Coronavírus: Instituto Amostragem já garantiu R$ 565 mil no governo Wellington Dias

VALOR DE 10 PESQUISAS PARA GOVERNADOR – Na pandemia, uns perdem, outros ganham. Se o clima de campanha eleitoral deu uma pausa, o governo de Wellington Dias encontrou um jeito de não paralisar as atividades dos institutos acostumados a fazer pesquisas eleitorais.

Através da Secretaria Estadual de Saúde, comandada pelo ex-prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, o Instituto Amostragem tem realizado pesquisas da amostragem estadual sobre as pessoas infectadas pelo coronavírus. As últimas estimativas do estudo realizado pelo Instituto Amostragem revelaram que 66.299 pessoas já foram infectadas no estado. Mas, com exames, os números são de 3.720 infectados.

R$ 565 MIL DA SAÚDE PARA PESQUISA DA COVID-19 – A etapa divulgada pelo governador Wellington Dias nesta segunda-feira(25) foi a quarta. Até agora, o Instituto Amostragem já garantiu dois empenhos. Um no valor de R$ 230 mil assinado no dia 23 de abril deste ano e outro no valor de R$ 335 mil assinado no dia 08 de maio, este referente à 2ª parcela.

FALTA DE TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO WD – Apesar do dinheiro para pagar o Instituto Amostragem sair dos cofres do Fundo Estadual de Saúde, o governo ainda não apresentou nenhuma cópia, nem extrato do contrato nº 36/2020. No Portal da Transparência só há informações dos empenhos liberados. O sistema ainda não tem registros dos pagamentos.

10 PESQUISAS PARA GOVERNADOR – Com uma indefinição sobre as eleições deste ano, e com a paralisação das pesquisas desde o dia 19 de março, o valor empenhado pela SESAPI para o Amostragem é correspondente a 10 pesquisas eleitorais para governador do Piauí.

Os valores de 2018 das pesquisas do Amostragem eram de R$ 55 mil cada uma.

É claro que as pesquisas contratadas pelo governo do Piauí possuem metodologia e custos diferenciados.

Mas devido ao grande volume de recursos com esse tipo de pesquisa na SESAPI, o TCE-PI deverá comparar como esses gastos estão sendo realizados em outros estados.(Código do Poder)

Pandemia: Piauí registra queda de 43% na arrecadação, a maior do País

Levantamento do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) revela que o Piauí é o único Estado com perda superior a 30% de arrecadação. A estatística – que comparou abril de 2019 com 2020 – mostra os primeiros prejuízos do estado após a pandemia do novo coronavírus. Segundo apurou o Cidadeverde.com, o Piauí teve uma perda de mais de R$ 220 milhões. 

A maior queda da arrecadação ocorreu no Piauí, 43,7%, seguida de Minas Gerais que acumula prejuízo de 27,4%, e no Ceará, 27%. No Rio de Janeiro a queda de arrecadação foi de 8,7% e em São Paulo foi de 21,3%. O Piauí tem uma receita em média por mês de R$ 440 milhões com arrecadação própria (ICMS/IPVA/IPCMD e outras taxas). 

Pelo levantamento, a perda real de arrecadação dos estados brasileiros foi de 17,4% em abril de 2020 comparado a abril de 2019. Com exceção de Rondônia, que teve aumento de 3,2%, e Roraima, aumento de 9,5%, todos os estados tiveram queda de arrecadação. 

O secretário Estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, informou ao portal Cidadeverde.com que a maior parte dessa queda de 43%  é atribuída a pandemia.

“A pandemia teve impacto e adicionado a isso teve receita extraordinária ocorrida em abril de 2019, por isso essa queda”, disse o secretário. (Com informações de Yala Sena)

Globo e Folha suspendem cobertura no Palácio de Alvorada

O Grupo Globo e a Folha de São Paulo anunciaram na noite desta segunda-feira (25/05) a decisão de suspender a cobertura jornalística no plantão do Palácio do Alvorada, onde diariamente o presidente Jair Bolsonaro concede entrevistas.

A decisão foi anunciada após mais um dia de hostilidade por parte dos apoiadores do presidente. Os xingamentos ocorreram quando Bolsonaro deixou o local avisando que não falaria com a imprensa. “No dia que vocês tiverem compromisso com a verdade, eu falo com vocês de novo”, disse.

Os dois grupos de comunicação alegaram a falta de segurança, em razão de insultos e agressões cada vez mais violentas aos profissionais de imprensa. Mesmo assim, nenhuma providência foi até agora tomada pelas autoridades para proteger os jornalistas. A decisão foi comunicada ao Gabinete de Segurança Institucional do Planalto. (Apoliana Oliveira)

Prefeitura contrata empresa de festas para transporte escolar após Operação Topique

Por Rômulo Rocha – Do Blog Bastidores

O PÓS-TOPIQUE É MAIS ASSUSTADOR AINDA EM ESPERANTINA

Esperantina, no Piauí, é conhecida, também, por seus casos que muitos chegam a chamar de “mitológicos”, coisas de mito, com personagens, por vezes, extravagantes, e com acontecimentos e políticos questionáveis. 

Última semana, o Blog Bastidores, do 180, iniciou a divulgação de detalhes que constam de um relatório da Controladoria Geral da União (GCU) sobre as contratações realizadas pela Prefeitura de Esperantina de empresas para o transporte escolar. 

O documento relata que ali entre o fim de 2016 para o ano de 2017, o próprio ano de 2017 e também em 2018, a prefeitura se abraçou de forma suspeita a empresas alvos da Operação Topique, deflagrada em 2018 pela Polícia Federal, conforme evidenciou uma série de reportagens, logo abaixo. 

Já em 2019, no pós-operação da PF, a prefeitura aparentemente se livra das investigadas e contrata uma outra empresa.

Só que essa outra empresa é também envolta em inúmeras suspeitas de irregularidades. A começar por sua sede.

LOC SERVICE LTDA

No início do processo de escolha, a empresa Loc Service Ltda já apresentou logo um documento considerado inidôneo pela CGU. Ainda por cima, junto à Receita Federal, foi constatado que prestava “serviço de organização de feiras, exposições e festas”. Não tinha empregados e possuía apenas um FIAT Estrada. 

Além de que a empresa em 2018 já havia faturado “dos cofres da Prefeitura Municipal de Esperantina a importância de R$ 1.641.728,41, referente a serviços de limpeza pública e roço manual em estradas do município“, traz o documento.

O contrato com a prefeitura para transporte escolar no ano de 2019 era da ordem de R$ 784.908,96.

Os responsáveis técnicos pelo relatório da CGU disseram foi necessário visitar a suposta sede da empresa três vezes para encontrá-la aberta.

“Na visita realizada à sede da empresa, em 09.05.2019, verificou-se que a mesma estava instalada em uma pequena casa, sem identificação na fachada, e não demonstrava possuir estrutura de empresa de transportes, como por exemplo: garagem para os veículos ou oficina de manutenção. Ademais, foram necessárias três tentativas de visita para encontrá-la aberta”, afirmam

Entre os anos de 2014 e 2019, os técnicos da CGU dizem que a empresa recebeu a cifra de R$ 3.092.164,63, entre os anos de 2014 e 2019.

Secretaria de Saúde confirma 9 mortes e 170 novos casos de Covid-19 no Piauí

A Secretaria de Estado de Saúde divulgou nesta segunda-feira (25) o boletim epidemiológico sobre a pandemia do novo coronavírus no Piauí. O estado registrou nove óbitos em decorrência da Covid-19 nas últimas 24 horas e contabiliza agora 119 mortes pela doença. 

Os óbitos registrados são de residentes dos seguintes municípios: Campo Maior (homem, 72 anos); Madeiro (mulher, 66 anos); Teresina (cinco mulheres: de 47 anos, 49 anos, 65 anos, 73 anos e 84 anos, além de dois homens: de 16 anos e 76 anos). Todos os pacientes tinham comorbidades relacionadas como doença cardiovascular, obesidade ou hipertensão. Já o adolescente fazia tratamento para câncer de osteossarcoma. 

As cidades de Teresina (57), Parnaíba (5), Água Branca (5) e Picos (4) são as que mais registraram fatalidades em função da doença. Já os municípios de Barro Duro e Gilbués registraram casos positivos pela primeira vez, elevando para 141 a quantidade de municípios piauienses com casos de Covid-19.

Dos 170 casos confirmados nesta segunda-feira, 84 são homens e 86 são mulheres com idades entre 1 ano e 82 anos. A maior de taxa de contaminação é entre pessoas na faixa etária de 30 a 39 anos. O Piauí possui agora 3.720 casos positivos e 119 óbitos por Covid-19.

Advogados pedem à OAB apuração de possíveis violações direitos fundamentais durante pandemia

Um grupo de advogados protocolou na manhã desta segunda-feira (25) um ofício junto à Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Parnaíba no qual pedem à instituição a criação de um Comitê para recebimento de relatos e apuração de possíveis violações de direitos e garantias fundamentais dos cidadãos durante a pandemia de Covid-19.

Os profissionais argumentam que tem recebido inúmeros relatos por parte de clientes, advogados e populares a cerca da ocorrência de ações intimidatórias por parte de agentes públicos,tais como, ameaça de multa, cassação de alvará de funcionamento de estabelecimento comercial, sem o devido processo legal, apreensão de bens e mercadorias e até mesmo prisão. 
 
Segundo os idealizadores, a preocupação se dá em razão dos recentes acontecimentos registrados por todo Brasil, inclusive no estado do Piauí, amplamente divulgados nos meios de comunicação dando conta prisões arbitrárias de cidadãos,

Fundação Dr. Raul Bacellar completa 26 anos

CRIADA em 26 de maio de 1994, a FUNDAÇÃO DR. RAUL FURTADO BACELLAR, localizada em Parnaíba, litoral do Piauí, está completando 26 anos de existência neste 26/maio/2020.

A entidade de direito privado foi idealizada e criada pelo próprio farmacêutico- químico, também jornalista, professor e escritor, nascido na cidade de BREJO DOS ANAPURUS, posteriormente denominada somente BREJO – MARANHÃO, em data de 26 de maio de 1891. Se vivo estivesse estaria completando 129 anos. Faleceu aos 106, constituindo-se o farmacêutico mais idoso do Brasil em plena atividade, mercê de pesquisa de âmbito nacional para o I ACERVO HISTÓRICO DA FARMACOLOGIA BRASILEIRA realizada, em 1982, pela Fundação Roberto Marinho (conglomerado do sistema de comunicação “GLOBO”) em parceria com o laboratório farmacêutico de nacionalidade francesa – “ROCHE”.

Ao longo destes seus 26 anos a FUNDAÇÃO DR. RAUL FURTADO BACELLAR, sem fins lucrativos, tem contribuído significativamente para o desenvolvimento e progresso de Parnaíba (PI) e do próprio Piauí. Neste sentido, se vê destacada a instalação de uma UTI como decorrência de parceria celebrada com a FUNDAÇÃO INTERNACIONAL PHILIPS, dispondo de 11 (onze) leitos, no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – HEDA, nesta urbe.

MANTÉM, sem qualquer ajuda financeira do Poder Público, seja municipal, estadual e/ou federal e em todos os tempos o CLUBE DA MELHOR IDADE que reúne contingente superior a 245 idosos, considerado o maior desta cidade. Também o Curso de Alfabetização para jovens, adultos e idosos; o CLUBE PARNAIBANO DE XADREZ como prática educativa para todas as idades, além de cursos de preparação profissional na área do empreendedorismo, além de outras atividades.

É mantenedora do “MUSEU VIVO – PHARMÁCIA DO POVO”, constitutivo da preservação histórica da cidade, funcionando desde 1994 no Espaço Cultural Porto das Barcas, Centro, de Parnaíba, já visitado por mais de 27 mil pessoas oriundas de diferentes regiões do Piauí, do Brasil e do exterior.

A FUNDAÇÃO DR. RAUL FURTADO BACELLAR tem sede própria na Rua Vera Cruz, nº 744, antiga residência do Dr. Raul, construída no início do século passado. É possuidora de imóvel no bairro “Planalto” que se destinará ao GRUPO DE ESCOTEIROS DR. RAUL BACELLAR – GERFUBA e de um outro na Rua Joaquim Santos, S/N, bairro Campos/Guarita, onde pretende construir (obra iniciada) o CENTRO DE CONVIVÊNCIA DO IDOSO DE PARNAÍBA (PI).

PRESIDIDA, atualmente, pelo advogado Renato Araribóia de Britto Bacellar; sua esposa, dra. Maria Cândida Couto Bacellar e pelo filho do casal, o advogado Raul Furtado Bacellar Neto, a entidade, reconhecidamente, tem ofertado inúmeros benefícios ao longo destes seus 26 anos de existência, merecendo, pois, aplausos de toda a comunidade parnaibana.

(PHB, 26/5/2020).

Ascom

A última da Justiça do Trabalho: usar maconha no intervalo não dá demissão por justa causa

Parafraseando a célebre de um político, pense num absurdo e na Justiça do Trabalho haverá um precedente. Na verdade, a justiça trabalhista brasileira é uma usina de precedentes absurdos, que leva um número cada vez maior de brasileiros a defender sua extinção.

A última da Justiça do Trabalho: usar maconha no intervalo não dá demissão por justa causaPara o TRT-10, deve ser irrelevante que o empregado retorne após o intervalo sob efeito de drogas

Um absurdos mais recente foi a decisão da Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10), que abrange o Distrito Federal e o Tocantins. Pela decisão, um empregador não pode demitir por justa causa um trabalhador que foi flagrado usando droga ilícita, a maconha, em horário de intervalo de sua jornada e fora do ambiente de trabalho, “se não afetar diretamente o contrato de trabalho”. Para o TRT-10, parece irrelevante que o usuário de maconha retorne do intervalo sob efeito da droga alucionógena.

Ao convencer os colegas de TRT-10 a reverter a justa causa para demissão aplicada pela empresa ao trabalhador flagrado portando maconha, junto a mais dois colegas, o desembargador-relator Mário Macedo Fernandes Caron ainda considerou que o empregador, em vez da demissão, poderia ter aplicado outra penalidade, ou mesmo procedimentos educativos “no intuito de resgatar o trabalhador”.

Para Caron, a finalidade “pedagógica” do exercício do poder diretivo do empregador poderia autorizar uma outra penalidade, além de “procedimentos educativos” no intuito de “resgatar” o trabalhador, evitando a penalidade disciplinar máxima. Ou seja, o trabalhador se droga e o o problema é do empregador.

“Se penalmente, o simples usuário é tratado com maior condescendência, com mais razão ainda deve ocorrer no âmbito da relação de trabalho”, concluiu o desembargador-relator ao votar pelo provimento parcial do recurso, revertendo a justa causa e determinando o pagamento das verbas rescisórias devidas.

Ao decidir dar razão ao funcionário demitido pela empresa que considerou que portar droga ilícita foi um mau procedimento, a Justiça do Trabalho reverteu a justa causa, após o juízo da 8ª Vara do Trabalho de Brasília (DF) ter negado o pleito por enquadrar o caso no artigo 482 (alínea “b”) da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).(Diário do Poder)

Antônio Neto diz que conversações com empresários serão iniciadas

O secretário estadual de Planejamento, Antônio Neto, afirmou, na segunda-feira (25), que as conversações com empresários e trabalhadores serão iniciadas após aprovação de protocolos para a retomada das atividades econômica

Segundo Antônio Neto, ainda haverá uma definição dos protocolos entre a equipe da economia e a parte da Vigilância Sanitária.

“Após essa fase serão iniciadas as conversações com os segmentos empresariais e dos trabalhadores. Não há nada definido e, por isso, não está sendo falado sobre isso”, adiantou Antônio Neto.(Efrém Ribeiro)

Cortes no sistema S atingem 70% dos repasses

A Medida Provisória 932, do governo federal, retirou 53,5% dos recursos  repassados pelas empresas às instituições que integram o sistema S (Sesc, Senac, Sesi, Senai, Senar, Sebrae, Sest, Senat).

Associado à estagnação da economia em função do novo coronavírus, o prejuízos financeiro já supera 70% das receitas, segundo previsão de dirigente do sistema Sesc/Senac.

O aumento do desemprego no setor e queda nos  investimentos  serão inevitáveis consequências da pandemia no sistema S. (Elivaldo Barbos)

Governo projeta pico para esta semana e flexibilização para o dia 8

O Piauí espera para esta semana o pico de casos de coronavírus, com estabilização até a próxima semana. Essa perspectiva é que leva o governo do Estado a projetar um princípio de flexibilização das atividades não essenciais a partir do dia 8. As seguidas pesquisas de monitoramento e avaliação de infecção estão dando suporte a essas projeções, sem que ainda haja um claro desenho de como se dará a retomada das atividades. Tudo vai depender do nível de registros desses próximos dias.

O decreto estadual que estabelece os limites do isolamento social foi renovado na semana passada pelo governador Wellington Dias e vigora até o dia 7. Mas o governador já vem mantendo conversações com diversos segmentos sociais, bem como com os representantes dos demais Poderes públicos para estabelecer um horizonte de flexibilização. O momento preciso dessa flexibilização depende da trajetória futura: se o controle se mantiver em bom nível, a flexibilização acontecerá.

Ontem, Wellington comandou uma ampla reunião com secretários e técnicos do governo para discutir o tema. Na oportunidade também foram repassados os últimos números do nível de infecção detectado por mais uma rodada de pesquisa realizada pelo Instituto Amostragem. Os dados indicam que a curva de infecção ainda é ascendente, embora em um ritmo menos intenso que nas rodadas anteriores. O resultado reforça a expectativa do governo de que esta semana registre o pico do coronavírus e, na próxima, comece o declínio.

Piauí tem situação diferente por região

No monitoramento que o governo do Estado faz, anima a perda de ritmo no registro de novos infectados. Mas preocupa a constatação de comportamentos diferentes conforme a região. Na maior parte dos municípios da Região Norte, por exemplo, o monitoramento indica uma certa estabilização na curva de novos casos. Mas em diversas cidades do Sul e Centro-Sul do Piauí, ainda há uma curva com forte tendência de crescimento no número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.(Fenelon Rocha)

Opinião:”Bolsonaro, um homem sem máscara”

POR:JOSÉ OLÍMPIO

Confesso que o polêmico vídeo da reunião de Bolsonaro com os seus ministros, que não foi feito para ser divulgado, é bom frisar, não me surpreendeu em nada. O presidente, como sempre, mostrou-se verdadeiro, sem máscaras e não falou uma inverdade sequer.

Os palavrões proferidos pelo presidente, que deixaram corados de “vergonha” os fariseus da esquerda, revelam a indignação de um homem que sofre implacável perseguição e resiste heroicamente ao massacre midiático e as investidas de setores políticos corruptos que o querem destruir.

Primeiro, tentaram tirar a sua vida, mas falharam nessa macabra missão. Agora, tentam destruir a sua imagem numa campanha odienta e infame, com o apoio de ministros do STF que, exorbitando de suas funções, interferem indevidamente no Executivo, fazendo da Constituição letra morta.

O mesmo pode-se dizer do Congresso Nacional que, infestado de políticos carreiristas e desonestos, tenta impor um parlamentarismo branco usurpando atribuições que são privativas do Executivo Federal, sob as vistas de uma Suprema Corte que parece tomar partido nessa pugna.

Qual o cidadão de bem que resistiria com placidez, com resignação e tranquilidade às traições, às pressões, às perseguições, às infâmias, às mentiras, às tentativas de linchamento moral e à sordidez de adversários políticos degenerados que utilizam todo tipo de expedientes escusos para prejudicá-lo?

Bolsonaro não é santo, gente, mas é honesto. Está no segundo ano de sua gestão sem uma denúncia de corrupção. Está cumprindo a promessa de combater sem trégua a corrupção. A economia brasileira, não fosse a pandemia, estaria muito bem sob o comando de Paulo Guedes.

As nossas estatais que, quase vão à falência nos governos da cleptocracia, fortaleceram-se no governo Bolsonaro e passaram a dar lucros. No governo Dilma, davam prejuízos de cerca de R$ 39 bilhões. No primeiro ano da atual gestão passaram a dar lucro de mais de R$ 130 bilhões.

O enxugamento da máquina pública e austeridade na sua condução foi outra grande realização do governo Jair Bolsonaro que, se mais não fez no primeiro ano de gestão, foi por culpa dos trânsfugas, fisiologistas e corruptos que dominam Câmara e Senado, que sempre contaram com o apoio do STF.

Exemplo emblemático do conluio contra o governo foi a derrubada pelo Congresso e STF da Carteira de Estudante Digital que sairia de graça para os estudantes pobres. Fizeram isso para beneficiar os cofres de entidades estudantis controladas pela esquerda, como a UNE.

Jair Bolsonaro pode não se expressar da maneira mais adequada, mas é um governante íntegro, bem intencionado, comprometido com os anseios da sociedade. É por essa singela razão que querem não apenas derrubá-lo, mas eliminá-lo, para que a escória defenestrada nas urnas nas últimas eleições volte ao poder.

Prefeitura de Parnaíba entrega kits de merenda escolar a famílias de estudantes em situação de vulnerabilidade

A Prefeitura Municipal de Parnaíba, por meio da Secretaria Municipal de Educação, fez a entrega de kits lanche na comunidade escolar da Pedra do Sal, na tarde desta sexta-feira, 22 de maio. Para a entrega de kits lanche, os diretores entraram em contato com as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família que tem filho matriculado na rede municipal e que estão em situação de vulnerabilidade social.

A princípio, a Secretaria Municipal de Educação, através da Gerência de Alimentação Escolar – GAE, recolheu todo seu estoque de merenda nos depósitos das escolas, montou kits lanche e priorizou as escolas de educação infantil situadas em bairros carentes e na zona rural, com crianças de 3 a 5 anos, apenas para as famílias em situação de vulnerabilidade social indicada pelo diretor escolar, maior número de filhos matriculados e sem renda.

Vale ressaltar que a distribuição dos estoques de merenda escolar ficou a critério de cada município, contanto que o alimento estocado seja direcionado à família que mais precise nesse momento, evitando assim que o item perecível estrague ou passe da validade.

“Estas famílias estão sendo priorizadas e havendo sobras de kits, distribuiremos para as demais famílias que não são tão vulneráveis nesse momento. Mas a nossa prioridade é atender essa faixa, pois entendemos que é a que mais necessita e a maioria dos municípios brasileiros usaram esse critério de distribuição dos seus estoques, pois de certa forma essas famílias já vem sendo atendidas pelos programas sociais, auxílios do governo federal e pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania do município, que realiza ações diárias de apoio às famílias que mais precisam e que buscam ajuda na SEDESC”, ressaltou o Secretário Rafael Alves.

A ação de distribuição dos estoques contará com todas as medidas de segurança contra a COVID 19 e foi definida em reunião realizada por membros da Secretaria Municipal de Educação – SEDUC, da Gerência de Alimentação Escolar – GAE, do Conselho Municipal de Educação – CME e do Conselho de Alimentação Escolar – CAE.

A ação contará com a fiscalização desses conselhos e contará com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania – SEDESC. O Secretário Municipal de Educação enviou ofício comunicando ao Conselho de Alimentação Escolar (CAE) sobre as ações de entrega de kits lanche nas escolas, e os representantes da entidade aprovaram a medida da SEDUC de Parnaíba.(Fonte:SupCom)

Coronavirus no Piauí chega a 3,5 mil casos e 110 mortos em 139 cidades

O Piauí registrou mais 160 casos e três mortes  por Covid-19 neste domingo, 24. Os números foram atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde. Os municípios que registraram óbitos são Floriano, Lagoa do Piauí e Teresina. Um dos óbitos anteriores, creditado como de Picos, após investigação, é na verdade de São Julião. O paciente faleceu no Hospital Justino Luz.

De acordo com o boletim epidemiológico, as vítimas que faleceram em decorrência do novo coronavírus são duas do sexo masculino e uma do sexo feminino. Os homens tinham 59 anos (Lagoa do Piauí) e 58 anos (Teresina). Ambos eram hipertensos. Já a mulher de 89 anos (Floriano), sofria de asma e neoplasia pulmonar.

Dos 160 novos casos divulgados no boletim de hoje, são 75 mulheres e 85 homens, com idades que variam de 2 a 92 anos.

Itainópolis, Madeiro e São Francisco de Assis do Piauí entraram na lista de municípios com os primeiros casos confirmados do novo coronavírus. A cidade de Cristino Castro, que registrou ontem um óbito, também entra na relação . Agora, são 139 municípios que possuem casos registrados de covid-19. No total, o Piauí possui 3550 casos positivos de Covid-19 e 110 mortes pela doença.

“Prorrogação vai gerar desemprego”, diz Ciepi sobre decreto

Na última quarta-feira, 20 de maio, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), assinou um novo decreto prorrogando o regime de quarentena e isolamento social no estado até o dia 8 de junho. Com isso, permanece a determinação de que apenas serviços considerados essenciais, como supermercados e farmácias, têm permissão para manter suas atividades funcionando.

Presidente do CIEPI, Andrade Júnior.

Ao longo das últimas semanas, representantes dos setores do comércio e da indústria têm manifestado sua insatisfação com a suspensão das suas atividades no Piauí, afirmando que os empresários já enfrentam dificuldades financeiras para manter seus negócios e o quadro de funcionários.

O presidente do Centro das Indústrias do Estado do Piauí (Ciepi), Andrade Júnior, disse, em entrevista ao Viagora, que a categoria foi pega de surpresa com a prorrogação do decreto estadual, que esperava o anúncio da volta das atividades.

“O setor industrial estava esperançoso da volta das atividades agora no dia 1º, e mais uma vez é pego de surpresa. O que nos deixa preocupados é a falta de um plano objetivo que a indústria e o setor produtivo possa se pautar. Imagine que se quando chegar próximo ao dia 7, este decreto é prorrogado novamente. Por quanto tempo essa prorrogação acontecerá? A gente vê com muita preocupação essas constantes prorrogações, porque isso demonstra uma falta de planejamento do Governo do Estado”, declarou.

Andrade Júnior comentou que o setor espera que o Governo do Estado esteja desenvolvendo um plano acerca da volta das atividades e que haja mais alinhamento com a indústria e o setor produtivo.(Viagora)

Prefeitura de Parnaíba garante vacinação de acamados e idosos com limitação de mobilidade

A Prefeitura de Parnaíba, através da Secretaria Municipal de Saúde, está realizando a vacinação de gripe Influenza em pessoas acamadas e idosas, com dificuldade de mobilidade. Essa modalidade de vacinação domiciliar é feita para o público-alvo da campanha que não tem condições de ir às UBS’s para se vacinar. Os idosos e pessoas acamadas são atendidos pelas equipes das UBS’s de cada região do município. Os funcionários de cada unidade agendam com os familiares ou responsáveis e depois vão à casa do paciente aplicar a vacina. Familiares de pessoas acamadas ou de idosos também pode ir aos postos de saúde fazer a solicitação de vacina nas residências.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que as pessoas acamadas e idosos com limitação de mobilidade têm prioridade no atendimento de vacinação, e pede que a população colabore com as medidas de proteção para esse público de risco, com a utilização de máscaras e a não aglomeração próximos a elas.

A orientação do Prefeito Mão Santa é para que as equipes de vacinação tenha atenção especial com idosos e os que não podem ir às UBS’s por motivos de doença, limitação física ou impedimentos temporários causados por acidentes, entre outros. A Prefeitura de Parnaíba está com a meta de vacinar o maior número de pessoas no município, ampliando a cobertura de imunização da gripe Influenza. (Fonte:SupCom)

Existem mais de 5 mil ações contra prefeitos e governadores acusados de mandar prender idosos e mulheres

Durante a reunião ministerial do dia 22 de abril do governo Jair Bolsonaro, a ministra da Mulher, da Família, dos Direitos Humanos, Damares Alves, revelou que o disque denúncia da pasta já recebeu mais de 5 mil ações contra governadores e prefeitos acusados de violarem direitos humanos no período de combate ao novo coronavírus em todo o Brasil.

“A pandemia vai passar, mas governadores e prefeitos responderão processos e nós vamos pedir inclusive a prisão de governadores e prefeitos. E nós tamo subindo o tom e discursos tão chegando. Nosso ministério vai começar a pegar pesado com governadores e prefeitos”, disse.

Assista: 

Ministro Luís Roberto Barroso:eleição municipal pode ser dividida em 2 dias

Para reduzir aglomerações e a exposição de eleitores ao novo coronavírus, uma das hipóteses em discussão é que as eleições municipais deste ano tenham dois dias de votação, disse ontem (22), em Brasília, o ministro Luís Roberto Barroso, que assume a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na próxima semana. Para isso, seria preciso um gasto adicional de R$ 180 milhões, que é o custo estimado pelo TSE de um dia a mais de eleição.

Diante do quadro de crise fiscal, porém, outra possibilidade seria expandir o horário de votação, para que dure 12 horas, o que teria um custo menor. A Justiça Eleitoral estuda ainda fazer a votação dividida por faixa etária, nos diferentes turnos do dia de votação. O ministro disse, ainda, que mantém diálogo constante com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre o eventual adiamento do calendário eleitoral. Para a alteração do calendário, é necessária que o Congresso aprove uma proposta de emenda constitucional (PEC).

Veículo desgovernado derruba poste centenário da Praça da Graça

Na manhã deste domingo (24) um poste centenário da Praça da Graça amanheceu quebrado e arrancado pela força da colisão de um veículo desgovernado que subiu a praça e bateu no o poste.

O veículo já havia sido retirado e nossa reportagem não conseguiu informações sobre o responsável e nem as causas da colisão.

Recentemente todos os postes da Praça da Graça passaram por completa vistoria e recuperação da iluminação daquele logradouro. A obra foi realizada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura.

Quem poderá ajudar a dizer como tudo aconteceu são as câmeras de segurança dos bancos, lojas e da Câmara Municipal que devem ter registrado em imagens.

Esta não é a primeira vez que postes centenários, feitos de ferro fundido estilo colonial da Praça da Graça sofre ação de colisão. A praça é um dos cartões-postais de Parnaíba e vem recebendo um cuidado todo especial da gestão do prefeito Francisco de Assis de Moraes Souza – Mão Santa.

Por José Wilson