Regina Duarte aceita convite para secretaria de Cultura de Bolsonaro

A atriz Regina Duarte aceitou o convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro para a Secretaria de Cultura do governo federal. A decisão foi confirmada ao blog por membros da classe artística. Os dois se reuniram nesta segunda-feira (20), no Rio de Janeiro.

Presidente Jair Bolsonaro e ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, em reunião com Regina Duarte —

Após a reunião, o Palácio do Planalto confirmou que Regina irá a Brasília na quarta-feira (22) para conhecer a estrutura da Secretaria Especial de Cultura – mas não cravou que ela assumirá o cargo. O comunicado do Planalto diz:

“Após conversa produtiva com o presidente Jair Bolsonaro, Regina Duarte estará em Brasília na próxima quarta-feira, 22, para conhecer a Secretaria Especial de Cultura do governo federal. ‘Estamos noivando’, disse a artista após o encontro ocorrido nesta tarde no Rio de Janeiro.”

Pela manhã, Regina publicou em rede social que teria uma conversa “olho no olho” com o presidente da República. “Olha só , querido seguidor, que dia importante para ter sido chamada ao Rio para uma conversa ‘olho no olho’ do nosso Presidente da República”, dizia a postagem.

“De tudo quero tirar uma lição , um aprendizado . E vambora ! Com muito amor no coração”, concluiu a atriz.

Novas placas de veículos serão obrigatórias a partir de 31 de janeiro

Após sucessivos adiamentos, começa a valer a partir do dia 31 de janeiro a obrigatoriedade de uso da placa do Mercosul em todos os estados do país. O prazo atende ao estipulado na Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de julho do ano passado, que determina que as unidades federativas do país devem utilizar o novo padrão de Placas de Identificação Veicular (PIV).

Desde a decisão pela adoção da placa do Mercosul, a implantação do registro foi adiada seis vezes. A adoção do sistema de placas do Mercosul foi anunciada em 2014 e, inicialmente, deveria ter entrado em vigor em janeiro de 2016. Em razão de disputas judiciais a implantação foi adiada para 2017 e depois, adiada mais uma vez para que os órgãos estaduais de trânsito pudessem se adaptar ao novo modelo e credenciar as fabricantes das placas.

As novas placas já são utilizadas na Argentina e no Uruguai. A previsão é que em breve comecem a valer também no Paraguai e na Venezuela.

Dos 26 Estados brasileiros, já aderiram à nova PIV Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia.

Nova placa

A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento e, para quem tiver a placa antiga, no caso de mudança de município ou unidade federativa; roubo, furto, dano ou extravio da placa, e nos casos em que haja necessidade de instalação da segunda placa traseira.

A nova placa apresenta o padrão com 4 letras e 3 números, o inverso do modelo atualmente adotado no país com 3 letras e 4 números. Também muda a cor de fundo que passará a ser totalmente branca. A mudança também vai ocorrer na cor da fonte para diferenciar o tipo de veículo: preta para veículos de passeio, vermelha para veículos comerciais, azul para carros oficiais, verde para veículos em teste, dourado para os automóveis diplomáticos e prateado para os veículos de colecionadores.

Todas as placas deverão ter ainda um código de barras dinâmico do tipo Quick Response Code (QR Code) contendo números de série e acesso às informações do banco de dados do fabricante e estampador da placa. O objetivo é controlar a produção, logística, estampagem e instalação das placas nos respectivos veículos, além da verificação de autenticidade. (Fonte: Com informações da Agência Brasil)

“Estamos fazendo ajustes em obediência às leis”- diz Mão Santa

Prefeito Mão Santa

O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, disse  hoje(20) que o momento de dificuldades financeiras do país exige rigorosa contenção de gastos e que está promovendo alguns ajustes na administração municipal, “porque fomos advertidos pela justiça, por havermos ultrapassado a Lei de Responsabilidade Fiscal. E nós sempre fomos obedientes às leis, tanto as de Deus quanto a dos homens. Mas não estamos perseguindo ninguém. Fomos advertidos por havermos ultrapassado a LRF e vamos cumprir a lei dos homens e do apóstolo Paulo que disse: quem não trabalha não deve comer. Em Piracuruca o prefeito de lá, Dr. Raimundo, que é um homem sério também, demitiu foi 50% dos servidores comissionados, pontuou.

Mão Santa negou que a Prefeitura esteja realizando demissões em massa, de professores celetistas, conforme foi divulgado por opositores do seu governo. Ele confirmou o que disse o secretário de educação, Rafael Alves, informando que apenas autorizou chamar professores efetivos para substituírem os celetistas cujos contratos estão finalizados ou finalizando, considerando o início de mais um ano letivo. “De 400 celetistas aproximadamente, não chegam a 100 os que estão finalizando seus contratos. E também estamos fazendo um reordenamento de alunos das escolas do município, para melhorar a qualidade do ensino. Tinha sala de aula com 10 alunos, que estamos remanejando para outros locais”, disse Rafael Alves.

O prefeito Mão Santa informou ainda que esses ajustes não estão ocorrendo apenas na secretaria de educação, mas também em outras secretarias onde for constatada a presença de servidores desnecessários.  Disse, por  outro lado, que orientou o secretário de finanças Gil Borges a prosseguir com o Refis na Secretaria de Fazenda, visando aumentar a arrecadação própria do município, a fim de continuar mantendo os compromissos a gestão, e realizando as obras que a população precisa.

Texto e Fotos:Bernardo Silva

 

Senador Elmano Férrer reúne oposição emcafé da manhã

Opositores de Wellington Dias se reuniram com senador (Foto: Reprodução/Facebook)

O senador Elmano Férrer (Podemos) reuniu membros da oposição em um café da manhã sábado passado (18) na casa dele. No encontro estavam os deputados estaduais Gustavo Neiva (PSB), Marden Menezes (PSDB), Teresa Britto (PV) e o ex-deputado Luciano Nunes (PSDB).

De acordo com Luciano Nunes, uma das pautas do café da manhã foi o fortalecimento das forças de oposição à gestão do governador Wellington Dias (PT). Em 2018, tanto ele quanto Elmano Férrer disputaram o governo do Piauí contra o petista.

“O dia começou com uma conversa bastante produtiva entre amigos. Fomos muito bem recebidos pelo senador Elmano Férrer. Na pauta do café da manhã, ações para o desenvolvimento do estado e o fortalecimento das oposições”, escreveu numa rede social.

Líder da oposição na Assembleia Legislativa do Piauí, o deputado estadual Gustavo Neiva destacou que a oposição segue junta. “A oposição segue unida e buscando cada vez mais o seu fortalecimento. Hoje o café da manhã foi com o senador Elmano Férrer. Conversa agradável. Seguimos em busca de melhorias para o Piauí”, falou o parlamentar.(Gustavo Almeida)

Ciro Nogueira lidera ranking de gastos do cotão com alimentação em 2019

Ciro Nogueira (PP-PI) – Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O poderoso senador Ciro Nogueira (PP) foi o que mais usou a cota parlamentar para pagar despesas com alimentação em 2019.

O ranking foi montado por O Antagonista a partir de um recorte dos dados disponíveis no Portal da Transparência do Senado feito pela equipe do senador Jorge Kajuru (Cidadania), que não gastou um real do cotão para esse fim.

A cota parlamentar é dinheiro público a que os congressistas têm direito para pagar quase tudo o que você puder imaginar. No caso do Senado, o valor anual disponibilizado varia de 252,5 mil reais a 531,3 mil reais, a depender da unidade da Federação que o parlamentar representa.

Conforme O Antagonista, em tese, o cotão só deve ser usado quando há alguma relação do gasto com a atividade parlamentar. Mas, nos últimos meses, que nem sempre assim. O senador piauiense Ciro Nogueira, que está no topo do ranking, pediu, por exemplo, o ressarcimento de pizzas compradas domingo à noite em Teresina — veja aqui.

Os gastos com alimentação, objetos deste levantamento, compõem uma categoria que também inclui despesas com aluguéis de carro, combustíveis e hospedagens.

Além de Kajuru, outros 49 senadores não usaram o cotão para alimentação em 2019. Do montante total gasto pelos 31 senadores que recorreram ao Senado para pagar essas despesas — R$ 129.011,16 –, 37% se referem às notas apresentadas pelos três primeiros do ranking: Ciro Nogueira (PP), Humberto Costa e Mailza Gomes (PP).

Prefeituras não cumprem carga horária do ano letivo:TCE de olho

Auditorias feitas em 2019 mostraram falhas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) decidiu intensificar, de agora em diante, a fiscalização para evitar que prefeituras deixem de cumprir a carga horária anual de 800 horas no ano letivo. Em auditoria realizada no final do ano passado, o TCE “descobriu” que muitas prefeituras no Piauí não fazem o total de horas exigido por lei.

O que o TCE-PI descobriu muita gente que vive nos municípios já sabia. No interior do Piauí, vários prefeitos irresponsáveis não cumprem a carga horária. Alguns municípios não chegam sequer a 700 horas e as vezes as aulas começam do fim de março para abril. Para isso, inventam tudo o quanto é de desculpa esfarrapada que só ingênuos e babões aceitam.

Alegam que o período chuvoso atrapalhou o início das aulas, dizem que estradas estão ruins por causa das chuvas e o transporte escolar não pode rodar, enfim. São as típicas desculpas de gestor público que não quer iniciar as aulas para diminuir os gastos com merenda, material de consumo, combustível dos carros do transporte escolar e por aí vai.

É a marca da malandragem!(Guilherme Almeida)

Regina Duarte elogia Bolsonaro e deve responder a convite nesta segunda-feira

Regina Duarte elogia Bolsonaro e deve responder a convite nesta segunda-feiraEla divulgou mensagem em uma rede social elogiando as conquistas do governo

A atriz Regina Duarte vai conversar pessoalmente com o presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (21), sobre o convite que recebeu para assumir a Secretaria Especial da Cultura. Ela passa o fim de semana com a família discutindo o assunto.

Em mensagem publicada em sua conta no Instagram, a atriz comentou que “nunca é demais lembrar o tanto de respeito que este governo tem pelo seu povo” em uma foto que apresenta um balanço de 10 meses de governo, incluindo “menor taxa de juros da história” e “acordos internacionais sem viés ideológicos”.

A atriz Regina Duarte foi convidada pelo governo para assumir a Secretaria Nacional de Cultura após a demissão de Roberto Alvim, na manhã desta sexta (17). Alvim deixou o cargo depois de copiar ministro de Hitler em vídeo.

Criado em 1985 pelo então presidente José Sarney, o Ministério da Cultura foi transformado na gestão de Jair Bolsonaro na Secretaria Especial da Cultura, subordinada à pasta da Cidadania, sob comando de Osmar Terra. Em novembro do ano passado, passou a fazer parte do Ministério do Turismo.

A pasta tem como responsabilidade concentrar as políticas públicas de cultura do governo federal, cuidar dos editais da área e chefiar instituições como a Biblioteca Nacional e a Funarte, por exemplo.

Presidente Bolsonaro ataca o governo Wellington Dias

Um dos inúmeros fatos marcantes da semana foi o ataque do presidente Jair Bolsonaro ao governo do Piauí, que repercutiu em toda a imprensa do Estado. No Portal Az, por exemplo, o jornalista Arimatéia Azevedo comenta om fato, dizendo:”Bolsonaro fez uma denúncia séria contra o governo do Piauí e até ataca o governo estadual.

Ele diz que um empresário australiana aguarda há três anos por uma licença ambiental e não consegue. Vê só o que Bolsonaro diz do governo Wellington Dias:“Uma visão tacanha dessas pessoas…afinal, esse Estado, governado por um petista, quanto menos informado for o povo, quanto menor for o poder aquisitivo, quanto menor instrução tiver, o cara vai se perpetuar no poder, vai comprar os votos com alguns projetos assistencialista”.

Sem Resposta

Até ontem não se ouviu um pio do governo do Estado respondendo ao presidente da República. Que, por seu turno, nem deve saber que seu ministro do turismo, Marcelo Álvaro Antônio, andou de braços dados com o petista \Wellington Dias e ainda anunciou a liberação de R$ 8 milhões para a Serra da Capivara”.

Bolsonaro: governadores do Nordeste não queriam reajuste para os professores

Sem citar nomes, o presidente Bolsonaro afirmou, durante live no Facebook na noite da última quinta-feira (16/01), que recebeu pressão dos governadores do Nordeste para que o reajuste dos professores, concedido em 12,84%, fosse vetado. 
“Chegou por vias tortuosas pra mim, alguns governadores, em especial do Nordeste, querendo que a gente vetasse esse reajuste pra eles investirem em outras áreas”, disse.
Com o reajuste, o piso do salário do professor do ensino básico vai de R$ 2.557 para R$ 2.886.
Por Apoliana Oliveira

Coronel Carlos Augusto será secretário de Segurança em abril

Por: Silas Freire

É dada como certa a indicação do ex comandante da PM, coronel Carlos Augusto, para substituir Fábio Abreu na secretaria de Segurança, quando Abreu tiver que se desligar da pasta para ser candidato a prefeito.

Detalhe: Carlos Augusto é acusado pelo Ministério Público do Piauí por inúmeras irregularidades enquanto comandante da PM.

Uespi vive seu pior momento desde sua criação

A Universidade Estadual do Piauí (Uespi) vive seu pior momento desde sua criação. Com uma péssima gestão do reitor Nouga Batista e a falta de recursos, a Uespi oferecerá o menor número de vagas desde o início do SISU, e atualmente encontra-se com 300 disciplinas sem professores. É, sepultaram nossa Uespi!

Governo Bolsonaro anuncia aumento do piso dos professores

Por Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciaram por meio de live (transmissão ao vivo) em rede social o aumento de 12,84% do piso salarial previsto no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Segundo Weintraub, o reajuste anunciado “é o maior aumento em reais desde 2009.”

O ajuste, acima da inflação de 2019 (4,31%), corresponde às expectativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) que já havia previsto o valor mínimo do magistério passaria de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. Há expectativa entre gestores municipais que uma nova lei sobre o Fundeb seja criada este ano. A lei atual só prevê a manutenção do fundo até este ano. O Ministério da Educação prepara proposta com novas regras.

Anunciamos hoje na live com o Presidente @jairbolsonaro o reajuste de 12,84% no piso salarial dos professores da educação básica. Isso passa a valer imediatamente, com o valor subindo de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. É o maior aumento registrado em termos reais desde 2009.

— Abraham Weintraub (@AbrahamWeint) 17 de janeiro de 2020

Durante a live o presidente também anunciou, ao lado do secretário de Cultura Roberto Alvim, o lançamento do Prêmio Nacional das Artes que irá destinar mais de R$ 20 milhões para produção artística nas cinco grandes regiões brasileiras.

O prêmio terá sete categorias, eruditas e populares, e prevê a seleção de cinco óperas, 25 espetáculos teatrais, 25 exposições individuais de pintura e 25 exposição de escultura, 25 contos inéditos, 25 CDs musicais originais e até 15 propostas de histórias em quadrinhos.

O edital será publicado na próxima semana no Diário Oficial da União e no site da Secretaria Especial da Cultura. O repasse de recursos entre as regiões será dividido de forma igual.

LULA quer que o PT se distancie de Ciro Nogueira

Ciro se elegeu na chapa de Wellington Dias (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Matéria do site O Antagonista publicada na tarde desta quinta-feira (16) informa que o ex-presidente Lula quer o PT distante do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas. A publicação diz que Lula já fez chegar aos ouvidos do governador do Piauí Wellington Dias que quer candidatura própria do PT em 2022 no estado.

Confira a matéria de O Antagonista na íntegra:

O presidente do PP, senador Ciro Nogueira, réu no STF, está obcecado com o plano de governar o Piauí. Como noticiamos, ele vai se licenciar do cargo — abrindo espaço para a mãe, que é sua primeira suplente — para acompanhar as eleições municipais de outubro in loco, preparando o terreno para 2022.

Ele já está em campanha. No ano passado, torrou R$ 111.760,44 da cota parlamentar — dinheiro público — somente com combustível para abastecer seu jatinho, usado para voar pelo estado.

Ciro, que em Brasília tenta manter estreita relação com o Palácio do Planalto, tentará quebrar uma hegemonia petista no estado. Para isso, começou a peitar o atual governador, Wellington Dias, considerado por Lula um “gênio da política”.

O ex-presidiário não quer entregar o segundo estado mais pobre do Brasil — com base no PIB per capita — nas mãos do chefão do Progressistas e fez chegar aos ouvidos de Dias que exige candidatura própria em 2022. Hoje, o nome mais cotado para representar o PT é o da ex-senadora — “é gópi” — e atual vice-governadora, Regina Sousa.

Em 2018, Ciro fez campanha para Haddad e se reelegeu na chapa petista. Agora, ciente de que Dias tende a obedecer o patrão Lula, se prepara para se descolar dos vermelhos. (Guilherme Almeida)

Lei que proíbe taxa para educadores físicos em academias entra em vigor no Piauí

A lei que proíbe as academias de cobrarem taxas extras pela presença de profissionais de educação física particulares, foi sancionada ontem (15), pelo governador Wellington Dias e já está em vigor.

De autoria do deputado estadual Marden Menezes (PSDB) a nova lei que protege os educadores físicos e os consumidores, prevê multa no valor da mensalidade da academia, e, em caso de reincidência, a multa a ser aplicada deverá ser de três vezes o valor da mensalidade que deverá ser paga ao Procon.

 Foto: Thiago Amaral/Alepi

Conforme a lei, os alunos, regularmente matriculados em uma academia, podem levar para dentro do ambiente um profissional particular, devidamente registrados no Conselho Regional de Educação Física (CREF), para o auxiliar nos exercícios, sem precisar prestar contas ao estabelecimento. A lei também prevê que as academias não poderão ser responsabilizadas assim, pelos atos dos profissionais de educação física particulares.

Para o presidente do CREF – Piauí, Denis Queiroz a nova lei beneficia principalmente o consumidor. “Quem mais ganha é o consumidor, pois agora o educador físico pode baixar os valores do serviço de personal trainer. É uma conquista para todos que estão envolvidos da promoção da saúde através da atividade física”.

A fiscalização e controle do cumprimento das normas estabelecidas na Lei, ficará a cargo do Conselho Regional de Educação Física do Piaui  e segundo Denis, a fiscalização vai agir através de denúncias. “Vamos estar atentos a qualquer cobrança ilegal, mas acredito que as academias irão cumprir a nova lei. Em Teresina, apenas as grandes redes faziam essa cobrança de taxa, mas eles serão comunicados e com certeza o diálogo e a harmonia irão prevalecer”, frisou.

Para o deputado Marden Menezes a nova lei protege o consumidor e valoriza o trabalho de centenas de educadores físicos: “As taxas eram cobradas de forma abusiva, pois o cliente já paga a mensalidade para usufruir da estrutura da academia e o personal vai oferecer um serviço que a academia não presta. A nova lei também protege o estabelecimento que deve ter um contrato com o profissional”, destacou o parlamentar. (Fonte: AsCom)

Deputado Dr. Hélio descarta desavença entre lideranças de Parnaíba

O deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Parnaíba, Dr. Hélio (PL), garantiu não ter inimigos na região litorânea do Piauí, desmentindo assim qualquer estremecimento na relação com as lideranças do município.

A reportagem, na manhã desta terça-feira (14), Dr. Hélio esclareceu a situação. Em 2019, Dr. Hélio chegou a fechar acordo com o ex-deputado estadual Deusimar Brito, o Tererê (PV), para disputar a cadeira de prefeito de Parnaíba, o que não foi concretizado.

Diante disso, Tererê chegou a declarar, em outubro do mesmo ano, que o deputado havia “pisado na bola”. Para Tererê, Dr. Hélio mudou de ideia depois de perder a indicação do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), como forma de retaliação à estratégia de união entre eles. Na aliança, também participava o vice-prefeito de Parnaíba, Marcos Samarone (Patriotas).

“Nós temos uma abertura de diálogo com todos em Parnaíba, não temos dificuldade de ninguém, não temos inimigo. Isso é um facilitador. O importante é que há a compreensão de que realmente Parnaíba pede por algo novo, por um discurso novo um história diferente. E eu acho que a gente se encaixa muito bem para esse momento. Mas temos várias lideranças também que são importantes, que nós respeitamos bastantes, mas eu sou daqueles que na democracia eu acredito que quanto mais possibilidades de escolhas para a comunidade melhor”, explicou o deputado Dr. Hélio.

Questionado sobre a possibilidade de alinhamento de ideias com Marcos Samarone, Dr. Hélio fez mistério e garantiu boa estruturação do partido na cidade, mas sem descartar a intenção de abertura de diálogo nos próximos meses.

“Eu acho que lá [em Parnaíba] a gente deve ter quatro ou cinco candidatos, todos eles têm a sua história e nós com a nossa história de empreendedor, médico e deputado mais votado da cidade, de alguém que é escolhido pelo voto espontâneo da região. Nós temos o apoio de poucas lideranças, mas somos sempre os mais votados na região e é com isso que a gente quer estruturar e mostrar para cidade que nós podemos fazer mais”, destacou.

Por Jonas Carvalho e Thais Guimarães/GP1

Wellington Dias: o rei da “lorota”

Ontem, em seu comentário no Portal AZ o jornalista Arimatéia Azevedo fez uma análise bem contundente a respeito do que andou dizendo o governador Wellington Dias, na segunda-feira, por ocasião da visita do ministro do Turismo ao Delta do Parnaíba. Acompanhe o que disse jornalista e tire suas conclusões:

A viagem na fantasia

Por: Arimatéia Azevedo

Aproveitando a visita do ministro do turismo, Marcelo Marco Antônio, ao Piauí, ontem, no roteiro da chamada “rota das emoções”, o governador Wellington Dias não perdeu a oportunidade de seguir prometendo o que não pode realizar. O governador divagou sobre a operacionalização do turismo na chamada rota das emoções  e, por isso mesmo, focou em voos para a região.

Dia desses, o povo passou a maior vergonha no aeroporto de Parnaíba, na chegada do voo da Azul, porque lá não tem um quiosque aberto sequer para vender ou dar água. Mas isso parece não importar. “Nós já temos uma ligação hoje com Fortaleza e Recife. Precisamos de uma ligação com Salvador, Rio, São Paulo e Brasília”, disse o governador, no seu habitual discurso quando se encarrega de decantar o que não existe no Estado.

Ele anuncia voos que levem e tragam turistas ao litoral, uma missão que sempre fracassou por falta de demanda para as companhias aéreas. Até porque  as ligações de que o chefe do governo fala são por meio de voos comerciais que só incluem Teresina. A tentativa de usar o aeroporto de Parnaíba para voos comerciais, como o da Azul Linhas Aéreas, ligando Fortaleza e, também, Campinas em São Paulo, é absolutamente fracassada.

Passageiros se esmurraram, mulheres abriram o maior barraco, a Polícia Federal entrou em cena, com o atraso do voo da Azul, semana passada, exatamente porque o aeroporto denominado João Tavares da Silva Filho está praticamente fechado. Não há estrutura alguma; não existem pontos de recepção dos passageiros e sequer funciona uma lanchonete para servir ao menos água.

Todo esse estado fantasioso de coisas, somada à má prestação de serviços dos barraqueiros da praia, afastam os turistas das belas praias, mas, prosaicamente, só servem para o governador se embalar no sonho de que o turismo no Piauí é igual ou melhor que o que oferecem os Estados vizinhos.

Na sua fantasia, Wellington Dias fala até em marina, um entreposto de pequenas embarcações, ancoradouro para embarcações de luxo, mas, assim como a ideia do Porto, a proposta da marina vai secularizar, sem se realizar.

Bolsonaro veta manobra que visa contratos sem licitações nas prefeituras do Brasil

Presidente vetou proposta construída por municipalistas – Imagem: Reprodução

Pouca gente se deu conta, mas o presidente Jair Bolsonaro livrou o país de manobras obscuras ao vetar há uma semana o projeto batizado de “PL da OAB”, que visava dispensar a administração pública de realizar licitação para contratar advogados e contadores. 

A proposta de abrir caminho para alguns prefeitos fazerem a farra com dinheiro público é de Efraim Filho (DEM-PB), deputado acusado pela delatora Livânia Farias, ex-secretária de Administração de Ricardo Coutinho, de vender por R$ 2 milhões o apoio do DEM à reeleição do socialista em 2014.

O Site O Antagonista, de relevância nacional, aponta que o projeto foi aprovado sem muito barulho no Congresso. Em dezembro, o plenário do Senado carimbou a proposta em votação simbólica, veja só, praticamente na mesma semana que foi aprovado o fundão partidário de R$ 2 bilhões para as eleições deste ano.

Felizmente, segundo o texto publicado pelo Planalto, foi o Ministério da Justiça e Segurança Pública que manifestou-se pelo veto, justificando que a proposta “viola o princípio constitucional da obrigatoriedade de licitar, tendo em vista que a contratação de tais serviços por inexigibilidade de processo licitatório só é possível em situações extraordinárias.”

Petrobras de Bolsonaro fecha torneira e corta 90% dos gastos com publicidade

Petrobras tem lucro líquido recorde de R$ 18,9 bilhões no 2º trimestreValor caiu de R$ 122,4 milhões em 2018 para cerca de R$ 8,5 milhões até julho do ano passado

Um dos maiores anunciantes do Brasil, sob comando do governo federal, a estatal Petrobras cortou drasticamente a verba publicitária no primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro. Corte chegou a 90%. Até julho de 2019 foram gastos R$8,5 milhões com propaganda em TV, revistas, jornais, rádio, internet, cinema, mídia externa e produção. Em 2018, por exemplo, o valor foi de R$122,4 milhões, 14 vezes maior. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Em 2014, ano de reeleição de Dilma e primeiro da Lava Jato, a farra da Petrobras com propaganda chegou a absurdos R$296,8 milhões.

O governo Michel Temer já havia reduzido a verba de R$259,3 milhões em 2015 para R$143 milhões em 2016 e R$170 milhões em 2017.

A estatal Eletrobras também reduziu gastos com publicidade, mas não muito: saiu de R$2,96 milhões em 2018 para R$2,3 milhões em 2019.

Através da assessoria, a Petrobras não deu maiores explicações. Atribuiu a redução à “política da empresa”, sob novo comando.

Prefeitura de Campo Maior paga R$ 3,4 milhões a vários fornecedores “não declarados”

_César Robério, Secretário de Finanças

Por Rômulo Rocha – Do Blog Bastidores

‘PAGAMENTOS SECRETOS’

A prefeitura de Campo Maior, através da Secretaria de Finanças, pagou nos anos de 2018 a 2019 a cifra exata de R$ 3.495.783,01 a fornecedores “não declarados”, segundo é possível extrair do Portal da Transparência do município. 

Até a presente data, portanto, é impossível o contribuinte saber a quem foi realmente repassada essa quantia, que se subdivide em vários pagamentos, sendo 47 no ano de 2018 e cerca de 275 pagamentos no ano de 2019.

No campo fornecedor (recebedor) consta a informação “não declarado”, depondo contra a transparência da gestão pública, já que não permite ao cidadão e aos órgãos de controle saber a quem foi direcionado esse dinheiro e fiscalizar a real execução do serviço. 

Em meio aos pagamentos há um de R$ 919.588,35 e outro de R$ 499.497,03 em 2018. Os demais são fracionados em valores menores.

Já em 2019, é possível encontrar pagamentos da monta de R$ 129.931,46 e um de R$ 143.200,00. Os demais também são fracionados.

AQUISIÇÃO DE MOTOBOMBAS ANFÍBIAS

Os dois maiores pagamentos, o de R$ 919 mil e o de R$ 499 mil, são destinados à aquisição de equipamentos motobombas anfíbias para sistema de micro e macro drenagem da bacia do Rio Surubim.

Mas não é possível saber, através do Portal da Transparência, qual empresa recebeu esse valor.

Deputado Dr. Hélio reafirma pré-candidatura em Parnaíba

Dr. Hélio diz que não abre mão da candidatura a prefeito de Parnaíba

Em viagem fora do Estado, o deputado Dr. Hélio Oliveira (PL) não acompanhou a comitiva do governador Wellington Dias na visita do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, ao Delta do Parnaíba, na segunda-feira,13. Mas sobre a situação política parnaibana, o deputado reafirmou que é pré-candidato a prefeito. 

“Nada mudou. É prioridade do PL assim como é o nosso objetivo para esse pleito, está colocando o nosso nome para a disputa na condição de candidato a prefeito”, disse o parlamentar. Quanto a acordos na base governista, Dr. Hélio esclarece: “Claro que haverá o momento de todos nós analisarmos o quadro de Parnaíba, mas até esse momento as pré candidaturas estão postas . Vamos analisar com dados.” (Com informações de Elivaldo Barbosa)

Série ‘Fome’ da TV Clube: metade dos piauienses sobrevive com até R$ 420 reais por mês

Em pleno século XXI, a fome ainda é um dos maiores dramas da população brasileira, e no Piauí os números são ainda mais alarmantes. Na série especial ‘Fome’, produzida pela TV Clube e exibida no PI TV 2 nesta segunda-feira (13/01), a dolorosa realidade de quase metade dos piauienses é revelada, indicando que esta grande parte da população vive com renda entre R$ 145,00 e R$ 420,00, na maioria das vezes oriundos do programa federal Bolsa Família.

A reportagem de Denise Freitas revelou que não é necessário ir longe para encontrar pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza no Piauí. Na Zola Leste de Teresina, área com grande concentração de renda, encontra-se o jovem Uiris Moreira, flanelinha, que se esforça para conseguir diariamente uma quantia para comprar seu próprio alimento.

    Reprodução/ TV Clube

“As vezes a gente passa em frente a algumas lojas de alimento, eu até me emociono, porque realmente eu sei o que é sentir fome, entendeu… E às vezes eu paro numa praça, às vezes eu choro, às vezes eu não sei o que fazer, e peço força a Deus, mas é ruim demais passar fome, é muito ruim”, declarou Uiris.

Ainda na capital, bairro Santo Antônio,Zona Sul, encontra-se o senhor Raimundo de Sousa, de 63 anos, que trabalhava como pedreiro, porém depois de um acidente não conseguiu mais trabalhar, e ficou sem renda para alimentar os 8 filhos, 14 netos e a esposa, e o pior, todos os filhos estão desempregados. 

    Reprodução/ TV Clube

“Quando eu trabalhava era vida boa, mas hoje em dia, do jeito que eu vivo, que horas eu digo que é melhor eu morrer que é melhor do que ficar sofrendo… Eu faço é chorar, lembrando do jeito que eu era e hoje em dia eu vivo desse jeito”, declarou Raimundo.

No Piauí, quase 42% da população vive em situação de pobreza (R$ 420,00 de renda média) ou de extrema pobreza (R$ 150,00 de renda média) e o estado é o 9º do país em indicadores que revelam a fome como um dos principais problemas, segundo dados do IBGE.

Confira a reportagem completa

(180graus)