma praga de falsos comentaristas de futebol

Vicente Limongi Netto

Hoje é domingo, tem jogo de futebol e sofrimento. É assombrosa, medíocre, irritante e avassaladora a praga de analistas de meia pataca e de pretensiosos apresentadores.  Encastelados nos canais Sportv, Fox e ESPN. O controle remoto nos salva. A maioria esmagadora dos sábios de araque nunca jogou bola de gude, pedra em mangueira e jamais calçou uma chuteira. Nunca ganhou nem torneio de futebol de botão.

É um time ruim, recalcado, presunçoso e arrogante. De quinta categoria. Fazem caras e bocas e pose de inteligentes. O esporte predileto dessa corja de boçais é tripudiar e fazer pilhérias com erros dos jogadores.

SÃO PROFISSIONAIS – Nenhum jogador entra em campo para errar. São profissionais e chefes de família. Merecem respeito e consideração. Nessa linha, o mais grave e desolador é que alguns “analistas” ex-jogadores começaram também a proceder de forma indigna, estúpida e debochada. Inacreditável. Não argumentam, insultam.

Nessa linha, um idiota e bisonho chamado Roger, do Sportv, resolveu fazer marcação com Paulo Henrique Ganso. Coitado do asno. Não tem, nunca teve, futebol nem competência para amarrar os cadarços das chuteiras do armador do Fluminense. Roger, bem comparado, poderia ser personagem de Nelson Rodrigues, “bonitinho, mas ordinário”.

Como o metido Roger, existem outros “analistas” da mesma laia. Citando todos, vou poluir meu texto de dengue e quem sabe, de coronavírus. Bom não arriscar.

Tribunal de Contas barra pavimentação no Piauí para o superfaturamento

Por:Zózimo Tavares

Um estudo realizado pela Diretoria de Fiscalização de Obras e Serviços de Engenharia do Tribunal de Contas do Estado apontou sobrepreço em diversas licitações para construção de calçamento realizadas no Piauí. Em alguns casos, o superfaturamento de preços foi superior a 200% do valor de mercado.

Para tanto, os gestores utilizaram como referência os valores da tabela do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), desprezando o valor de mercado local.  

Essa tabela é elaborada pela Caixa Econômica Federal, porém com preços fora da realidade piauiense, como referência, para compra de pedras para calçamento.

Suspensão de obras

O TCE determinou, então, nos últimos meses, a suspensão de diversas licitações, tanto do Governo do Estado quanto de prefeituras.

Além disso, o Tribunal definiu orientações aos gestores estaduais e municipais sobre procedimentos que devem ser observados nas licitações para obras de pavimentação.

As instruções valem para a compra de pedras e contratação de empresa especializada na execução de serviços de pavimentação em paralelepípedo ou pavimentação poliédrica.

As recomendações surgem a partir de uma consulta feita pela Assembleia Legislativa e foram aprovadas por unanimidade pelo Plenário do Tribunal.

Fora da realidade

O relator do processo, conselheiro Kennedy Barros, citou um estudo realizado pela Diretoria de Fiscalização de Obras e Serviços de Engenharia Civil do Tribunal, que apontou a tabela ORSE (Orçamento de Obras de Sergipe) desenvolvido e mantido pela CEHOP (Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas de Sergipe), com preços compatíveis com os pesquisados em municípios do Piauí.

O relator acolheu ainda outras recomendações sugeridas pelo Ministério Público de Contas para que os gestores públicos municipais e estaduais observem na licitação e contratação dos serviços de calçamentos a adoção do Sistema ORSE (Orçamento de Obras de Sergipe) como referencial de custo do item “paralelepípedo granítico”, em razão da compatibilidade com o preço do insumo praticado no mercado local do estado do Piauí.

Conselheiro Kennedy Barros: preços fora da realidade

É preciso comprovar custos

Além disso, a recomendação também aponta que nos processos licitatórios referentes a obras públicas, os entes púbicos municipais e estaduais devem inserir, no processo administrativo correspondente, estimativas de preços que contenham os requisitos mínimos.

Entre elas, estão identificação do servidor responsável pela cotação; pesquisa de empresas do ramo pertinente à contratação almejada; ausência de vínculo entre as empresas pesquisadas; caracterização completa das fontes consultadas; termo de referência, com a indicação fundamentada e detalhada das referências utilizadas; justificativa de preço, dispondo a metodologia utilizada e as conclusões obtidas; data e local de expedição; e localização individual das jazidas, com indicação das respectivas coordenadas georreferenciadas.

Ou seja, o gestor tem que comprovar os custos de execução das obras e não se basear em preços praticados em outros estados.

“Cada unidade da federação tem suas peculiaridades, isto é, os custos não são iguais”, assinala o conselheiro Kennedy Barros. (Com informações do TCE/PI)

Bolsonaro faz governadores entrarem em contradição sobre impostos de combustíveis

O desafio lançado por Jair Bolsonaro para redução dos tributos cobrados sobre combustível nos Estados colocou alguns governadores em situação contraditória.

Por exemplo, ao dizerem à imprensa que aceitam zerar o ICMS, motivados pelo presidente, gestores como Wellington Dias (PT) e Flávio Dino (PCdoB) deixaram escapar que há possibilidade real de o percentual de quase 30% ser menor para o consumidor. 

Tudo teve início quando o presidente Jair Bolsonaro reclamou na quarta-feira (5) que o governo federal tem tido problemas com a alta dos preços dos combustíveis por causa do comportamento dos governadores estaduais. 

Bolsonaro afirmou que reduziu o preço do combustível “três vezes nos últimos dias” e que a medida não teve impacto no preço cobrado na bomba. Para ele, o problema está no Estados que não mudam as regras de tributação. 

Por este motivo, o presidente anunciou que vai encaminhar ao Congresso um projeto de lei para que o ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) de combustíveis, recolhido pelos estados, tenha um valor fixo por litro. 

Cabe ao cidadão acompanhar a disputa no congresso. Certamente, os governadores locais resistem em mudar sua política de tributação e devem influenciar suas bancadas a votarem contra a audaciosa proposta, por considerarem que irá gerar queda de receitas.

Em 24h, Paulistana recebe chuva esperada para todo mês de fevereiro

A cidade de Paulistana, distante 468 km de Teresina, recebeu em apenas um dia o volume de chuva que era aguardado para todo o mês de fevereiro. Desde essa terça-feira (4) as precipitações se intensificaram no município e chamou atenção da climatologia.

Apesar do grande volume, a chuva foi considerada tranquila e sem rajadas de vento (Foto: Reprodução)

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a média de chuva prevista para fevereiro em Paulistana era de 113 mm. Em apenas 24h, porém, a chuva que caiu alcançou 130 mm. O maior volume foi registrado no início da manhã desta quarta-feira (5), quando a precipitação bateu 53,4 mm.  Apesar do grande volume, achuva foi considerada tranquila sem rajadas de vento e descargas elétricas.

Esse tipo de tempestade é classificado como chuva severa, segundo o climatologista Werton Costa, e é justificada pela proximidade do fenômeno conhecido como Zona de Convergência Intertropical.

“Essa chuva severa é produto de condições maiores de grande escala que é o caso da aproximação da Zona de Convergência Intertropical, a condição de neutralidade do oceano pacífico e a atuação bem pontual do VCAN (Vórtice Ciclônico de Altos Níveis). Foi uma chuva isolada sobre aquela região”, afirmou.

A chegada desses fenômenos na costa nordestina indica que os volumes de chuvas devem aumentar nos próximos meses no Piauí. “Teremos um aumento da chuva, o que é natural para o mês de fevereiro. Quanto maior a proximidade da Zona de Convergência Intertropical , esse sistema que é responsável pela chuva no Nordeste, maiores os volumes e a frequência de chuva”, explicou Werton. 

Por: Otávio Neto

Piso salarial dos Professores: O do Bolsonaro ou do Fávio Dino???

Bolsonaro e Flávio Dino

EDIÇÃO: BERNARDO SILVA

Piso do professor

Especulou-se que o presidente Jair Bolsonaro jogou uma batata quente nas mãos dos governadores e prefeitos, com o aumento de 12,84 por cento no piso do professor.

Quem na verdade jogou esses gestores em uma encruzilhada, quanto à remuneração do magistério, foi o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

E agora?

Enquanto o piso do professor subiu para R$ 2.886, em todo o país, no Maranhão ele passa a ser de R$ 6.358.

E qual é o problema?

O problema é que, agora, a pergunta que se faz é uma só: se o Maranhão, considerado um dos estados mais pobres do Brasil, pode pagar um piso superior ao dobro do valor fixado pelo governo federal, por que os demais não podem?

Uma lição

Não é de hoje, porém, que o Governo do Maranhão procura valorizar o magistério.

Por lá, desde o mandato passado, o governador Flávio Dino corrige o piso da categoria em índice sempre acima da média nacional. Fica a lição.(Informações de Zózimo Tavares)

EM TEMPO

Enquanto isso, no Piauí, um Estado que cresceu em ritmo chinês em 2019, segundo o falastrão Wellington Dias, os professores decidiram ontem que vão iniciar dia 10 um movimento grevista por tempo indeterminado, Porque o governador se nega a pagar o piso nacional de salários, desde 2019, é bom que se diga. (Bernardo Silva)

Motorista paga R$ 700 para o Detran, dinheiro desaparece e gera dívida

O motorista Josimar Francisco de Araújo. Foto: Efrém Ribeiro.

Aqui tem uma máfia”, disse o motorista Josimar Francisco de Araújo, de 49 anos, que mora no Parque Firmino Filho, Quadra C, lote 12, na zona Norte de Teresina, ao sair do Departamento Estadual do Estado (Detran), onde pagou R$ 700,00 para emplacar sua motocicleta Honda Broz, ainda nesta terça-feira (4), sem burocracia.

Ele saiu aborrecido que além dos R$ 700,00 que pagou para ter o emplacamento facilitado, pagou mais R$ 10,00, mas o dinheiro sumiu e no Detran disseram que ele tinha uma dívida.

Ele falou que não poderia ter nenhuma dívida já que sua motocicleta é uma Honda Broz 2020 comprada em dezembro do ano passado.

Dentra-PI registra filas. Foto: Efrém Ribeiro.

Uma experiente funcionária do Detran disse que nesta terça-feira, o sistema de informática caiu. “Sistema de informática do Detran cai 300 vezes nesta terça-feira (4) e motoristas há uma semana esperam por documentos de seus carros”.

Dentran-PI registra filas. Foto: Efrém Ribeiro.

Uma mulher que  tem direito preferencial por sofrer depressão e sofrer de ansiedade profunda não foi atendida para receber sua carteira de habilitação.

Usuários reclamam do atendimento. Foto: Efrém Ribeiro

Motoristas, servidores públicos e outras pessoas contam que estão esperando há uma semana ou desde sexta-feira para retirar os documentos e não conseguem porque o sistema sempre fica fora do ar. (Efrem Ribeiro)

Pastor cria a ‘unção do morcego’ e gera polêmica no Piauí; vídeo

Piauiense de Pedro II criou ´unção` em referência ao Coronavírus

O pastor Raimundo Ferreira tem causado polêmica em Pedro II, no Norte do Piauí, após aparecer em um vídeo fazendo uma ‘unção do morcego’, alusivo ao combate ao Coronavírus. As informações são do Piripiri Repórter.

O religioso aparece pendurando em uma árvore, de cabeça para baixo, falando em milagre e cura. Ele tem recebido críticas, inclusive de colegas pastores da congregação.

“Olha aí, irmão, a que ponto chega uma pessoa para tentar chamar atenção se utilizando do que é sagrado, do evangelho, da palavra de Deus, inventando coisas que não existe, e que no final prova que não passa de um falso profeta. Tenha muito cuidado com essas novidades que aparece por aí no meio do evangelho para não sermos enganados”, desabafou um colega do pastor que teve o vídeo viralizado nas redes sociais.

Veja o vídeo e um áudio de um comentário feito por outro pastor:

Vereadores voltam do recesso e recebem Mão Santa na abertura do ano Legislativo

Marcando o reinício dos trabalhos na Câmara Municipal de Parnaíba, neste último ano da atual legislatura, o prefeito de Parnaíba, Mão Santa, compareceu àquela Casa Legislativa para levar sua mensagem aos vereadores e falar das ações de seu governo. Aproveitou para criticar  o congresso nacional e defendeu o voto distrital, lembrando que no início de sua carreira foi eleito deputado estadual apenas com os votos dos parnaibanos, “foi uma época em que Parnaíba elegia 4 deputados, embora com um número de eleitores de apenas pouco mais de 20 mil. Agora são mais de 100 mil eleitores e na última eleição o município não elegeu um só deputado”, enfatizou.

Ele também destacou as realizações de alguns setores do seu governo, como o Serviço Social e a Educação. Fez também elogios aos vereadores, dizendo que os componentes daquele parlamento “têm um papel primordial na nossa cidade, pois vocês são os representantes do povo e colaboram muito com as ações do Executivo empreendidas junto as comunidades”, pontuou.

Apesar de alguns haverem apresentado desculpas os presentes notaram a ausência dos vereadores de oposição: Beto Sousa, Ronaldo Prado, Fátima Carmino, Reinaldo Filho, Ricardo Véras e Daniel Miranda.

Na platéia, vários secretários do prefeito e assessores, como: Secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Adalgisa Moraes Souza; os secretários de Projetos Especiais, Governo, Educação e Saúde, respectivamente Edrivandro Barros, Arlindo Leão, Rafael Alves e Rejane Moreira; o superintendente de Cultura, Albert Piauí, o  superintendente de Comunicação, Bernardo Silva, o Procurador Geral do Município, Ricardo Mazulo, além do superintendente do Patrimônio e União, Marcos Morais, entre outros.

POR:BERNARDO SILVA

Garota de programa é morta com 9 tiros e tem bico do seio arrancado

A jovem Ana Beatriz Vieira Lacerda, de 18 anos, foi encontrada morta com nove tiros e teve o bico de um dos seios arrancados. O corpo foi localizado na madrugada de domingo (02/02), em matagal, próximo ao condomínio Vila de Gaia, em Novo Aleixo (AM).

Segundo a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), um morador chegou a escutar os barulhos de tiros e acionou a guarnição. Os disparos teriam sido feitos por ocupantes de um carro de cor cinza.

Ainda conforme a polícia, a jovem tinha envolvimento com o tráfico de drogas e também era garota de programa.

Equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e do Departamento de Polícia Técnico Científica (DPTC) estiveram no local para iniciar as investigações sobre esse caso.

Imagens de câmeras de segurança das proximidades deverão ajudar nas investigações.

As informações são do No Amazonas é Assim.

Marinha: venda de terrenos pode render R$ 3 bi à União

Por Agência Brasil

A venda de cerca de 300 mil terrenos de marinha (próximos da linha das marés) em todo o país pode render R$ 3 bilhões à União. O levantamento foi divulgado na semana passada pela Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União do Ministério da Economia.

Atualmente, a propriedade desses terrenos é dividida entre a União e um particular – cidadão ou empresa. O particular fica com 83% do domínio, cabendo à União a posse dos 17% restantes, num regime chamado de aforamento. Nesse modelo, o ocupante paga a taxa anual de foro, espécie de aluguel pelo uso da parte pertencente ao governo.

O Ministério da Economia pretende vender os 17% da União aos ocupantes, que passarão a ter total posse dos terrenos. Embora o instrumento exista na legislação, a Medida Provisória 915, editada no fim de dezembro, simplifica os procedimentos para a remissão de foro, nome oficial desse tipo de venda.

A medida provisória também agiliza a avaliação do valor das propriedades. Até o fim do ano passado, o terreno precisava receber a visita de um agente da União para ser avaliado. Agora, o procedimento passará a ser feito automaticamente, por meio de uma avaliação informatizada baseada em modelos estatísticos adaptados a cada localidade. Nas próximas semanas, o Ministério da Economia editará uma portaria regulamentando a avaliação eletrônica.

O modelo de aforamento baseia-se num contrato de 1831 que delimitava as áreas pertencentes à União conforme o movimento das marés. Segundo a Superintendência do Patrimônio da União (SPU), esse regime não condiz com a realidade atual, o que justifica a venda dos terrenos em larga escala.

Piauí não está preparado para o coronavírus e preocupação é com o Carnaval, diz coordenadora

A coordenadora de Epidemiologia da Secretaria Estadual de Saúde, Amelia Costa, admitiu nesta sexta-feira (31) que o Piauí ainda não tem estrutura para lidar com casos do novo coronavírus. Equipes da Sesapi já se reuniram com o  governador Welington Dias (PT) para tratar sobre o assunto. 

A coordenadora ressalta que a dificuldade é nacional e por isso na próxima semana todos os secretários estaduais de Saúde do país estarão reunidos em Brasília para apresentar planos de contingência ao Ministério da Saúde e informar sobre necessidades . 

“O Brasil em peso está com essa dificuldade. Não estamos preparados ainda para receber esse evento, exceto em São Paulo, onde estão os grandes centros. Agora sabemos que a preocupação imediata é adquirir realmente o que a gente precisa”, disse Amelia. 

Preocupação com carnaval 

Nos próximos dias equipes da Sesapi iniciam visitas em cidades do Piauí onde tradicionalmente há festas carnavalescas e fluxo de turistas. 

As visitas começarão em Floriano e Parnaiba. Haverá trabalho de sensibilização nos hospitais e alertas para a população sobre os riscos de contágio do novo coronavírus. 

Amélia Costa destaca que “não há motivos para pânico” já que até agora nenhum caso da doença foi confirmado no Brasil. Mas segundo ela, a possiblidade do coronavírus chegar ao país é alta e é preciso cuidados nas festas de carnaval. (Com informações de Izabella Pimentel)

Pagamento da cota única do IPVA com 15% de desconto é prorrogado até dia 7

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PI) prorrogou o pagamento da cota única do IPVA com 15% de desconto. O prazo, que terminaria nesta sexta-feira (31), agora segue até 7 de fevereiro. O desconto é válido para veículos de todos os finais de placa. O boleto pode ser impresso tanto no site do Detran como no da Secretaria da Fazenda.

O Detran também prorrogou para o dia 7 o pagamento do licenciamento para veículos com placa final 1.

“Alguns contribuintes estão tendo dificuldade para imprimir o boleto, por isso demos mais esse prazo para que ninguém perca essa oportunidade”, informou o superintendente da Receita Estadual, Emílio Junior.

A partir do dia 8 de fevereiro, quem optar por pagar o IPVA em cota única terá um desconto de 10%. Em março, o contribuinte ainda terá desconto no pagamento integral, só que agora com o abatimento de 5%.

Pagamento em três cotas

De acordo com o novo calendário, o pagamento do IPVA pode ser feito também em três cotas, só que sem desconto. O vencimento da 1ª cota é no dia 31 de março. As seguintes no dia 30 de abril e 29 de maio, último dia útil do mês.

Jogando pedras na Universidade Federal do Piauí

Themístocles endureceu o tom do discurso (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)

No evento de lançamento da pré-candidatura de Dr. Pessoa a prefeito de Teresina nesta quarta (29), o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí demonstrou irritação com as críticas de que Pessoa não tem capacidade de governar. Para Themístocles, quem diz que o pré-candidato não tem capacidade está atirando pedras na Universidade Federal do Piauí.

“Dr. Pessoa é médico e professor. Como é que o cidadão pode dizer que um professor federal não é capaz? Na hora que o cidadão diz isso ele tá jogando pedra no Instituto Federal e na Universidade Federal. O Dr. Pessoa é professor da Universidade Federal. É médico e professor dos médicos. Quando o cidadão diz que o Dr. Pessoa não está preparado é porque não conhece nem história e tá jogando pedra na Universidade Federal, não gosta da universidade. Esse é um discurso que não merece credibilidade, não merece respeito”, falou.

Themístocles, que esteve no palanque do prefeito Firmino Filho em 2016 e defendeu a eleição do tucano para o 4º mandato, agora faz críticas à quantidade de anos que o gestor está no poder. Segundo ele, é preciso mudar o jeito de administrar Teresina com o MDB.(Gustavo Almeida)