Deputado quer evitar que Banco do Nordeste perca recursos

Júlio César sai em defesa do Banco do Nordeste (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

A Câmara dos Deputados deve aprovar na próxima semana um destaque apresentado pelo deputado federal Júlio César (PSD-PI) à Medida Provisória 897, conhecida como MP do Agro. A intenção do parlamentar piauiense é evitar que o Banco do Nordeste perca recursos.

O texto da MP previa que dinheiro do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FNE), administrado pelo Banco do Nordeste, seria remanejado para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a fim de favorecer cooperativas de crédito em todo o país, a maioria delas em estados que ficam fora do Nordeste.

“Eu fiz a projeção de quanto representava [de perda]. Dá em torno de R$ 6 bilhões. Se tirar R$ 6 bilhões fica quase nada. Então, nós conseguimos convencer e apresentamos um destaque já na reta final que deverá ser aprovado nessa próxima semana. Com isso, ficam mantidos os recursos integrais do FNE para o Banco do Nordeste”, afirmou Júlio César nesta sexta-feira (14) em Teresina durante evento que reuniu a bancada federal do Piauí.

O texto base da MP do Agro foi aprovado na Câmara na última terça-feira (11), mas vários parlamentares apresentaram destaques propondo alterações. O Banco do Nordeste é um dos principais fomentadores do crédito na região Nordeste do Brasil, principalmente para o meio rural. Em 2019, a instituição investiu R$ 3,7 bilhões somente no estado do Piauí. (Gustavo Almeida)

Governo envia para Alepi mensagem sobre reajuste da educação na segunda (17)

A Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) receberá, na segunda-feira (17), a mensagem e o projeto de lei que dispõem sobre o reajuste de 4,17% para todos os servidores ativos e inativos da Educação estadual. A informação é do secretário de Governo, Osmar Júnior, que nesta semana já esteve na Assembleia dialogando com o presidente da casa, deputado Themístocles Filho (MDB), e com o líder e vice-líder do governo, deputados Francisco Costa (PT) e Evaldo Gomes (PTC), respectivamente.

O Piauí sempre pagou acima do piso nacional estabelecido pelo governo federal. Hoje, o menor salário de um professor no Piauí é de R$ 2.910, portanto, acima do valor do piso nacional definido para 2020 que é de R$ 2.886,15. “O que o governador sempre fez foi usar o índice aplicado no piso para dar reajuste para toda a categoria. Em razão da crise atual, isso não será possível. Estamos com limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e tem a própria crise financeira no Estado”, observa Osmar Júnior.

A proposta do governo eleva o piso estadual para R$ 3.167,17 e vai aplicar o índice de 4,17% para todos os professores, de todas as categorias e classes, ativos e inativos, e trabalhadores administrativos. “Portanto, é uma medida que visa fazer um esforço de correção dos salários, é claro que limitado pela LRF, e ao mesmo tempo a garantia de que o Piauí continuará, como sempre fez, pagando professores acima do piso nacional”, declara o secretário.

Bolsonaro envia ministro do Turismo ao Piauí para cumprir agenda com Mão Santa

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio estará de volta ao Piauí nesta s quinta-feira (14). Ele pernoita em Parnaíba. A visita será, de certa forma, para amenizar o constrangimento causado na última vez em que ele esteve no estado, onde conheceu alguns pontos do litoral piauiense ao lado do governador WD e prefeitos da região, menos Mão Santa, o fiel escudeiro do presidente Bolsonaro.

A informação, é que na época, Marcelo Álvaro teria deixado o prefeito parnaibano de lado, sem ter conhecimento de sua proximidade com o presidente, que no dia seguinte, prometeu que o ministro retornaria à cidade para cumprir agenda ao lado de Mão Santa.

Dito e feito, um mês depois, Marcelo Álvaro retorna ao Piauí e junto com eles virá o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR), Gilson Machado, e o responsável pela área de pesca no Governo Federal, para tratar sobre investimentos no litoral. Mão Santa tá podendo mesmo!

Juntos, dois ex-prefeitos tentan derrotar PT nas eleições em Picos

O ex-prefeito de Picos, Gil Paraibano (PP), que vai concorrer às eleições municipais da cidade este ano, anunciou que o também ex-prefeito, José Neri (PTB), será o seu candidato a vice. Os ex-gestores tentarão juntos derrotar o empresário Araujinho, que é o nome do PT para sucessão do prefeito, padre Walmir. (Por: Silas Freire)

Deputado pede apoio popular para PEC que põe fim a penduricalhos

Deputado pede apoio popular para PEC que põe fim a penduricalhosPedro Cunha Lima quer acabar com auxílios creche, babá, paletó, mudança, livro, saude…

O deputado Pedro Cunha Lima (PSDB-PB) pede pressão da opinião pública para a Câmara votar e aprovar sua PEC dos Penduricalhos, que acaba privilégios no serviço público como os auxílios creche, paletó, mudança, livro, saúde, jornais e alimentação. Ele protestou contra o fato de a elite do serviço público (procuradores, auditores etc) receber entre R$1.200 a R$2.500 a título de “auxílio-creche” enquanto apenas 32% das crianças, a maioria muito pobre, têm acesso a creche. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Colegas do deputado paraibano já o abordaram reclamando da sua pregação contra os privilégios. Acham que é “ataque ao Legislativo”.

O Senado não vota projeto de Cunha Lima, aprovado na Câmara, que extingue carro oficial. É que todo senador tem direito a essa mordomia.

A estatal de energia CEB, de Brasília, quebrada e devendo R$1,2 bilhão, firmou acordos que a obrigam há anos a pagar “auxílio-babá”.

Pedro Cunha Lima concluiu que o meio onde vive merece a reputação conquistada: “Político tem rejeição porque tem que ter mesmo”.

O Nordeste, enfim, no Ministério

O Nordeste não foi generoso com Bolsonaro nas urnas, nem no primeiro nem no segundo turnos. Perdeu para Fernando Haddad, no confronto final, mesmo por uma diferença pequena em alguns Estados. Ao longo do acirramento final da disputa não soube captar o sentimento do eleitorado nordestino de que seria o instrumento para tirar o PT do poder, pondo fim à roubalheira generalizada.

Bolsonaro não encontrou ressonância sequer na principal bandeira que assumiu com os menos favorecidos: o pagamento do 13º salário do programa Bolsa-Família, promessa cumprida. Mesmo não valorizado pelos nordestinos, o presidente não teria o direito de expurgar a Região do seu Ministério. No primeiro ano, não se viu uma alma nordestina despachando na Esplanada dos Ministérios.

Ontem, um nordestino do Rio Grande do Norte, especializado em sistema previdenciário, assumiu a pasta de Desenvolvimento Regional: o ex-deputado federal Rogério Marinho. Competente, articulado e respeitado, deu um show na discussão da reforma da Previdência, sendo o principal protagonista que falava em nome do Governo.

Não sei, na verdade, se ele entende de políticas regionais, mas se sua atuação na nova pasta se der na mesma direção em que atuou na Previdência, o Nordeste estará em boas mãos. Como é influente com o rei, pode canalizar um novo direcionamento aos Estados nordestinos que, historicamente, vivem de pires nas mãos em Brasília.

O Nordeste não é terreno fértil do ponto de vista político para o Governo Bolsonaro, porque todos os governadores, sem exceção, foram eleitos no campo de oposição, entre os quais dois dos mais influentes, Bahia e Ceará, empunhando a estrela do PT. Bolsonaro já deu alguns sinais de que não discrimina. Numa entrevista ao blog, o governador do Ceará, Camilo Santana, que é do PT, defendeu o fim da política do ódio por parte de colegas da Região, afirmando que não tinha do que reclamar do tratamento dispensado pelo presidente ao seu Estado.(Magno Martins)

Inauguração de postes de energia no Piauí é alvo de críticas na internet

A inauguração da extensão da rede de iluminação pública na cidade de Santana do Piauí, no interior do estado, viralizou entre internautas. O caso virou motivo de críticas após uma foto oficial que mostra um poste de energia envolto em um laço verde e amarelo com várias pessoas ao redor participando da solenidade. Logo surgiram comentários em tom de piada repercutindo que a prefeitura da cidade havia inaugurado a estrutura de concreto. 

Foto: Reprodução WhatsApp

A prefeita Maria José de Sousa Moura disse ao Cidadeverde.com que o descerramento do poste de energia elétrica simboliza a inauguração da extensão da rede de iluminação pública. 

“Não dava para colocar a fita em toda a rede elétrica, por isso colocamos em um poste para  simbolizar a obra de extensão da rede. Em tempos de internet, as pessoas fazem piada com tudo, mas não param para pensar a importância da obra para as 10 famílias beneficiadas que estavam há 25 anos sem passar um inverno sem medo de choque, um eletrodoméstico queimar ou aqueles postes de madeira caírem”, disse a prefeita. 

Foto: Edvan Araújo/Agoraed

Ela explica que a extensão da rede elétrica consistiu na troca de gambiarras de sete postes de madeira por estruturas de concreto beneficiando dez famílias das comunidades rurais Malhada Vermelha e Engano. Ao todo foram construídos 400 metros de fiação, totalizando cerca de R$ 10 mil. 

Apesar da repercussão negativa, a prefeita conta que também tem se divertido com a situação e procurado encarar com bom humor.

“Foi uma brincadeira de mau gosto, mas é liberdade de expressão. Então, vamos rir juntos. Não me importo com que as pessoas de Teresina, Picos ou outro lugar do mundo falem. Aceito na maior tranquilidade, pois o que importa é que a população ficou feliz e satisfeita. A obrigação da instalação não era da prefeitura, mas sim da concessionária de energia. De toda forma, lutamos por essa obra pois era uma reivindicação antiga. É periodo eleitoral e vai aparecer muita situação assim”, desabafou a prefeita de Santana do Piauí. 

Graciane Sousa

Não tinha polícia no Albertão no domingo: os ônibus estavam a serviço do Secretário candidato Abreu

Segundo uma fonte da Polícia Militar, inclusive de oficiais, de fato faltou policiais militares para evitar aquela confusão no jogo River e América de Natal, e que o contingente era só para dar segurança à arbitragem.

Mas mesmo o efetivo sendo pequeno, pelo menos mais 3 dezenas de PM’s poderiam estar ostensivamente no estádio. O problema é o transporte para deslocamento, pois segundo essa fonte os ônibus e microônibus para carregar essa tropa no final de semana, estão sempre a serviço do trabalho político social que a PM vem realizando na periferia, inclusive levando times de futebol dos bairros e servindo aos pelotões mirins.

O que será que tem a dizer o comandante Lindomar Castilho???? (Por: Silas Freire)

Senador Ciro Nogueira já anda no estado como governador paralelo

O senador Ciro Nogueira (PP) circulou pelo Norte do estado nesta segunda-feira (10) com ares de governador, segunda comentou Silas Freire, em seu blog.

Ciro Inaugurou obras em Capitão de Campos e Domingos Mourão e, ao lado de lideranças como Wilson Brandão, Marden Menezes e Luís Menezes assinou até ordens de serviços para obras de recuperação das barragens do Açude Caldeirão e Anajás, em Piripiri.

O homem, mesmo sem muito poder em Brasília, fará agora uma agenda de inaugurações para parecer um governador paralelo, deixando o sentimento de que se for governador, homem faz até chover.

O problema de Ciro é o fantasma da Lava-Jato que está se tornando real

O senador também teve uma notícia ruim nesta segunda feira: ele foi denunciado pela procuradoria da república por propina recebida da Odebrecht no valor de R$ 7.3 milhões de reais. A equipe da Lava-Jato quer o senador condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Parece que os principais adversário do Cirinho não será nem o PT nem o MDB, mas a PF e a PGR, e essas duas siglas já tem derrotado muita gente.

Professores realizam protesto em frente ao Palácio de Karnak

Na manhã desta segunda-feira, 10 de fevereiro, os profissionais da rede pública estadual de educação realizaram um protesto em frente ao Palácio de Karnak. Os professores reivindicam o pagamento do reajuste salarial e melhores condições para a educação.

Os profissionais do magistério aprovaram greve geral em assembleia realizada na última terça-feira, 4 de fevereiro, pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Piauí (Sinte-PI).

De acordo com a professora Paulina Almeida, presidente do Sinte-PI, os profissionais estão cobrando do Governo do Estado os reajustes referentes aos anos de 2019 e 2020.

“Nós estamos buscando a nossa valorização profissional, que é um percentual referente a 2019 de 4,17% para ativos, aposentados, professores e funcionários, e estamos buscando também a valorização referente a 2020, que é o percentual de 12,84%”, explicou.

A presidente do sindicato afirmou ainda que a greve geral foi deflagrada devido às tentativas de diálogo dos professores com o Governo do Estado não terem obtido êxito.

“Nós já deflagramos greve com início na data de hoje. O Governo do Piauí insiste em não dialogar com os trabalhadores, por isso nós decretamos greve por tempo indeterminado, até que o governador do estado possa conversar com a categoria”, finalizou. (KELVYN COUTINHO)

Marden Menezes vai trocar o PSDB pelo Progressista de Ciro Nogueira

O combativo deputado estadual Marden Menezes vai trocar o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) pelo Progressista do senador Ciro Nogueira, no Piauí.

Aliados no interior foram informados neste final de semana pelo próprio parlamentar sobre o novo rumo que ele irá seguir. Por sinal, Marden acompanha os passos de seu pai, Luiz Menezes, prefeito de Piripiri, que migrou no ano passado para o Progressista.

Experientes observadores políticos avaliam que a filiação do deputado ao Progressista fortalece as pretensões de Ciro na oposição a Wellington Dias (PT) para 2022.(Feitosa Costa)

Vice-presidente da FIEPI é pré-candidato a prefeito

O empresário Humberto Cronemberger, vice-presidente da FIEPI (Federação das Indústrias do Piauí), é pré-candidato a prefeito de Canto do Buriti, no sul do Estado.

Cronemberger, que é filho do município,  ingressa na política defendendo  políticas de apoio ao desenvolvimento da região e já conta com apoio das principais lideranças do PSDB e de líderes empresariais.

Na foto, o pré-candidato ao lado dos presidentes da FIEPI, Zé Filho, e da CNI (Confederação Nacional das Indústrias), Robson Braga.(Com informações de Elivaldo Barbosa)

“Vamos transformar o Piauí em um estado comunista com a máxima urgência!”

Regina Sousa

Comunismo

Da vice-governadora Regina Sousa, nas redes sociais:

– Então é assim: A China constrói hospital em dez dias e Cuba manda remédios fabricados lá. O comunismo ameaça o mundo!

Falta o Piauí

Bem, se é assim, então vamos transformar o Piauí em um estado comunista com a máxima urgência!

Só assim, então, se verão concluídas obras como o Centro de Convenções de Teresina, a rodovia Transcerrados, a duplicação dos acessos a Teresina, a nova Maternidade da capital, a galeria da zona Leste e muitas outras que estão por aí no cemitério de obras inacabadas.

Algumas delas foram iniciadas há quase 15 anos. (Fonte: Zózimo Tavares)

E a nova Barragem de Algodões?

Por:Zózimo Tavares

O Governo do Piauí informou, na semana passada, que concluiu o pagamento das indenizações às vítimas da Barragem Algodões.

No total, foram repassados às famílias R$ 51 milhões, divididos em 30 parcelas.

A Barragem Algodões rompeu em 27 de maio de 2009, no município de Cocal, região norte do Estado. Foi a maior tragédia ambiental da história do Piauí.

Para o pagamento das indenizações, o Governo do Estado fez um acordo com a Associação das Vítimas e Amigos da Barragem Algodões (Avaba).

Das 1.200 famílias diretamente atingidas, 970 foram indenizadas. A Justiça avaliou todo o prejuízo causado pela tragédia em R$ 400 milhões.

Acordo baixa valor

No entanto, através de um acordo extrajudicial – que envolveu o Judiciário, o Legislativo e o próprio governador -, a Associação das Vítimas de Algodões aceitou reduzir o valor da indenização de R$ 400 milhões para R$ 60 milhões, pagos em parcelas.

 “O governo, com o pagamento da parcela 30, cumpre a sua obrigação moral e judicial. Todos valores acordados pelas vítimas foram recebidos diretamente em sua conta individual”, ressaltou o secretário da Sasc, Zé Santana.

Não é bem assim! O Governo do Estado ainda deve aos sobreviventes de Algodões a construção de uma nova barragem, prometida após a tragédia.

A obra chegou a ser licitada em 2015, mas até agora não saiu do papel.

A barragem de Algodões era o meio de vida de milhares de famílias no Vale do Piranji.

Elas se dedicavam a atividades de agricultura, pecuária e de piscicultura. Com a destruição da barragem, muitas delas ficaram sem trabalho e sem renda e estão passando fome.

A situação vai se tornar ainda mais crítica a partir de agora, com o fim do pagamento das parcelas da indenização.

Possíveis trocas na Educação e Turismo animam políticos em Brasília

Possíveis trocas na Educação e Turismo animam políticos em BrasíliaNão haverá reforma ministerial, mas as batatas de Weintraub e Alvaro Antonio já assaram

Jair Bolsonaro não promoverá reforma ministerial, mas a hora dos ministros da Educação e do Turismo vai chegar, e sem demora, dizem políticos governistas, animados com a possibilidade de influenciarem na escolha dos substitutos. O presidente reconhece a lealdade dos ministros Abraham Weintraub e Marcelo Alvaro Antonio, mas a dupla virou um problema que lembra a situação de cadáveres insepultos. “Não tem prazo”, avisa importante líder, “mas esses dois vão rodar”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Apesar de usina de problemas, Weintraub agrada o presidente por encarar setores hostis. De quebra, ainda arranca risadas do chefe.

Do tipo que “não abandona os seus”, Bolsonaro decidiu dar nova chance ao ministro da Educação, mas a porta de saída está próxima.

O ministro do Turismo, mais esperto, evita fazer marola esperando que o esqueçam. Até a próxima operação da Polícia Federal.

Assim como celebra a ideia de Rogério Marinho no Desenvolvimento Regional, o presidente quer acertar em cheio, no MEC e no Turismo.

Governo acha que Ciro tá botando terra nos financiamentos

O Palácio do Karnark tem expressado preocupação com os travamentos aos empréstimos aprovados na Alepi, no decorrer do ano passado, a cada dia surgem fatos novos e o Estado nunca viu um tostão.

Recentemente uma ação da justiça acatando ações da rede bancária, pode tornar a entrada desses recursos nas contas do governo inviável. Palacianos chegam a dizer que há uma ação orquestrada por trás de tudo isso, e alguns petistas acham que tem o dedo do senador Ciro Nogueira, na máxima de que se o governo estiver com os cofres vazios nas eleições deste ano, será uma presa fácil para os Progressistas se tornarem o senhor dos votos em 2022.(Silas Freire)

PT chega podre aos 40 anos de partido e com Lula deixando de ser ‘ídolo’

Por:Silas Freire

Edição:B. Silva

Não era o que a cúpula do PT imaginava para o aniversário do partido, que está completando seus 40 anos. A sigla fica madura, mas chega na flor da idade podre, com seu maior líder, o ex-presidente Lula, perdendo o status de ídolo do Brasil.

A cúpula dos petistas imaginou que Lula solto arrancaria aplausos, multidões de seguidores e sairia da cadeia como uma vítima aclamada pelo povo. Mas o que aconteceu foi o contrário, atualmente o ex-presidente seleciona com cuidado suas aparições públicas, pois as vaias e nomes de ladrão estão substituindo as aclamações a que o líder era acostumado. Claro, que na região Nordeste ainda tem muitos apaixonados, mas não a ponto de irem às ruas.

Em contrapartida, no Sul e Sudeste o constrangimento é certo. Não era esse o plano do PT para seus 40 anos.

Governo do Piauí estabelecerá valor de R$ 3.167 como piso dos professores no PI:Para conter a greve???

O Governo do Estado do Piauí encaminha para a Assembleia Legislativa nesta semana um projeto de lei estabelecendo que o menor valor pago para os professores 40 horas da rede estadual de ensino seja no valor de R$ 3.167,17. Com isso, o piso estadual se manterá acima de R$ 2.886,24, que é o valor definido nacionalmente pelo Governo Federal. A lei permitirá incorporar ao salário o percentual de 4,17%, concedido ano passado, com auxílio, em acordo com a categoria. 

Palácio de Karnak

A medida do Governo visa manter o compromisso de pagar um valor sempre acima do piso, como feito nos últimos anos, e garantir aos professores um diferencial positivo em relação ao valor definido como piso nacional. Além do piso acima do valor nacional, o Governo do Estado irá manter o auxílio al

(Jhone Sousa)imentação pago aos professores ativos, já no contracheque de fevereiro. O valor aplicado será de 4,31%, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). 

Vale ressaltar que, atualmente, o menor vencimento do professor 40 horas, que está em sala de aula, é R$ 3.451,20, acrescido de 4,17% em forma de auxílio alimentação. Esse valor também é o definido para quem que inicia a carreira na rede pública estadual. 

Desde que o piso nacional dos professores foi instituído em 2008, o Piauí vem pagando um salário acima do referencial nacional, sendo o valor do estado o 11º maior do país. Em 2019, enquanto o piso nacional era no valor de R$ R$ 2.557,74, o Piauí já pagava R$ 2.910 como menor valor da categoria para professores 40 horas. 

Em todo o país, oito estados não cumprem o piso dos professores: São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Espirito Santo, Goiás, Sergipe e Pará. 

A lei enviada pelo Governo do Estado terá valor após sua aprovação e será condicionada sua execução aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

(Jhone Sousa)

Deltan move ação contra ator Zé de Abreu

Do Terra, Por Conteúdo Estadão

O procurador da República Deltan Dallagnol entrou com ação indenizatória de danos morais contra o ator Zé de Abreu, por “constantemente ofender a honra e dignidade”. A ação pede indenização de R$ 41,8 mil. Em dezembro, o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, entrou com mesmo tipo de ação contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na ação movida nesta semana, o advogado de Deltan afirma que o autor do pedido é conhecida coordenador da Lava Jato, “cuja operação é reconhecidamente a maior já existente de combate à corrupção e lavagem de dinheiro da história do Brasil”. E que isso traz reconhecimento por maioria da população, mas também ataques.

“Ao combater o estado de coisas que imperava no País, o autor também passou a ser atacado por pessoas que de alguma forma se sentiram atingidas pelas iniciativas do MPF, como é o caso, lamentavelmente, do réu Zé de Abreu, conhecido artista de televisão da Rede Globo, que vem se aproveitando de sua notoriedade para constantemente ofender a honra e dignidade do autor.”

Os ataques, segundo a ação, são feitos principalmente na internet por meio da conta do ator no Twitter, que tem 421 mil seguidores.

No pedido de indenização, Deltan registra que “defende a validade do debate público, a necessidade de críticas contra quem quer que seja, o direito que todo o cidadão tem de expressar sua opinião”. “Mas não pode mais ficar passivo diante do ataque maciço contra sua honra e dignidade que vem recebendo constantemente” de Zé de Abreu, nome artístico de José Pereira de Abreu Júnior.

“Ao chamar o Autor de bandido, canalha, bandido sem caráter, vagabundo, verme, bandido da pior espécie, rato, idiota, imbecil, além ainda de associá-lo como membro de um orgcrim (organização criminosa) e dizer canalha, vai para a cadeia, é evidente que o réu (José de Abreu) não exerceu qualquer direito de expressão ou de crítica, mas partiu para deliberado ataque à honra e dignidade do autor, provando ser pessoa que não convive com opiniões diversas, que desrespeita a vida alheia e debocha dos estatutos legais e institucionais do Brasil.”

Os valores, se recebidos, serão destinados à uma instituição de caridade.

Olha a qualidade dos nossos políticos:”Átila Lira defende continuidade modelo W. Dias”

Esta semana, de acordo com o jornalista Gustavo Almeida, “o deputado federal Átila Lira (Progressistas disse  não se preocupar com os atritos recentes entre Progressistas, sob o comando de Ciro Nogueira,  e PT. Experiente na política, ele acha que quando chegar a eleição os dois partidos vão estar juntos novamente para ganhar a disputa e continuar o trabalho do governador Wellington Dias (PT). Átila, até alguns meses atrás, era oposição ao governo.

Ora, com o PT comando do Piauí, desde 2003, exceção apenas nos 4 anos de Wilson Martins, que foi vice do PT, qual o progresso real que o Estado experimentou? Ao que se sabe, financeiramente Wellington Dias, com seus empréstimos, compromete o futuro das novas gerações, deixando ingovernável este pobre estado que patina dentre os 3 mais pobres da federação. Como defender um modelo desses? Só pode ter bebido muito, esse deputado! Ou então não mora no Piauí!!!

 

Se Maia deixar caducar, Bolsonaro vai reeditar MP da carteira estudantil gratuita

Se Maia deixar caducar, Bolsonaro vai reeditar MP da carteira estudantil gratuitaPresidente da Câmara fez acordo para devolver “negócio” milionário ao PCdoB e entidades controladas pelo partido

Se deixar caducar a medida provisória que criou a carteirinha estudantil digital e gratuita, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, passará vergonha: o presidente Bolsonaro reeditará a MP, até porque 2020 é outro ano legislativo. Maia quer estudantes pagando R$35 à UNE/Ubes pela carteirinha. Em 2017, quando ainda não escondiam os valores, essas entidades ligadas ao PCdoB admitiram faturar R$14,3 milhões. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Maia tem acordo com o PCdoB para devolver o negócio de carteirinhas pagas às entidades “estudantis” que aparelham, como UNE e Uneb.

Parceiro de Maia para ressuscitar o negócio, Orlando Silva (PCdoB-SP), ex-ministro de Lula, pagava até tapioca com cartão corporativo.

A aliança com o PCdoB não é recente: foi Rodrigo Maia quem impediu a instalação da CPI da UNE, para investigar maracutaias na entidade.

Maia, que se gaba da própria esperteza, parece acreditar que o PCdoB faria um casamento (de jacaré com cobra d’água) com o DEM.